Connect with us

Destaque

Considerações sobre o treino com pesos para mulheres

Published

on

Muitas vezes somos questionados à respeito de como deve ser o treinamento direcionado para mulheres como se houvesse uma diferença muito significativa em relação ao treinamento aplicado aos homens.

Algumas pessoas acreditam que o treino para mulheres deve ser totalmente diferente ou até que não devem de jeito nenhum treinar com pesos, outros acham que isto é um tipo de preconceito pois o treino para homens e para mulheres não deve diferir em nada.

Na realidade, apesar da mulher ter diferenças hormonais, fisiológicas e anatômicas o treinamento com sobrecargas não diferencia muito do treinamento aplicado aos homens porém, alguns fatores devem ser atentamente observados.

Alguns fisiologistas sugerem um pouco mais de volume mas a estrutura do treino, ainda assim, é muito semelhante para ambos os sexos. Entretanto, como algumas mulheres objetivam o enrijecimento de certas áreas específicas como a região tricipital, pernas e glúteos, tendem a se concentrarem com mais ênfase nestas regiões, da mesma forma que um atleta do sexo masculino deficiente em peitoral treina com mais ênfase este músculo.

De fato, a mais enfática diferença é a variável ponderal afinal, guardada as devidas proporções, homens desenvolvem mais força do que as mulheres, principalmente em membros superiores.

Explicamos:
Wilmore demonstrou que mulheres possuem cerca de 37% da força de um homem no exercício de supino ( exercício para membro superior), mas se formos comparar esta força específica em relação ao peso corporal esta relação passa para 46% e se comparada ao volume da massa magra a relação vai para 55% da força de um homem assim, podemos verificar que para membros superiores o homem é significativamente mais forte apesar de relação modificar em função da discriminação da composição corporal.

Mas quando passamos para o exercício de Leg Pressure ( exercício para membro inferior)
observa-se que as mulheres possuem 73% da força de um homem, relativa ao peso a relação é de 92%, e se observada em relação a massa magra passamos para 106%, ou seja as mulheres passam a ser mais fortes do que os homens.

Podemos observar que a força em membros inferiores de mulheres comuns é praticamente igual a dos homens comuns, o mesmo não se procede em membros superiores. Este é um importante fator a ser considerado na montagem de um programa de treinamento com pesos além de fatores como: adaptação específica para o trabalho, condições iniciais de força, flexibilidade, potência aeróbia e até condições emocionais e climáticas.

Diariamente ouvimos desejos e reclames em academias provenientes do público feminino. Se você trabalha ou freqüenta assiduamente uma Academia de Ginástica achará as seguintes situações familiares:

1) Desejo perder medidas de coxa (se acima do peso) levantar o bumbum e me livrar desta gordura do thauzinho (gordura tricipital)
Neste caso é obvio que a pessoa tem muita gordura corporal. Desta forma o trabalho com pesos deve ser acompanhado de dieta adequada para a melhora geral da composição corporal e tonificação muscular. Só a musculação tornará os músculos densos e fortes porém a gordura tenderá a continuar lá incomodando e dando aspecto de flacidez apenas menor.

2) Desejo definir o meu abdômen
Definitivamente a mulher para possuir um abdômen muito definido, do tipo seis gomos muito visíveis, deverá possuir muito pouca gordura corporal, o que não é nada fisiológico para mulheres. Dentre outras funções a gordura armazena os estrógenos. Mas se este é o seu desejo inexorável, novamente, a dieta para perda de gordura corporal é primordial. Definitivamente, exercícios abdominais não auxiliam para perda de gordura localizada, este mito há muito foi sanado. Com exercícios apropriados podemos fortalecer a musculatura mas se não houver perda de gordura nem você e nem ninguém poderá ver as linhas do seu abdômen.

3) Não quero ficar muito grande (hipertrofiada)
Este assunto é vastamente discutido no Volume 3 da Coleção Musculação Total – Musculação para Mulheres, mas vale salientar rapidamente que hipertrofia exagerada em mulheres só com utilização de drogas anabólicas muito embora, o que é exagerado para alguns é normal para outros. Procuramos respeitar e entender o desejo das outra pessoas apesar de sempre estarmos orientando para o lado saudável da atividade, fisicamente e psicologicamente, apesar de algumas pessoas insistirem em achar que promovemos o uso de farmacológicos, só porque dizemos a verdade. Meus amigos, qualquer informação está ao alcance de um dedo, não podemos ser hipócritas, devemos sim, debater claramente os assuntos considerados polêmicos.

4) Não desejo treinar ombro, peito, dorsal e nem ficar com os braços musculosos
No remodelamento do corpo para formas mais proporcionais e melhor equilíbrio de desenvolvimento geral do corpo devemos treinar todos os grupos musculares. Não cremos ser pecado uma mulher ter um corpo forte e mais musculoso, com todo o respeito as nossas avós que eram felizes mesmo estando totalmente fora dos padrões atuais. É muito importante traçarmos um objetivo realístico, para isto não há necessidade de sermos modestos, o desejo é o primeiro passo para as conquistas em vários setores da vida.

5) Quero perder peso
Sabemos que perder peso é uma situação e modificar a composição corporal é outra. Com a dieta apropriada, que deve ser preferencialmente prescrita por uma nutricionista especializada, e treinando corretamente, com a devida intensidade e volume tendemos a aumentar a densidade e o volume da massa muscular e diminuir o excesso de gordura corporal. Com isto muitas vezes, à luz de uma balança antropométrica, não ocorre uma modificação expressiva na variável ponderal, muito embora a pessoa esteja perdendo gordura. Não aconselhamos ninguém a pesar mais do que uma vez por semana. Ainda, a melhor avaliação é o espelho e uma mente saudável.

6) Quero perder a flacidez
O processo de tonificação muscular é gradual e sua rapidez dependerá da consistência do treino. Uma pessoa que inicia um programa de treinamento deve levar o seu programa a sério. De pouco adianta treinar consistentemente por um mês, parar com o treino por mais dois, treinar uma semana e faltar outra inteira…Ai funciona a lei do uso e do desuso. O que não é utilizado atrofia.

Já viram alguém depois de ter o braço engessado por apenas 2 semanas? Pois bem, parece que o volume muscular cai pela metade, a musculatura fica realmente flácida. Com o retorno da movimentação normal a tonicidade volta ao normal.

Em nossa musculação temos a oportunidade de treinar todos os grupos musculares isoladamente ou em conjunto de forma muito eficiente. Isto em curto – médio tempo de treino consistente diminuirá a flacidez muscular. Veja bem, não confundam com massa gordurosa a qual não pode se tornar mais rígida com o treinamento e nem a flacidez da pele.

Boa sorte a todas e treinem consistentemente.

Fonte: http://www.waldemarguimaraes.com.br/

Comments

comments

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Destaque

Após ter Instagram hackeado, Fani Pacheco sofre ameaças e se desespera

Published

on

By

Não está nada fácil para a ex-BBB Fani Pacheco, que teve sua conta oficial no Instagram hackeada recentemente. Bastante arrasada com a situação, a loira decidiu criar um perfil provisório na rede social e, através de um desabafo, revelou que está sendo chantageada por uma pessoa.

“Oi pessoal, eu vim aqui compartilhar com vocês meu Instagram provisório. Porque fui hackeada desde segunda passada, dia 11, e venho solicitando resposta ao Instagram e Facebook. Mas eles ignoram que fui hackeada. Eu descobri quem foi. A pessoa entrou em contato comigo, está me chantageando, pedindo dinheiro em troca do Instagram, sendo que não tenho nenhuma garantia de que ela vai devolver”, disse Fani, que revelou que ele está pedindo mil dólares pela conta.

“Eu entro contato com suporte e eles pedem para eu criar outra conta. Então, a minha conta, que demorei anos para construir, com minha história, com minha propriedade intelectual, meus textos, eles simplesmente ignoram. Eu marquei essa pessoa, eu tirei fotos da conta dessa pessoa e tenho provas de que ela está me chantageando. Eu vou na polícia abrir um boletim de ocorrência e vou tentar anexar no Instagram”, disse Fani, que tinha mais de 650 mil seguidores.

A ex-BBB postou imagens para denunciar a susposta extorsão:

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Ex-BBB, Aline Gotschalg, ostenta barriga sarada e dá o que falar na web

Published

on

By

A Ex-BBB, Aline Gotschalg, publicou em sua rede social, na manhã da última quinta-feira (14), uma foto de sua barriga saradíssima e deu o que falar na internet.

A cintura fina gerou diversos comentários a favor e em contra da ex-participante do reality show. “Ela foi uma das BBBs mais lindas, pena que pela edição era antipática”, comentou uma internauta. “Enquanto isso eu estou ostentando a minha fome. Ela é linda!”, brincou outra.

Outros clicks da ex-BBB

No inicio deste mês, Fernando Medeiros e Aline Gotschalg publicaram mais um clique ousado nas redes socais. Na foto, os dois aparecem abraçados deitados na cama e com emojis cobrindo as partes íntimas. “Boa noite”, escreveu ele na legenda.

No final do ano passado, os ex-BBBs terminaram o casamento e ficaram separados por 5 meses. Porém, recentemente os dois anunciaram a volta do casamento. Eles são pais de Lucca, de dois anos.

Confira:

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Musa Saudita alivia derrota de 5 para Rússia e ainda tem esperanças

Published

on

By

A advogada Ju Aysha é a representante da Arábia Saudita no concurso ‘Musa da Copa – O Original’. A gaúcha de Porto Alegre, que é realmente original, já que seus avós são árabes, ainda tem esperança que sua seleção possa se classificar. A esperança tem muito a ver com seu apelido, Aysha, que em árabe significa “estar viva”, “continuar viva”, “viver”, e assim ela acredita na seleção que representa, que ainda está viva!

O jogador de sua seleção, apontada por ela é Abdullah Al-Mayouf, o guarda-redes, a quem ela confia segurar ao máximo os resultados. 

“Começamos perdendo de 5×0 para os donos da casa, mas espero que a minha Seleção se recupere e consiga ainda se classificar, mesmo que seja em 2° lugar no grupo. E mesmo que seja segurando lá atrás”.

Perguntamos se caso sua seleção fosse campeã, se faria alguma loucura por ela, veja o que respondeu a saudita:

“Como é o país do petróleo, trabalharia como frentista em um posto de gasolina vestida com o uniforme da seleção, por 01 dia”.

Comments

comments

Clique para Ler

Advertisement

Facebook




Mais Acessados