Connect with us

Destaque

Blogueira mostra como pose pode mudar percepção sobre celulite

Published

on

“A vida é muito curta para se preocupar com coisas tão sem sentido como celulite ou opiniões negativas de outras pessoas”, comenta Tesia Kline

Tesia Kline é uma blogueira “body positive”, ou seja, costuma fazer postagens motivadoras sobre o corpo , mostrando que está tudo bem em ser como é. Recentemente, ela tirou uma foto na praia que, sem querer, por causa da iluminação e do ângulo, acabou mostrando sua celulite. Porém, em vez de apagar a imagem, Tesia decidiu compartilhá-la com seus seguidores.

blogueira fez uma comparação lado a lado de duas fotos suas: uma posada e a tirada sem querer, mostrando que “imperfeições”, como a  celulite  ,também fazem parte da realidade do seu corpo. “Às vezes seu ‘corpo modelo’ não é sempre o que ele parece ser (especialmente no Instagram)”, escreveu na legenda da imagem. “Obrigada, ângulos e luz, por me ajudar a ver que eu ainda sou incrível de todos os pontos de vista. E você também é!”

Em entrevista ao portal britânico da revista Cosmopolitan, Tesia afirmou que o objetivo de compartilhar a foto era, realmente, motivar outras mulheres a amarem seus corpos — especialmente se elas têm furinhos nas pernas e outras marcas. “Eu quis publicar porque sinto que há milhões de mulheres lá fora que são inseguras sobre algo que é normal. Elas tentam ‘curar’ isso como se fosse uma doença.”

Aprendendo a amar o próprio corpo

Apesar de ser conhecida por esse discurso de aceitação, Tesia nem sempre foi tão positiva sobre o próprio corpo. Em 2011, um DJ fez piada sobre seu corpo e peso (também conhecido como “fat shaming”) enquanto ela dançava em uma festa. A humilhação fez com que ela mudasse seu estilo de vida e  começasse a praticar exercícios.

Nessa época, ela chegou a perder cerca de 20 quilos e ficou com o corpo tão definido que começou a participar de competições de body-building. Porém, isso acabou se tornando uma obsessão, que levou à baixa autoestima. “Eu nunca estava satisfeita com o meu corpo, não importava o quanto eu emagrecia”, conta Tesia.

Então, ela decidiu largar a competição como forma de recomeçar o processo de aceitação . “Eu percebi que meu valor próprio não está ligado à minha aparência. Eu não preciso ser magra e ter o corpo definido para ser feliz e saudável.” Agora, ela segue uma rotina de exercícios e uma dieta balanceada.

Além disso, a blogueira compartilha conselhos de amor próprio para mais de 95 mil pessoas para ajudá-las nesse processo de aceitar as próprias “imperfeições”. “A vida é muito curta para se preocupar com coisas tão sem sentido como celulite ou opiniões negativas de outras pessoas. Depende de nós nos aceitarmos e aproveitarmos a vida da melhor maneira possível”, finaliza.

Comments

comments

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Destaque

Em apenas quatro meses, mulher de 48 anos vira fisiculturista

Published

on

By

Suzanne Shorrock quis participar de uma competição de fisiculturismo, mas tinha apenas quatro meses para se preparar; ela conseguiu o segundo lugar

É verdade que resultados de academia não vêm rápido e requerem muito esforço, mas uma mãe de 48 anos decidiu se dedicar ao máximo e, em apenas quatro meses, conseguiu se tornar   fisiculturista .

Ao jornal local “Shropshire Star”, Suzanne Shorrock, de Shrewsbury, no Reino Unido, ela contou que decidiu se tornar fisiculturista em janeiro, quando se inscreveu para uma competição que aconteceria em abril, o que lhe dava apenas quatro meses para atingir seu objetivo.

Suzanne, que é dona de uma academia para mulheres e mãe, precisou lidar com gerenciar o estabelecimento, cuidar das duas filhas e ainda arrumar tempo para fazer exercícios e preparar suas refeições, nas quais era necessário que ela contasse calorias.

“Eu sempre me mantive em forma e obviamente ter uma academia ajudou muito. Mas, normalmente, nós focamos em perder peso e ganhar condicionamento, então fazer isso definitivamente me fez sair da minha zona de conforto. Eu não fazia ideia do quanto seria difícil. Tive que me desdobrar entre a academia e minhas clientes, fazer musculação e, claro, ser a mãe das minhas duas meninas, de 12 e 17 anos – foi muito complicado”, disse ela ao veículo.

Mas o resultado valeu à pena. No fim de abril, Suzanne competiu na UK Pure Elite Fitness Model Championships, um campeonato nacional para fisiculturistas amadoras, e ficou em segundo lugar.

Dieta e rotina

Para ganhar peso e massa magra, Suzanne precisou passar por uma rígida dieta. Ela fazia seis refeições por dia, nas quais precisava contar a quantidade calorias, proteínas e carboidratos que ingeria.

Seu menu diário normalmente incluía iogurte, frutas e leite de amêndoas no café da manhã; batata doce, brócolis, abacate e espinafre no almoço; peixe, arroz e verduras verdes no jantar. Entre uma refeição e outra, ela tomava shakes de proteína.

Além disso, a hoje fisiculturista eliminou completamente açúcares e álcool de sua dieta e sua rotina de exercícios dava um dia de “descanso” a cada dois dias de treino intenso. Mas, mesmo nos dias de “descanso”, ela fazia sessões, ainda que menos intensas, de cardio e de abdominais.

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

“Abdômen definido não é a ‘chave’ para a felicidade”, afirma personal trainer

Published

on

By

“O importante é ter uma atitude para treinar e se nutrir que te permita aproveitar a vida enquanto se sente no seu melhor”, diz a influenciadora

Ter um abdômen definido é o sonho de muita gente pelo mundo todo. Há incontáveis pessoas em academias, por exemplo, que focam o treino em um único objetivo: ter um ” tanquinho “. Entretanto, será que realizar este desejo é realmente o segredo para ser feliz?

Para esta personal trainer, não. “Eu já tive tantas formas e tamanhos diferentes e posso dizer: um abdômen definido não é a ‘chave’ para a felicidade. O importante é ter uma atitude para treinar e se nutrir que te permita aproveitar a vida enquanto se sente no seu melhor”, afirmou Siobhán O’Hagan em sua página no Instagram.

A personal acredita que o seu “melhor” tem uma definição bem confusa. “Estava no meu melhor quando eu sequei para minha competição de biquíni? Ou quando eu perdi muito peso? Ou talvez agora, que estou com o corpo mais forte que já tive? Mas ao mesmo tempo nem há nada de errado com a primeira foto. Eu apenas não estava curtindo a vida que levava, meu treino ou qualquer outra coisa (acho que você consegue perceber isso pela minha cara).”

Siobhán completa o texto dizendo que é preciso de trabalho duro e força de vontade para mudar um corpo drasticamente e, agora que ela já fez isso – e mais de uma vez –, ela se sente “é… estou feliz deste jeito”.

Foto e textos viralizaram no Instagram

Em apenas três dias, a personal com mais de cem mil seguidores no Instagram conseguiu mais de seis mil likes no relato. Pelos comentários, é possível notar que ela ajudou diferentes mulheres a se sentirem melhor com o próprio corpo. Inclusive mulheres que acabam abrindo mão de muita coisa que gosta apenas para ter um “tanquinho”.

“Estas eram as palavras que eu precisa escutar hoje. Obrigada”, afirmou uma usuária. “Aos poucos estou deixando de seguir pessoas que me fazem sentir como uma me***, e você continua firme, com aqueles que são honestos, reais e empoderadores”, escreveu outra.

Há também quem tenha notado diferença no comportamento de Siobhán ao longo das mudanças no corpo. Uma seguidora chegou a comentar que, hoje, ela está mais feliz sem tantas restrições que precisa fazer para competir.

“Você está tão certa. É tudo sobre como você se sente e como os exercícios te fazem sentir, não sempre sobre ter um abdômen definido ou glúteo maior, pernas e braços definidos. É sobre como você se sente no final”, completa outra.

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Mulher faz dieta para engordar e celebra resultado: “Apaixonada pelas curvas”

Published

on

By

Yasmine Owoolabi usou o Instagram para dizer que conseguiu chegar aos 100 kg, após seguir dieta para engordar, e surpreendeu suas seguidoras

Yasmine Owoolabi, de 28 anos, surpreendeu quem ainda não a conhecia com um post no Instagram. Na publicação, a norte-americana esbanjou autoestima ao contar que fez uma dieta para engordar e está feliz da vida porque alcançou o objetivo.

Agora, pesando pouco mais de 100 kg, a influenciadora digital afirma que nunca esteve tão realizada. Ainda segundo ela, todas as mulheres deveriam experimentar um pouquinho dessa liberdade que, por incrível que pareça, tirou um “peso” de suas costas. “Eu acho que nós sofremos uma pressão desnecessária para ter um ‘corpo perfeito’, e as coisas não funcionam bem assim”, diz a moça, que começou a dieta para engordar aos 24 anos.

Na publicação do Instagram, Yasmine fez um antes e depois diferenciado. Na primeira foto, ela aparece pesando cerca de 80 kg e, na foto tirada mais recentemente, está com pouco mais de 100 kg. Ao contrário do que imaginam, porém, ela conta que não foi tão fácil ganhar peso.

A influenciadora digital diz que não queria comer “besteiras” para engordar rápido e prejudicar sua saúde. Por isso, para alcançar o objetivo, ela diz que fez acompanhamento com especialistas, dedicou-se aos treinos e exercícios e provou que dá, sim, para usar um número maior que os das modelos de passarela sendo saudável.

“Estou apaixonada por cada curva do meu corpo. Feliz e me amando muito nas duas imagens”, garante ela. No texto, Yasmine ainda diz que é natural o corpo mudar com o passar do tempo e o que realmente deveria importar é a saúde. “Isso é o que vai fazer você viver tempo suficiente para correr atrás dos seus sonhos mais loucos”, aconselhou.

Post chocou internautas

Yasmine compartilha sua rotina com cerca de cinco mil seguidores. Os que já a conheciam, é claro, não economizaram elogios após o post. A foto, no entanto, ganhou visibilidade e não ficou apenas entre os amigos próximos. Pouco tempo depois, mulheres que nem faziam ideia de quem a moça era fizeram questão de comentar na publicação e exaltar a atitude de “Yas”.

“Obrigado por postar isso! Eu lutei por muito tempo para emagrecer até que percebi que eu não tenho que ceder à pressão de parecer mais magra do que sou”, disse uma nova seguidora. Outra, afirmou que Yasmine só está bonita porque sabe se vestir. “Você soube escolher as roupas que combinam com o seu corpo, não pareceu com jeito de desleixada”, afirmou.

Horas depois, a moça aproveitou para comemorar a repercussão do post nos stories do seu Instagram, agradeceu o carinho de quem a elogiou e aproveitou para reafirmar que não se arrepende de ter feito a dieta para engordar . “Isso é tudo, pessoal”, completou.

Comments

comments

Clique para Ler

Advertisement

Facebook




Mais Acessados