Connect with us

Destaque

Aos 53, ex-chacrete se torna musa fitness e lembra de assédio de diretor

Published

on

Sucesso nos anos 1980, a ex chacrete Regina Polivalente largou os holofotes para estudar e dedicar-se a uma vida mais saudável. Formada em Educação Física, ela chegou a ser atleta de corrida do Clube de Regatas Flamengo e hoje, aos 53 anos, chama atenção pelo corpo sarado, mas diz que sonha em voltar à TV.

“Meus amigos sempre perguntam por que eu não volto à mídia, já que me pareço tão jovem e bonita. Não penso em voltar a ser dançarina, mas não descarto a carreira de atriz. Eu não perco oportunidades e não fujo de trabalho. Inclusive, quando o Chacrinha faleceu, eu estava fazendo curso de atores com Atílio Ricco, mas não pude continuar”, conta ela ao UOL.

Polivalente dançou no “Cassino do Chacrinha” de 1985 a 1988 – ano da morte do apresentador. Ela se dividia entre os palcos e o trabalho como subgerente de loja em um shopping. Depois de deixar o programa, a ex-chacrete trabalhou como professora na academia do ator Rômulo Arantes, que morreu em 2000 vítima de acidente aéreo. E não parou mais de treinar.

“Tudo ligado a está área me fascina. Treino de segunda a sexta musculação, e quando estou livre nos finais de semana, adoro correr na praia, me alimento bem”. Toda a rotina é devidamente compartilhada com os seguidores nas redes sociais, que não cansam de elogiar sua boa forma.

Polivalente – que, como as demais colegas, recebeu o codinome do Velho Guerreiro – não chegou a trabalhar com Rita Cadilac, mas afirma que as duas se dão muito bem. “Somos de fases diferentes, eu a conheci após o falecimento do Chacrinha e nos aproximamos no Carnaval deste ano quando desfilamos juntas na Grande Rio [que homenageou o apresentador pelo seu centenário] ”, conta ela, que diz guardar boas lembranças da época de chacrete.

“A alegria que tínhamos, de estar fazendo algo que era um sonho para muitas meninas da nossa geração. Vivíamos em um Carnaval o ano inteiro com as loucuras sábias de um apresentador irreverente que a cada programa era uma surpresa”, recorda-se.

Preconceito e assédio sexual 

Junto com a fama, Regina Polivalente também teve que lidar com o preconceito, propostas indecentes e assédio sexual na época em que dançava com o maior comunicador do Brasil. Ela se lembra de quando foi boicotada na TV por não ceder às investidas de um diretor de vídeo da atração.

“Eu estava um belo dia no ponto de ônibus, indo embora, e ele me ofereceu carona, aceitei porque ria passar por onde eu morava. Durante o percurso, ele quis sair comigo e eu não aceitei. Foi quando ele me ameaçou: ‘A partir de agora não vou botar imagem sua no ar’. Eu respondi: ‘Sem problemas eu não recebo pela quantidade de aparições e sim por dançar’. E ele cumpriu o que disse e eu quase não aparecia”, lamenta a ex-chacrete, que contou o ocorrido para o diretor geral do programa, Leleco Barbosa, filho do Chacrinha.

“Um dia ele me perguntou por que eu só aparecia distraída e eu contei do assédio. Não sei o que houve, mas um tempo depois o diretor foi demitido”, conta ela, que diz se incomodar até hoje com os boatos de que as ex-cachetes também eram garotas de programas, o que sempre negou.

Mesmo na época do programa, Polivalente conta que sempre soube lidar com firmeza com as propostas indecentes. “Tenho uma personalidade forte e respondia diretamente que não. [Havia propostas] De vários tipos. Mas o tipo não importa, o que importa é como lidar com isso e eu não aceito. Nunca dei importância ao que acham ou pensam de mim. O mais importante é o que minha família acha, e eles sempre me apoiaram”, conta.

Solteira e moradora do Morro do Vidigal, na zona sul do Rio, a ex-chacrete afirma que recebe muitas cantadas. “Não estou morta”, diz, aos risos.

Comments

comments

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Dona de bumbum famoso do Instagram revela idade e impressiona o mundo

Published

on

By

A americana Laura Gordon já se tornou uma celebridade nas redes sociais, ela possui uma legião de mais de 5000 mil fãs em sua conta no Instagram, onde publica fotos de seu corpo e principalmente do seu bumbum. No entanto, sua fama de mulher fitness aumentou após Laura revelar sua idade: 48 anos.

#fitness #fitfam #fit #exercise #workout #gym #fitspo ?????????? Keeping fit is a life long process.. consistency is key! My workout routine and food list are in my blog! ?????????

Uma publicação compartilhada por Laura Gordon (@cttchickentuna) em

De acordo com as informações do Daily Mail, Laura trabalha como corretora de imóveis na cidade de Charlotte, nos Estados Unidos e afirma que não é profissional fitness e nem modelo, “Nunca fiz nada no fitness como carreira. Não amo malhar. É como um trabalho. Estar em forma é o meu contra-cheque e malhar é o difícil trabalho”, disse Laura, que começou a malhar com 23 anos, depois de perceber que “passava muito tempo no sofá”.

 

A corretora também alega estar sofrendo problemas com a utilização de sua imagem em diversos produtos e publicações nas redes sociais sem sua autorização, “É muito importante para mim que as pessoas não usem minhas fotos para enganar outras pessoas, para que elas não comprem essas mercadorias de malhação. Chá fitness não transforma uma pessoa, trabalho duro e alimentação correta, sim”, concluiu.

E você acha que ela esta bem para 48 anos ?

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

“Musa do Vitória” faz ensaio na Avenida Paulista contra o preconceito regional

Published

on

By

A musa fitness Milla Summers, baiana nascida em Caravelas e considerada a “Musa do Vitória”, fez um belíssimo ensaio fotográfico na Avenida Paulista, em São Paulo, contra o preconceito regional.
 
“Todos os nordestinos em São Paulo são chamados de baianos, mas nem todos são baianos. Em São Paulo existe pessoas de todas as regiões do Brasil. Amo a Bahia, amo o Vitória, sou Vitória e vivo em São Paulo. E daí?”, dispara a loira que está despontando nas redes sociais como influenciadora digital.
 
Milla Summers começou a treinar para superar a dor causada por um problema de saúde na família. Ela percebeu que, devido a essa situação, havia abandonado não somente sua carreira como advogada, mas também a si mesma. Mas hoje ela conseguiu dar a volta por cima, graças à motivação que encontrou no lifestyle fitness e na musculação. “Estava muito cansada, sem perspectivas, triste e não conseguia me cuidar. A segunda gravidez detonou meu corpo, me achava feia, não me reconhecia e chorava ao ver minhas fotos mais antigas”, lembra a beldade.

Créditos – Foto: Victor Alvarenga / MF Press Global
Por: Vanessa Scarcella

 
A motivação para superar tudo isso veio quando descobriu na internet informações sobre um concurso de beleza fitness. Inspirada pelo desafio, Milla Summers conta que decidiu competir e levar a preparação a sério: “Foi uma maneira que encontrei de dar a volta por cima e não fraquejar. Precisava de um objetivo mais concreto para garantir os cuidados comigo, já que tinha uma rotina tão intensa por conta do problema de saúde da minha filha. Pronto! Matriculei-me numa academia, contratei um excelente personal, busquei um médico para me ajudar com toda a suplementação e ajustes fisiológicos e uma nutricionista que me acompanha nos cuidados com a dieta”.

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Karina Bacchi Posa de Biquíni branco e ostenta bumbum

Published

on

By

Karina Bacchi está aproveitando na paradisíaca Fernando de Noronha, lugar escolhido para servir de cenário para um ensaio.

Em sua página no Instagram, ela postou várias fotos lindas do lugar. Em uma delas, a loira aparece de biquíni branco, olhando para o mar, e exibindo três de suas tatuagens.

Junto com a imagem, ela escreveu: “Noronha Sea Blue Paradise indo ao encontro dos golfinhos…”.

Comments

comments

Clique para Ler

Advertisement

Facebook




Mais Acessados