Connect with us

Destaque

Comida para um corpo de aço

Published

on

Se desenvolver peitoral, bíceps e tríceps dependesse apenas de comer pizza e batata frita e beber cerveja em grandes quantidades, todos os homens seriam sarados. Mas infelizmente essas coisas no máximo fazem crescer os pneus na barriga – e não é isso o que você quer (e nem as mulheres gostam). Afinal, quais alimentos contribuem para o crescimento muscular? Com a ajuda de especialistas em nutrição e esporte, encontramos nove itens indispensáveis para você turbinar sua dieta e ganhar massa. E o melhor é que quase todos eles já fazem parte da sua lista de supermercado.

Ovos, carne, amêndoas, salmão, azeite de oliva e chocolate estão cheios de substâncias que nutrem as fibras musculares e ajudam na recuperação pós-treino. Até água e café funcionam, ao hidratar e dar pique. Então, abra a boca e cresça.

Ovo: rei da proteína

Bom para o muque: a proteína dos ovos, de alto valor biológico, ajuda seu corpo a formar e renovar ossos, pele e músculos. Ela estimula o crescimento das fibras musculares e, junto com os carboidratos, ajuda na recuperação pós-treino – quando seu corpo precisa repor tudo o que gastou malhando. “Os aminoácidos da proteína também contribuem para a produção do hormônio masculino, a testosterona, associado ao desenvolvimento muscular”.Boa parte do valor protéico do ovo se concentra na clara, mas não dispense a gema: ela contém vitamina B12, necessária para a quebra de gorduras e para a contração muscular.

Bom para o corpo todo: os ovos têm um arsenal de nutrientes fundamentais para o bom funcionamento do organismo, como riboflavina, ácido fólico, vitaminas B6, B12, D e E, além de ferro, fósforo e zinco. “Contêm ainda colina, aminoácido neuroprotetor fundamental para o trabalho do cérebro”.

Amêndoas: fonte da juventude

Boa para o muque: essas oleaginosas contêm vitamina E na forma de alfa-tocoferol, um antioxidante poderoso. Não entendeu? Esqueça os nomes esquisitos e se concentre no benefício: os antioxidantes defendem seu corpo dos radicais livres, moléculas que causam dano às células, são responsáveis por doenças e pelo envelhecimento precoce. Seus efeitos nocivos são potencializados por poluição, cigarro, álcool e estresse. As amêndoas (além das nozes e das castanhas-do-pará) estão cheias de antioxidantes. Esses agentes secretos ajudam os músculos a se recuperar depois de um treino pesado.

Boa para o corpo todo: ricas em ácidos graxos poliinsaturados, as amêndoas são grandes amigas do coração, pois ajudam a baixar o LDL, o colesterol ruim, responsável pela formação de placas de gordura nas artérias. Repletas de cálcio, também fazem bem aos ossos.

Salmão: regulador do crescimento

Bom para o muque: esse peixe de águas frias tem proteínas e ácido graxo ômega 3. “Essa gordura benéfica estimula a produção de hormônios que, por sua vez, favorecem o crescimento muscular”. Depois do treino, monte um prato com salmão grelhado e carboidratos (uma porção de arroz ou de batatas cozidas, por exemplo). Esse cardápio vai garantir energia extra aos músculos e auxiliar na sua recuperação.

Bom para o corpo todo: vários estudos mostraram que o ômega 3 ajuda a prevenir doenças cardíacas e inflamatórias (como a artrite), além de contribuir para o tratamento de doenças degenerativas, como o mal de Alzheimer e alguns tipos de câncer.

Iogurte: alívio pós-treino

Bom para o muque: a combinação de proteínas e carboidratos faz desse derivado do leite uma ótima pedida para a recuperação depois de uma sessão intensa de musculação. Prefira as opções sem açúcar e adicione frutas ou granola. Os carboidratos contidos nesses ingredientes vão aumentar seus níveis de insulina (hormônio que mantém o equilíbrio das taxas de açúcar no sangue) e, junto com a proteína do leite, ajudar a impedir o catabolismo – quando o corpo queima massa para repor a energia perdida nos exercícios.

Bom para o corpo todo: além de ser fonte de cálcio (bom para ossos e dentes), esse alimento possui pequenas quantidades de CLA (sigla em inglês para o ácido linoléico conjugado, encontrado nos laticínios). Estudos mostraram que esse nutriente acelera o metabolismo e bloqueia o processo de lipogênese (acúmulo e armazenamento de gordura no corpo).

Carne: creatina fatiada

Boa para o muque: a carne vermelha é a principal fonte de creatina, combustível para o aumento de força e resistência muscular: são 2 gramas para cada 500 gramas de carne. Para evitar as calorias e gorduras, prefira carnes magras, como maminha, filé mignon, coxão mole ou duro e lagarto. A carne é também fonte importante de ferro e zinco, nutrientes vitais para o desenvolvimento da fibra muscular. “O ferro participa da formação das células vermelhas do sangue, que dão mais pique e energia”.

Boa para o corpo todo: a carne tem licopeno, que fortalece o sistema imunológico e contribui para a prevenção do câncer de próstata.

Azeite de oliva: energia em gotas

Bom para o muque: as gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas do azeite diminuem os níveis de uma proteína celular de nome sinistro: o fator de necrose tumoral alfa (TNF-alfa), ligado ao enfraquecimento e desgaste dos músculos. Opte pelo azeite extravirgem (extraído por meio da prensagem a seco das azeitonas), já que nele há maior concentração de gorduras monoinsaturadas e também de vitamina E, antioxidante campeão na luta contra os radicais livres, que lesionam as células.

Bom para o corpo todo: por todos os seus benefícios para a saúde, o azeite é considerado alimento funcional. Com alto teor de gorduras saudáveis, ele afasta o risco de doenças cardíacas, câncer de cólon, diabetes e osteoporose.

Água: o banho do músculo

Boa para o muque: como os músculos são formados por 75% de água, a queda no nível de hidratação corporal pode prejudicar a performance nos treinos, segundo pesquisadores. Um estudo feito na Alemanha mostrou que a síntese de proteínas (fundamental para o crescimento muscular) é melhor em células bem hidratadas. Ou seja, quanto mais desidratado você estiver, mais lentamente seu corpo usa as proteínas para construir musculatura.

Bom para o corpo todo: beber bastante água facilita a eliminação de toxinas pela urina, melhora o funcionamento dos intestinos e nutre a pele. Numa pesquisa da Universidade de Loma Linda (EUA), homens que beberam cinco ou mais copos de água por dia apresentaram risco 54% menor de sofrer ataques cardíacos fatais, em comparação com os que beberam dois ou menos.

Café: força para mais repetições

Bom para o muque: a cafeína aumenta sua disposição para treinar, diz um estudo da revista americana Medicine and Science in Sports and Exercise. Os cientistas sugerem que a cafeína também estimula diretamente os músculos e contribui para o aumento das repetições nos exercícios. Atenção: caso você tenha um histórico de pressão alta, modere o consumo de café.

Bom para o corpo todo: “Além de ter propriedades antioxidantes, o café propicia a aceleração da queima de gordura”.

Fonte: http://www.musculacaoecia.com.br

Comments

comments

1 Comment

1 Comment

  1. Vanessa Martínez

    6 de maio de 2011 at 05:57

    o café tbém pode ser substituído peo chá verde? Eu tomo un vaso meia hora antes do café da manhã, depois como duas tostadas integrais, uma com mel, e a outra com queijo tipo crema “Philadelphia” e tomate, +1 ovo cozido,e como só isso não me satisfaz depois como mingau de aveia cozido com leite de soja, depois do cozimento acrescento nozes, passas, ou ameixa seca. Pelo menos meia ou uma hora antes de dormir tbém tem que rolar um mingal, ou de aveia ou de farinha de milho, eu janto 6- 7 da noite, quem pode dormir mais ou menos as 9 ou as 1o sem comer nada? a noite é longa : ) bjinhos gracias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Destaque

Após emagrecer 23 kg, Fani Pacheco faz ensaio mostrando seu corpo e glúteos

Published

on

By

Há seis meses, Fani Pacheco precisou encarar uma combinação de dieta e exercícios para sair de um quadro de saúde nada favorável: estava a um passo de ser tornar diabética, entre outras coisas. De lá pra cá, mudou sua alimentação, voltou a praticar exercícios e emagreceu 23 kg.

De 85 kg eu passei para 62 kg, em seis meses. Com dieta tranquila, porque eu não tinha nenhuma meta de quanto tempo eu tinha para emagrecer. Eu queria emagrecer feliz, sem sofrer”, contou em uma entrevista exclusiva para aGlamour.

Com a perda de peso, Fani disse que teve que começar a se preocupar com a flacidez. “Fiquei flácida, sim! No quinto mês de emagrecimento, eu me senti ‘mole’, principalmente, nas coxas e no bumbum Eu nunca tinha passado por isso. Mas eu achava que malhando ia recuperar o tônus muscular, e realmente isso aconteceu. Eu acho que musculação tinha que ser igual a escovar os dentes, todo mundo tem que fazer”, decretou.

No papo, a digital influencer ainda deu dicas de beleza, falou sobre a faculdade de Medicina e sobre a carreira de modelo agora que não é mais plus size. Confira a entrevista completa:

Quantos quilos você emagreceu desde que começou a fazer dieta e exercícios?
Em seis meses, eu já tinha perdido 23 kg, 3,5 kg por mês, em média, desde janeiro. Então, de 85 kg eu passei para 62 kg. Com dieta tranquila, porque eu não tinha nenhuma meta de quanto tempo eu tinha para emagracer. Eu queria emagrecer feliz, sem sofrer. Então, eu tinha minhas escapadas, fazia parte da minha conversa com a médica, poder sair da dieta quando eu quisesse. Eu não abri mão da minha Coca Zero. Feriados, eu comia churrasco, tomava bebidas alcóolicas quando eu queria. Às vezes, optava por um vinho branco em vez de uma cerveja. Por acaso, consegui perder nesse tempo, mas não tinha uma meta. Tinha emagrecer sem sofrer. Enjoava de ovo? Ela substituía. Queria chocolate? Ela colocava. Era uma dieta para eu ficar feliz, porque teve a história da síndrome metabólica e a resistência insulínica que e me motivaram, mas eu não queria passar fome. Eu achava que ia demorar, que ia sofrer, mas foi pelo acompanhamento médico, pela medicação que eu tomei, que me ajudou muito, e também pela minha dedicação.

Já chegou ao seu objetivo? Como está sua relação com seu corpo? Está feliz?
Eu continuo fazendo tratamento, deve levar um ano para estabilizar meu peso, meu metabolismo novo. Para poder comer o que eu gosto sem neurose. Eu estava fraca na época (que comecei), tinha 47% de gordura. Eu fazia musculação e pelo menos um HIIT. Pegava duas placas e tremia a perna, parecia fisioterapia. Era difícil entender que era um processo. Eu sempre fui de academia, de pegar peso.

Agora, meu corpo voltou para o lugar… Estou sarada de novo. Estou feliz com o meu corpo, sim. Esse corpo é um corpo saudável e que me permite ter mais qualidade de vida. Antigamente, eu estava feliz gordinha; eu achava que dava para ser uma gordinha saudável, mas a genética não permitiu. Então, cada um com seu cada um. Respeito quem tem genética boa e consegue ser feliz assim, mas minha heditariedade não era essa.

 

Segue fazendo dieta e exercícios, então? 
Hoje em dia eu continuo fazendo tratamento com a Dra. Petra, porque se não eu engordo de novo. Por isso que as pessoas reclamam: essa coisa de tratamento com medicação, engorda tudo de novo. Engorda se você emagrecer e parar de fazer o tratamento. Aí engorda mesmo. Qual o objetivo de emagrecer? Mudar seu metabolismo, favorecendo para que depois você não engorde de novo. Não quero passar a vida inteira de dieta.

Você sofre com a flacidez após o emagrecimento? O que tem feito para se cuidar?
Fiquei flácida, sim! No quinto mês de emagrecimento, eu me senti mole. Eu nunca tinha passado por isso. Mas eu achava que malhando ia recuperar e realmente aconteceu. Eu acho que musculação tinha que ser igual a escovar os dentes, todo mundo tem que fazer.

Em julho, a médica começou um trabalho de suplementação de ganho de massa magra, por um programa de hipertrofia muscular. Em seis meses, meu percentual de gordura que estava em 47% foi para 24%. Eu fiz uma avaliação física, com ultrassonografia. Eu iniciei devagar, com personal, para não ficar dolorida. Agora, já estou sozinha. Hoje eu já voltei ao meu preparo físico de antes de engordar. Desde os 14 anos, eu era atleta amadora, fazia surf, rapel, corrida, jiu-jitsu, natação, musculação e tudo. A memória muscular pode ter ajudado, mas a suplementação e dedicação também foram importantes. Minha meta é chegar aos 14% de gordura.

Como você lida com as estrias?
Eu tive aos 12 anos de idade, quando dei aquela esticada rápida de altura, na adolescência. E minha mãe me passou uma receita que eu nunca deixei de fazer, igual escovar os dentes, e que foi o que preveniu. Minha mãe tinha estria e usava esse tratamento. Tenho nos glúteos e na parte interna da coxa. Desde então, minha mãe diz para usar óleo de amêndoa. Tomava banho, passo óleo, com o corpo molhado ainda, e seco com a toalha, de forma que o corpo ainda fique com um pouco. Depois, eu passo um hidratante pro cima, mas o óleo é o segredo. Então, são mais de 20 anos passando óleo de amêndoas. Não tive estrias quando engordei e depois emagreci. Esse é meu segredo.

O que você faz para cuidar da pele do rosto? Quais produtos usa?
Hoje eu faço peeling, microagulhamento, faço todo tipo de tramento, porque com o tempo e uso de anticoncepcional prolongado, que é uma beleza, eu desenvolvi melasma no rosto. Porém, o que me salvava quando eu era dura, era a esfoliação com mel e açúcar e lavar o rosto com sabão de coco. Era o que mantinha a minha pele com o mínimo de acne possível. Hoje em dia, uso protetor solar diariamente, cor de base. De manhã, eu uso uma fórmula de ácido glicólico, hidroquinona e ácido hialurônico. De noite, eu lavo o rosto, passo ácido retinóico antes de dormir, antienvelhecimento e para reparar as manchas. Eu também tomo protetor solar, em cápsulas, que inibe mais ainda os raios ultravioletas. Ele é manipulado.

Alguns fãs se enfureceram com você, por ter emagrecido. Esses comentários negativos te atingem? Como você se sente ao ler tudo isso?
Algumas vezes atingem, porque as pessoas são más, não são legais umas com as outras. Não a maioria, a maioria é boa. Tem uma minoria que não, que fala que eu emagreci, então não vai mais me seguir, que diz que eu sou vazia, porque eu emagreci, cedi aos padrões de beleza da sociedade. Então, a pessoa só gostava de mim porque eu tinha engordado. Ela nem sabia como eu era. Diziam: ‘você pensava melhor gorda, agora você pensa diferente, não gosto mais de você’. Muita gente nem sabe que eu emagreci porque tive síndrome metabólica, mas não interessa. As pessoa não tem que comentar dessa forma sobre as outras. Pode deixar de seguir, mas o critério que elas usam é bem ruim. Existem pessoas más e a internet mostra, porque cara a cara é mais difícil. Então, ali a gente vê que tem muita gente ruim no mundo. Me incomoda, a maioria eu não respondo. Me incomoda ver que tem gente assim no mundo, não só em relação ao meu emagrecimento.

Como ficou a carreira de modelo, após o seu emagrecimento?
Minha carreira de modelo pós-emagrecimento está devagar. Eu acho que as pessoas precisam de um tempo para assimilar. Quando eu engordei, fiquei sete meses sem trabalhar, que não valorizavam e bombei de trabalho. Agora emagreci, no começo trabalhei, mas agora tá devagar.Tem bastante cotação, mas não tenho fechado muita coisa não. Não sei se é o mercado.

Você faz procedimentos estéticos? Quais?
Eu fiz harmonização facial com a Dra. Mariana Alpino, tem que fazer com dermatologista ou cirurgião plástico, que seja especializado. Eu amei! Nunca achei que fosse um negócio assim tão louco. Eu saí com 30 anos, na primeira. Na segunda etapa, eu já estou com 27 anos. Tô com medo da terceira etapa, acho que vou voltar para 18 (risos).Os tratamentos estéticos que eu faço são esses, cuidar da pele, não faço massagem ou drenagem, tenho preguiça. Cabelo, tenho máscara que passo toda semana para hidratar. Mas nada além disso, não. Sou a favor da drenagem e massagem, a mulher se sente desinchada. eu faço quando tô relaxada, antes de uma foto, mas eu tenho preguiça de ir até o local. Eu acho que relaxa mesmo o corpo e melhora as coisas, o corpo como um todo, retenção de líquido, relaxamento. Acho que é bom. Gostaria de fazer mais vezes.

Pensa em fazer cirurgias plásticas? Já fez alguma?
Já fiz lipo nos flancos, duas vezes. Coloquei silicone uma vez. Única plástica que fiz na vida foram essas. Não pretendo fazer outra plástica, não. Pensei em fazer quando emagreci, porque achei que meus seios iam despencar. Porque, na verdade, eu comecei a usar 50 de sutiã, passei pro 48 e agora tô no 46. Então, isso de gordura. Mas fui surpreendida por fazer musculação, fazer supino com 15 kg de cada lado e aí meu peito fez um super up, foi para o queixo (risos). Tô brincando. O meu seio é um formato pera, que é o natural, deu uma boa levantada com a musculação, ficou nos trinques.

Como está a faculdade de Medicina?
A faculdade tá ótima, eu tô adorando. Estou no terceiro período, já são matérias bem específicas de Medicina. Agora a gente já está estudando todo o trato grastrointestinal, tá bem legal, tô gostando. Mas meu caminho é a psiquiatria.

Você recentemente teve um problema com o Instagram, que foi hackeado. Você perdeu muito dinheiro com isso? O que tem feito para cuidar da segurança da sua conta? Tem dicas para dar?
Ele foi hackeada. Perdi dinheiro, sim. Porque naquela semana tinham posts pagos para entrar. Já estavam pagos e eu tive que devolver o dinheiro, enfim, consegui recuperar. Perdi mais de 3 mil fotos, que são minha história. Não tinha backup. Perdi parte da minha propriedade intelectual. Foi chato. Perdi uns dez mil seguidores. Aos poucos, vou recuperando. A dica é: ter senhas diferentes em todas as suas redes sociais, senhas que variam letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres. Tudo meu era bem básico. Negócio é colocar senhas difíceis mesmo.

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

De biquíni fio dental, Viviane Araújo mostra samba no pé

Published

on

By

É samba no pé que vocês querem? Então, toma!

Na última quinta-feira (13), Viviane Araújo exibiu todo seu talento ao publicar um novo vídeo no Instagram. Nele, a gata apareceu dançando e mostrando todo seu gingado.

A atriz, que sempre é presença garantida no Carnaval, mostrou que não tem época certa para a folia e curtiu ao som de uma música animada.

Vivi ainda deixou todos seus seguidores babando pela sua boa forma, já que o modelito que ela usou durante o registro foi um biquíni fio dental. Uau!

Nos comentários, choveram elogios para a morena. “Rainha”, “top”, “deusa”, “maravilhosa” foram apenas alguns deles.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

#Tbt de um dia qualquer… Só alegria!!!!!!! ???? Vídeo by @luizmello__ ? kkkk

Uma publicação compartilhada por Viviane Araujo (@araujovivianne) em

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Geisy Arruda posta foto com maiô cavado e bate-boca com fã

Published

on

By

Nesta última quinta-feira (13), Geisy Arruda compartilhou com seus mais de 900 mil seguidores, uma foto onde aparece com um maiô preto, cavado, curtindo as águas do mar. Na legenda, ela informou que era um ‘TBT’ de uma viagem inesquecível que fez e completou: “Acho que já posso voltar para Miami Beach? Tô apegada“.

A postagem rendeu dezenas de milhares de curtidas, mas apesar de toda sensualidade na foto e a beleza do cenário, alguns internautas deixaram comentários acusando a modelo de ter editado a imagem.

É proprietária do Photoshop“, comentou um. “O Photoshop deixou a virilha direita maior que a esquerda“, ironizou outro.

Veja o click:

Perdeu a paciência

Mas teve um comentário que deixou Geisy Arruda furiosa. Um internauta escreveu: “Não tem Photoshop. É verdade esse bilete“. A modelo usou seu Stories no Instagram para retrucar o comentário.

Geisy postou uma imagem do comentário, onde respondeu: “Quer ver de perto, gostosa?”

Ao compartilhar esse comentário com os seguidores, a modelo ainda ironizou, escrevendo: “Eu já disse que o amor não tem rótulos, né? Só não pode ser chata e nem recalcada, aí não quero não“.

Veja:

Símbolo Feminista

Em recente entrevista para o ‘Sensacional’, da RedeTV!, Geisy disse que após sofrer bullying na faculdade, se tornou um símbolo feminista para todo o país, passando a representar as mulheres.

Na época ela processou a faculdade e acabou ganhando a causa, além de conquistar a mídia. Ela confessou que desde então vem se mantendo apenas com essa fama que conquistou, pois transformou algo que seria um grande problema, em um benefício para sua vida.

Comments

comments

Clique para Ler

Advertisement

Facebook


Mais Acessados