Connect with us

Alimentação e Nutrição

7 passos para seguir pelos próximos 7 dias e ser mais saudável para o resto da vida

Published

on

Tomar consciência da necessidade de mudanças e apostar em novos hábitos para uma vida saudável não é uma tarefa fácil, mas iniciar aos poucos o processo de transformação pode ajudar a seguir adiante e manter o equilíbrio. Adotando os 7 passos a seguir, um por dia, pela próxima semana, e levando esses ensinamentos consigo onde quer que esteja, você conseguirá ter uma vida muito mais equilibrada e saudável, além de hábitos benéficos à sua mente e corpo. Aceita o desafio? São pequenas mudanças que fazem toda a diferença. Confira:

Dia 1: Preencha metade do seu prato com legumes, verduras e salada. A outra metade, divida entre carboidrato e proteína. Restringir nutrientes da dieta pode até garantir um emagrecimento rápido a princípio, mas além de raramente ser possível manter uma alimentação sem determinados ingredientes, você pode comprometer a saúde. Por isso, apostar em uma reeducação alimentar equilibrada ainda é a melhor maneira de perder peso e ser saudável.

agua-mulher-abre_0

Dia 2: Não tome líquidos durante a refeição, pois eles diluem as enzimas digestivas, podendo ocasionar um retardamento durante o processo digestivo, além de diminuir a absorção dos alimentos. Mastigar mais devagar os alimentos, produzindo mais saliva e, consequentemente, diminuir a vontade e a necessidade de consumir água ou suco a cada garfada. Depois de comer, o indicado é esperar pelo menos 1 hora para voltar a consumir bebidas. Hidrate-se bem ao longo do dia e não exagere no sal para não sentir sede nas refeições.

dieta-relogio-abre

Dia 3: Coma até se sentir 75% satisfeita e aguarde 20 minutos antes de partir para o segundo prato ou sobremesa: esse é o tempo que o centro de saciedade do cérebro leva para entender que você foi alimentada. O hábito faz com que a sensação de saciedade apareça de forma mais eficiente, evitando excessos e exageros nas refeições. A mastigação adequada, com intervalos aproximados de 20 segundos, facilita o trabalho do sistema digestório, evitando a distensão abdominal que pode favorecer o acúmulo de gorduras na região da barriga.

pratos-fileira_1

Dia 4: Adote pratos e talheres menores. Essa dica supersimples evita exageros na hora das refeições. Com utensílios muito grandes, você pode acabar colocando mais comida do que realmente precisa ou sentir que está se privando de alimentos. Além disso, o novo hábito faz com que você coma mais devagar.

dieta-garfo-principal_1

Dia 5: Coma consciente. Prestar atenção a cada alimento que coloca no prato e aprender a saborear cada garfada é essencial para evitar exageros nas refeições e garantir uma mastigação que contribui para a saúde e a dieta. Portanto, lute contra o impulso de levar o celular à mesa ou comer diante da televisão ou computador. Procure fazer suas refeições em ambientes limpos, confortáveis e tranquilos e descanse os talheres na mesa enquanto mastiga para evita colocar mais alimento enquanto ainda está com a boca cheia.

familia-almoco-filhos

Dia 6: Procure se alimentar sempre ao lado de quem te faz bem. Não é só a comida que nos nutre, os bons sentimentos e as boas companhias ajudam a saciar a alma e, sem isso, você pode se sentir vazia, fazendo com que você recorra ao excesso de alimentos para compensar. Se não puder almoçar ou jantar todos os dias com amigos e familiares, comprometa-se a fazer isso pelo menos algumas vezes na semana.

trabalho-almoco

Dia 7: Evite assuntos desagradáveis durante o almoço. Se você faz a refeição com colegas de trabalho, não reclame sobre o emprego, chefe ou salário. Lembre-se que a hora da comida deve ser feliz, para relaxar e descansar a mente. O nervosismo e agitação irão atrapalhar a digestão e você pode passar o resto do dia “conversando” com a comida. No jantar com o parceiro ou a família, deixe para depois a discussão de possíveis problemas e mantenha o foco na alimentação.

Comments

comments

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Alimentação e Nutrição

Coach Gabi Lodewijks ensina segredo para emagrecer comendo tudo que gosta

Published

on

A coach nutricional Gabi Lodewijks (Foto: Vivian Costa Photography)

A coach nutricional Gabi Lodewijks, especialista em Programação Neurolinguística (PNL) e criadora do projeto Vida Saudável de emagrecimento definitivo, afirma que é possível manter-se magro comendo o que gosta, sem culpa e sem crises:

“Quando a nossa mudança é mental, quando aprendemos a nos relacionar melhor com a comida, fica muito mais fácil emagrecer comendo o que gosta. Temos que aprender ter uma alimentação sem restrições, quanto mais restrita uma dieta é mais chances tem de desencadear um ataque de gula”.

Gabi afirma que é possível emagrecer comendo o que gosta, basta mudar alguns hábitos: “não se prive demais, coma o que tem vontade a hora que quiser em pequenas porções. Antes de comer, tente detectar se há uma emoção ligada á essa vontade de comer. Devemos separar nossas emoções dos alimentos, para não ‘comermos nossas emoções’, o que prejudica qualquer dieta”.

A coach nutricional ensina o passo a passo para lidar com as emoções e emagrecer comendo tudo que gosta:

1- Comendo emoções

Quando se sentir triste, irritada, braba, chateada e quiser comer, pare e escreva o que esta sentindo. Tente ver de onde vem essa emoção e como poderias resolver isso sem ser comendo. Muitas pessoas comem para tentar diminuir o que estão sentindo, mas isso está errado porque ao invés de resolver o problema, só o aumenta, e isto vira um circulo vicioso, tal qual pessoas que mergulham na bebida para esquecer os problemas, comendo emoções ao invés de resolvê-las.

2- Coma sem culpa

Antes de comer algo, analise o alimento. Cheire, sinta a textura e coma-o com prazer. Tire o foco da quantidade e foque na qualidade do que irá consumir. Não existem alimentos certos ou errados, alimentos que engordam ou emagrecem, o que irá te engordar ou emagrecer é o seu estilo de vida. Mude seus hábitos, mude seu estilo de vida e seja feliz comendo tudo que você gosta com moderação. Busque consumir alimentos de qualidade, assim seu corpo será nutrido e estará saciado e você consequentemente comerá menos.

3- Evite industrializados

Invista em comida de verdade e evite alimentos industrializados, doces, alimentos gordurosos. Mas quando der vontade de comer algo assim, coma! Passe a falar para você mesma “eu nao quero”ao invés de “eu não posso”. Quando algo é proibido, você irá pensar mais nele do que se ele nao for proibido. Se eu disser pra você: Nao pense em um elefante branco com bolinhas amarelas, você provavelmente será induzido a pensar nesta cena, e ficará por um tempo imaginando o tal elefante. O mesmo acontece quando te falam, ou você fala para você mesma que não pode comer chocolate, beber cerveja, comer salgadinho. Esses alimentos ficaram assombrando sua mente e quando você se permitir comê-los vai comer uma quantidade maior e ainda por cima se sentirá culpada por ter comido algo “proibido”. Nao existem proibições. Você precisa mostrar a você mesma quem está no controle.

4- Analise seus hábitos

Lembre de anotar o que você come, quantidade, horário para saber como está sua alimentação, pois se você nao sabe o que te faz engordar como saberás o que fazer para emagrecer? Analise seus hábitos.
Tenha uma alimentação balanceada e se permita consumir guloseimas quando tiver vontade. Se você come certinho 80-90% durante a semana, por que nao comer algo que gosta no final de semana? Claro que se você quiser comer fast-food e guloseimas todos os dias, ai ficará difícil emagrecer, mas se há um balanço é possível sim emagrecer sem deixar de comer o que gosta.

5- Exercite-se

Lembre de conciliar uma alimentação equilibrada com exercícios físicos, que nao são apenas importantes para o emagrecimento mas sim para sua mente e saúde em geral.

6- Siga o plano

Não adianta ficar mudando as estratégias nutricionais, procurando uma dieta mais ou menos restritiva, você precisa aprender a lidar com a comida, se relacionar melhor com os alimentos e dessa forma irá emagrecer sendo feliz, sem estresse, sem proibições. A mudança vem de dentro, na nossa mente. Quantas vezes você mudou sua forma de comer e nao mudou sua forma de pensar?

Comments

comments

Clique para Ler

Alimentação e Nutrição

Musa da Gaviões Milla Summers revela segredo para ter disposição para o desfile e os treinos

Published

on

Reprodução / MF Press Global

Não é nada fácil ter pique para as atividades e rotina de trabalho e do cotidiano, familia, filhos, vida social, e ainda render bem nos treinos e levar uma vida fitness. Qual seria o segredo para manter a boa forma e a disposição para encarar todos esses desafios?

Milla Summers, que além de musa fitness e advogada, virá este ano como  musa do carnaval na Gaviões da Fiel, revelou o seu segredo para ter energia para todas as suas atribuições: “É muito comum no meio dos fisiculturistas o uso de produtos, ingeridos em forma líquida e oral, chamados ‘pré treino’, que prometem dar energia para andar a ‘milha extra’ na malhação. No meu caso, eu opto principalmente por alternativas  naturais, que me dão mais energia para levar meus treinos até o fim e cuidar da minha família, filhas e trabalhos”.

Musa fitness Milla Summers em ensaio na Gaviões da Fiel

Milla Summers ensina quatro receitas de seu pré treino natural, para ajudar você a ter mais pique e disposição para ir a luta:

Pré treinos naturais da musa fitness Milla Summers

Pré treino natural de pepino: Indicado para quem pratica corrida e exercícios aeróbicos, esse suco de pepino e repolho ajuda a ter mais disposição e é fonte de vitaminas A, B e C, que fortalecem o sistema imunológico.

Ingredientes


2 pepinos

1 repolho roxo inteiro

250ml de água 

1 copo de brotos de alfafa


Preparo: bater no liquidificador

Bomba de energia de gengibre: O gengibre tem propriedade anti-inflamatória e poder de aumentar a circulação do sangue. 


Ingredientes


1 limão

 3 maças

5 cenouras

1 pedaço de gengibre

2 maços de salsa

250ml de água


Preparo: bater no liquidificador.


Revitalizante de pepino e aipo: reduz a dor muscular, as inflamações e os espasmos, e ajuda na hidratação do corpo.


Ingredientes


1 pepino

1 pera

3 talos de aipo

meio limão

250ml de água


Preparo: bater no liquidificador.

Booster de banana e amêndoas: aumenta a energia, acelera o metabolismo, e ainda é rico em potássio e proteínas.


Ingredientes


1/2 banana congelada

3/4 de copo americano de leite de amêndoas

1/4 de copo americano de café gelado sem acúcar

1 scoop de proteína de chocolate (whey protein)

1 porção de gelo


Preparo: bater no liquidificador.

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

Benefícios do Aeróbico em Jejum (para quem deseja perder peso rápido)

Published

on

By

Benefícios do aeróbico em jejum vem de colisão juntamente com a necessidade de emagrecer apressadamente e com saúde. Conheça-os no artigo de hoje!

A perda de peso de maneira saudável quase constantemente está relacionada com a combinação de atividades físicas e alimentação saudável, isso certamente você já sabe.

Porém, quais exercícios compor e com que constância nem sempre temos autonomia para definir concorda?

Igualmente nem sempre sabemos o que comer (ou não comer como no jejum antes do aeróbico) para conservar os níveis de energia e disposição durante treinos que visam a perda de peso.

certamente sabemos, depois nossas pesquisas, que aeróbicos são os mais recomendados para queimar muitas calorias, aliás, em alguns exercícios níveis muito interessantes.

Como pode perceber são várias informações e situações, inclusive a ideia central deste artigo que é se exercitar com aeróbicos e não comer nada antes.

Será que existem benefícios do aeróbico em jejum?

Nossa sugestão é que leia o post na íntegra, porque você pode se surpreender com o que descobrimos!

Benefícios do aeróbico em jejum: O que significa jejuar?

semelhante sendo um termo relativamente comum entre aqueles que desejam queimar quilos extras, é sempre essencial obter mais informações sobre a definição, ideias e conceitos da palavra jejuar.

Durante o dia, o corpo está acostumado a entrar e sair frequentemente do estado de jejum.

Após a refeição, estima-se que o organismo consiga se aguentar por um tempo de 6 horas.

Para prestar ao máximos os nutrientes ingeridos e utilizá-los como energia ocorrem algumas transformações.

O corpo passa a liberar insulina com o intuito de baixar o nível de açúcar no sangue.

Além disso, gorduras e proteínas são aproveitadas pelo sistema digestivo.

Já, a glicose é transportada para os músculos para que seja usada como essencial fonte de energia.

Caso não seja alimentado novamente, ao fim das 6 horas o corpo entrará no estado conhecido como jejum.

Quando esse eventualidade ocorre, o glucagon é liberado para manter os níveis de açúcar dentro do esperado.

Ocorre ainda a mudança do tecido adiposo em ácidos graxos livres que podem então ser convertidos em forma de energia (relevante).

Ou de acordo, ao final de todo esse processo o indivíduo consegue forçar o seu organismo a aproveitar as gorduras que estão concentradas no corpo.

O resultado disso é a popularmente conhecida como queima de gordura para gerar energia.

Mas, é essencial esclarecer ainda que pouco tempo depois de uma nova refeição ser iniciada, todo esse processo engatilhado pelo jejum é interrompido.

Por meio da análise de toda essa mudança que o organismo faz já é provável ter uma boa ideia sobre os benefícios do aeróbico em jejum.

Exercício aeróbio em jejum: A desculpa!

O alegação para justificar aproveitar as vantagens do aeróbico em jejum está na seguinte ideia:

Maximizar a produção de glucagon e aproveitar a gordura do tecido para servir de energia.

Mas, somente com planejamento adequado, balanceamento com períodos de descanso e treino, pode-se chegar ao emagrecimento de maneira saudável.

O recomendado é sempre ter orientação nutricional e acompanhamento médico.

Dessa forma, será mais adequado elaborar a rotina de treinos e de alimentação mais adequada para o caso.

Afinal, cada organismo pode apresentar uma necessidade diferente. Por isso, leve esse ponto em consideração antes de mais nada.

No entanto, de maneira já geral pode-se dizer que existe um consenso de recomendação para se exercitar em jejum.

A princípio, não precisa ser atividade física muito específica.

Ou seja, pode escolher aquela que é mais interessante, desde que seja de baixa intensidade.

Já para realizá-la o ideal é que seja feita durante as primeiras horas do período matutino, isso ajudará a aproveitar melhor os benefícios do aeróbico em jejum.

Além disso, o usuário precisa evitar o consumo de suplementos como, por exemplo, BCAA também neste período.

Porém, é fundamental beber água para manter o corpo bem hidratado. Esse aviso deve ter ainda mais importância em épocas muito quentes ou secas.

Recomendações para aproveitar benefícios do Aeróbico em Jejum

1 – Começar com Aeróbicos Leves
2 – Supere os inconvenientes iniciais do Jejum
3 – Siga uma Dieta com foco em Redução de Peso

Comments

comments

Clique para Ler
Advertisement

Facebook




Mais Acessados