whey protein
Academia

3 exercícios para você fazer em casa e detonar a barriguinha sem complicação

Algumas vezes, é uma tortura tentar vestir uma roupa e perceber que ela não vai caber no corpo, não é?
Muito chato!
Mas a finalidade de um corpo esbelto não pode ser apenas a aparência.
Saúde precisa ser o principal motivo.
E, enquanto você não perceber isso, não fará as mudanças necessárias na sua vida para vencer de vez a balança.
Para começar, que tal se exercitar?
Vamos ajudar você!
Selecionamos três exercícios práticos que, além de ajudar você a perder alguns quilinhos, vão melhorar a resistência e a oxigenação do seu corpo.
Sabe o que isso significa?
Mais saúde!
E tem mais: você não vai precisar pagar uma academia.
Estes exercícios podem ser feitos tranquilamente no seu doce lar.
Vamos lá?

1.Bicicleta

Não se desespere!
Como dissemos, você não vai precisar sair do conforto da sua casa.
Esta “bicicleta” é uma técnica bem simples e com grandes resultados.

Legs

Deite as costas no chão (pode ser um colcão/colchonete) e levante as pernas, simulando o movimento do pedal.
Não deixa as pernas tocar no chão.
Faça isso devagar, nada de pressa – muita velocidade só vai fazer com que que você canse mais rápido e desista da atividade.

2. Prancha

Esta técnica parece com as flexões popularmente conhecidas como “marinheiro”.
Mas aqui você só precisa ficar parado, apoiando-se com as mãos, os braços e os cotovelos no solo.
 
Fique o tempo que puder e faça três séries.
É cansativo, mas vale a pena!

3. Barco

Tem ideia de como seja?
O nome não é familiar, mas a foto que trouxemos é de grande ajuda para compreender o exercício.
Você só precisa sentar no chão e inclinar-se um pouco, enquanto mantém as pernas para cima, em linha reta.

Observe a foto.
A posição é exatamente a que deve ser feita por você.
Mantenha-se nela o quanto puder.
Pronto!
Isso já é o suficiente para perder as gordurinhas e fortalecer a espinha dorsal, evitando dores nas costas.
Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Comments

comments

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top