Connect with us

Destaque

A natação contra a asma e a fibromialgia

Published

on

A natação é um desporto bastante popular e praticado por pessoas de todas as idades, desde os mais novos até aos mais velhos. Os seus benefícios são imensos. Mencionando alguns: diminuição da gordura corporal, diminuição da pressão arterial, melhoria da circulação pulmonar, alívio de stress, melhoria da agilidade e coordenação motora, aumento da recuperação de lesões, etc.

Os 4 estilos da natação – crawl, costas, bruços e mariposa – possibilitam trabalhar todos os grupos musculares. Esta modalidade também é excelente para a recuperação de lesões, sendo muito utilizada por joagdores profissionais de futebol. A água amortece os impactos dos braços e das pernas, logo, o risco de contrair uma lesão ao praticar natação é quase inexistente.

A natação e a asma

A asma é uma doença inflamatória crónica das vias aéreas. Esta doença provoca tosse, aperto de peito e dificuldade em respirar. Actualmente, estima-se que entre 700 a 800 mil portugueses sofram de asma [*1]. A asma ainda não tem cura, mas é possível o controlo total desta doença. Uma das terapias aconselhadas é a prática de natação.

Uma investigação publicada em Agosto de 2009 no jornal Respirology mostrou que a natação diminui os sintomas de crianças asmáticas. Os cientistas dividiram crianças entre 7 e 12 anos em dois grupos diferentes. Um grupo foi submetido a um programa de natação de 6 semanas. Todas as crianças deste grupo mostraram melhorias consideráveis em todas as variáveis clínicas, incluindo diminuição dos sintomas e frequência de hospitalizações. Para além disso, também foram registadas melhorias nas seguintes variáveis: asma, respiração pela boca, ressonar, deformidade do peito e sentimento de auto-confiança [*2].

A natação provou ser uma intervenção não-farmacológica eficiente em crianças e adolescentes asmáticos.

Exercícios na água e a fibromialgia

A fibromialgia é uma síndrome músculo-esquelética crónica, não inflamatória e de causa desconhecida. Está na origem de uma incapacidade física e emocional, por vezes grave, que atinge cerca de dois por cento da população [*3].

Em Fevereiro de 2008, um cientista da Faculdade de Ciências do Desporto da Universidade de Extremadura, em Espanha, e um cientista do Departamento de Desporto e Saúde da Universidade de Évora, em Portugal, publicaram uma investigação que mostrava que os pacientes que sofrem de fibromialgia podem tirar grandes benefícios da prática de natação numa piscina aquecida.

Eles controlaram um grupo de 33 mulheres que sofriam desta doença. 17 Das pacientes participaram em exercícios supervisionados em água morna uma hora três vezes por semana durante um período de 8 meses enquanto as restantes 16 não realizaram nenhum tipo de exercício na água. Os investigadores notaram que este programa de exercícios aquáticos a longo-prazo revelou-se eficiente na redução dos sintomas da doença e na melhoria da qualidade de vida das pacientes submetidas aos exercícios na água [*4].
_______________________________________________________________________________________

REFERÊNCIAS OU NOTAS:
[*1]Entre 700 e 800 mil portugueses sofrem de asma, doença em crescimento no país, RTP, Janeiro 2008 (LINK)
[*2] – Wang, J-S. & Hung, W-P., The effects of a swimming intervention for children with asthma, Respirology Vol. 14 – Issue 6, págs. 838-842, Agosto 2009 (LINK)
[*3]Fibromialgia, Portal da Saúde do Ministério da Saúde (LINK)
[*4] – Gusi, N. & Tomas-Carus, P., Cost-utility of an 8-month aquatic training for women with fibromyalgia: a randomized controlled trial, Arthritis Research & Therapy 10(1):R24, Fevereiro 2008 (LINK)

Fonte: http://logon.prozis.pt

Comments

comments

2 Comments

2 Comments

  1. CRIS

    28 de junho de 2011 at 22:46

    GOSTARIA DE SABER SI AQUI NO RIO TEM ALGUM LUGAR ONDE EU POSSA NADAR COM OS EXERCICIOS CERTO PARA MIN QUE SOU ASMATICA??

    • admin

      3 de julho de 2011 at 13:54

      Ola tininha, por eu ser de SC/SP não conheco muito bem sobre o rio, mais irei dar uma pesquisada e caso encotre, entrarei em contato com vc

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Marimoon posta foto só de calcinha e é elogiada por fãs: “Maravilhosa”

Published

on

By

Marimoon sempre faz sucesso entre seus mais de 745 mil seguidores no Instagram. Na noite dessa terça (22), ela relembrou uma viagem que fez recentemente e levou os fãs à loucura.

Na legenda, a musa escreveu: “Essa cabana… essa trip de carro no interior da Inglaterra… essa cama… só lembranças boas!”.

Na foto, Marimoon aparece deitada na cama só de calcinha fio dental vermelho, coberta por edredom, mostrando toda sua sensualidade.

Foi o suficiente para receber várias curtidas e mensagens de seus fãs, como “Maravilhosa”, “Linda”, “Gostosa”, entre outros.

Famosa pela apresentação de uma série de programas da MTV, Marimoon atualmente faz sucesso como youtuber, sendo dona de uma canal que conta com mais de 360 mil inscritos.

Essa cabana do airbnb… essa trip de carro no interior da Inglaterra… essa cama… só lembranças boas! ?

Uma publicação compartilhada por MariMoon <3 (@marimoon) em

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Gordura abdominal tem a ver com falta de vitamina D

Published

on

By

No organismo, a vitamina D blinda o organismo contra doenças autoimunes, protege os ossos, além de ajuda na prevenção de demências como Alzheimer

A deficiência de vitamina D no  organismo está relacionada com os índices de obesidade. A conclusão é de uma pesquisa deita por estudiosos das universidades Medical Center e Leiden Medical Center, ambas da Holanda. Durante a pesquisa, os profissionais observaram hábitos de homens e mulheres com idades entre 45 e 65 anos. O objetivo era identificar fatores associados à deficiência de vitamina D e, para isso, analisaram, por exemplo, consumo de álcool, tabaco e a frequência com que os participantes praticavam atividades físicas.

No organismo, a vitamina D blinda o organismo contra doenças autoimunes, protege os ossos, além de ajuda na prevenção de  demências como Alzheimer.

Durante os estudos, a principal conclusão foi que a falta do nutriente está ligada a um maior índice de gordura corporal, em especial no abdômen. O trabalho não conseguiu entender o que está por trás dessa relação, já que não se sabe se a gordura promove a deficiência de vitamina D ou o contrário.

Segundo Rachida Rafiq, líder da investigação, novas pesquisas serão feitas para entender, por exemplo, se a vitamina tem o poder de absorver as gordurinhas – e se a sua falta, portanto, contribuiria para os quilos extras.

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

10 exercícios para deixar seu bumbum durinho e empinado

Published

on

By

Não tem mágica, o único jeito de ficar em forma é treinar. Se liga nas séries que dão resultados

Toda mulher sonha ficar em forma, com abdome definido e, principalmente, o bumbum durinho e bem torneado. Só que não dá pra ter esse shape sentado no sofá da sala, vendo televisão. É preciso, no mínimo, treinar e se alimentar bem. Pra te dar uma forcinha, vista uma roupa confortável, pegue sua toalhinha e uma garrafa de água, porque separamos dez exercícios pra você arrasar com o famoso bumbum na nuca, tão exaltado pelas blogueirinhas.

O preparador físico Thiago Arias, dono da academia Thiago Arias Personal Studio & Pilates, indicou algumas atividades que ajudam a tonificar os glúteos (veja os vídeos abaixo). Segundo ele, os movimentos devem ser feitos pelo menos três vezes por semana, com séries de oito a 12 repetições.

“Esses exercícios trabalham a parte posterior da perna e do glúteo. Todos são feitos para ajudar no desenvolvimento dessas regiões de trás da perna e o bumbum. A quantidade de repetições vai depender do condicionamento de cada pessoa”.

Vale lembrar que é preciso sempre tomar cuidado com a postura nesse tipo de exercício. Fazer os movimentos de forma errada pode causar lesões. Então, preste bem atenção nos vídeos e, se tiver dúvidas, procure um profissional. Vamos lá!

Stiff

Começamos com um exercício bem difícil. Para fazer o stiff, basta deslizar a barra na perna e descer até o chão. Sempre mantenha o bumbum empinado e as costas retas para não ter problemas na lombar. No começo, não exagere na carga até que se sinta confortável em ir aumentando aos poucos.

O deadlift é bem parecido com o stiff. No entanto, assim que a barra passa o joelho é preciso agachar. As recomendações são as mesmas: muito cuidado com a lombar e sem exageros no peso.

Swing kettlebell

Kettlebell é o nome daquele pesinho que tem uma alça. Então, como o nome já diz, você tem que balançar esse pesinho. A posição inicial é com ele no chão, as costas retas e o bumbum para cima. Com o impulso da região da virilha, basta deixar o peso ir e voltar para baixo das pernas. Não é preciso fazer força nos braços e nas costas, deixe os glúteos trabalharem.

Agachamento

O segredo para um agachamento perfeito é manter a postura. Afaste um pouco os pés, dobre os joelhos e leve o bumbum na direção do chão. Quanto mais conseguir abaixar, mais resultado. Mas lembre-se: comece devagar até pegar a dinâmica do exercício.

Ponte unilateral

Parece fácil, né? Depois da primeira série você vai ver que não é tão tranquilo como parece. Esse exercício é bom não só para o bumbum, mas para o abdome também. Sempre contraia bem os glúteos quando levantar a perna para melhorar o desempenho.

Agachamento búlgaro

Esse é um daqueles exercícios que te dará pesadelos, mas também excelentes resultados. Com um pé apoiado em uma superfície alta e segurando um peso na altura do peito, você “só” precisa agachar com a perna que está apoiada no chão. Não esqueça de fazer as duas pernas.

Pistol


O pistol requer um desses elásticos que você compra em qualquer loja de artigos esportivos. Prenda-o no alto e siga o movimento do vídeo. No começo, é normal não conseguir descer tanto, mas até o fim do ano garanto que você estará chegando no chão.

Afundo

Mais um que é bem simples, mas requer bastante cuidado com a postura, o Afundo é o agachamento de uma perna, enquanto a outra se ajoelha. Não use peso no começo até que você tenha certeza de que está fazendo certo.

Agachamento lateral

O agachamento lateral começa com os pés juntos. Para realizar o exercício, basta levar um dos pés para o lado e descer com uma leve inclinação, assim como mostra o vídeo.

Passada com miniband

Pegue o elástico novamente, mas dessa vez coloque ele nas pernas, em altura próxima ao joelho. Dobre-os um pouco faça o movimento para abrir uma das pernas e volte.

Comments

comments

Clique para Ler

Advertisement

Facebook




Mais Acessados