Connect with us

Destaque

Definir e aumentar a massa muscular ao mesmo tempo é possível?

Published

on

Uma das questões mais antiga nos meios da musculação é: seria possível ganhar massa muscular e queimar gordura ao mesmo tempo? Existem tantas opiniões diferentes de especialistas sobres esta dúvida que é muito difícil acreditar em qual é o melhor caminho. A maioria dos “gurus” da musculação vão dizer que você deve escolher entre um ou outro (definir ou ganhar massa), a fim de alcançar o sucesso ideal e que a tentativa de ambos ao mesmo tempo é inútil. Realmente a maioria dos culturistas famosos preferem inicialmente se preocupar em ganhar muita massa muscular na fase chamada de off-season. Esta fase pode durar de 3 a 8 meses dependendo do objetivo do atleta. E então depois por cerca de 3 a 4 meses entrar na fase pré-contest. Fase esta em que o atleta procura definir ao máximo a musculatura visando ganhar campeonatos ou fazer apresentações. Claro que na fase de definição muscular a pessoa deverá perder peso, livrando-se da gordura indesejada inevitavelmente adquirida na fase off-season.

ATENÇÃO: o conteúdo deste site é estritamente informativo. Antes de iniciar qualquer atividade física procure um médico, faça todos os exames e procure um profissional da área para prescrição de seus treinos e dietas individualizados. Veja nossos Termos de uso do site!

Mas provavelmente para quem não é atleta e esta apenas visando um corpo definido mas sem exageros, esta prática pode não ser a única forma de alcançar o objetivo.

As sugestões que seguem são para tentar ajudá-lo a não só manter, mas construir músculos e ao mesmo tempo queimar gordura corporal. Mas lembre-se que os resultados podem variar de pessoa para pessoa. E vai ser necessário planejamento, disciplina e trabalho duro.

O mais importante neste plano é comer quantidades adequadas de macronutrientes (proteínas, carboidratos e gorduras). Isso é tão importante que, se não aprender a combinar esses alimentos e ser rigoroso em seguir a dieta, você certamente nunca vai conseguir ficar definido.

Proteínas: Como a principal fonte para a construção muscular, a proteína é absolutamente necessária para o fortalecimento muscular. A sugestão de consumo é em torno de 1,5 a 2 gramas de proteína por quilo de peso corporal (Ex: Peso corporal 70 Kg X 2 gramas de proteínas = 140 gr. de proteínas). Isso deve garantir que seus músculos estarão recebendo a dose correta de aminoácidos para a manutenção e construção de tecido muscular. Algumas das principais fontes de proteinas são: frango, carne bovina, peixe, peru, ovos, queijos, iogurtes e proteína em pó.

Carboidratos: Os carboidratos são uma das fontes de energia muscular e ao mesmo tempo um poupador de proteínas. Fontes boas de carboidratos para dietas visando definição, incluem arroz integral, batata doce, pão integral, macarrão, legumes e frutas.

Gorduras: Evite cortar uma gordura saudável. Certas gorduras são essenciais para a manutenção dos hormônios como a testosterona, aumentando a queima de gordura e ajudando os níveis de energia. Gorduras saudáveis serão utilizados para substituir carboidratos em determinados dias para manter os níveis de açúcar no sangue estável e ajudar com a saciedade. Boas fontes incluem abacate, nozes, amêndoas, azeite de oliva, algumas gemas de ovo e sementes de girassol

Então vamos ver como podemos utilizar estes macronutrientes e manipulá-los de tal forma a construir mais força e massa, enquanto queimamos nossas reservas de gordura. Os níveis de proteínas não deve mudar muito durante este plano. Você precisa ter quantidades suficientes de proteinas para que os músculos se recuperem e reparem após as sessões de treino. Tente obter 1,5 grama por quilo de peso corporal e monitore o seu progresso. Se não houver progresso por cerca de 3 semanas, tente até 2 gramas por quilo. Então o importante daqui em diante é a manipulação de carboidratos e gordura.

Esta parte é um pouco complicada. Agora você deve começar a manipular carboidratos de tal forma a enganar o organismo para aumentar o uso de suas reservas de gordura como combustível. Assim terá dias de consumo de alto, médio e baixo. Por exemplo; durante 2 ou 4 dias deve-se comer baixas quantidades de carboidratos (cerca de 90 gramas para alguém com 80 Kg.), seguido de dias de média e alta. Nestes dias o corpo irá queimar gordura para obter combustível e poupar massa muscular, enquanto sua ingestão de proteínas é alta o suficiente. Então antes que o corpo enfraqueça muito por falta de energia depois dos 2-4 dias de poucos carboidratos, terá um dia de consumo moderado de carboidratos(cerca de 270 gramas para alguém com 80 Kg.) e mais um dia de muito carboidratos (cerca de 405 gramas para alguém com 80 Kg.). Isto deverá manter o metabolismo ativo queimado a gordura corporal.

Resumindo: Manter quantidades suficientes de proteínas para a manutenção dos músculos.

  • Por 2 a 4 dias consumir muito pouco carboidratos. Consumir um pouco mais de gorduras saudáveis nestes dias. (cerca de 30 a 40% das calorias totais da dieta) Isso irá garantir que os níveis hormonais irão ficar firme e irá fornecer energia suficiente para os treinos exaustivos.
  • 1 dia consumindo quantidades moderadas de carboidratos.
  • 1 dia consumindo muito carboidratos.
  • Repetir o processo pelo tempo determinado da dieta.
  • Tempo médio para ter resultados: de 4 a 8 semanas no mínimo.

Engane o seu metabolismo! Você já deve saber que queimar gordura é simples: fazer mais atividades físicas e ingerir menos calorias do que se gasta com tais atividades. Só que cada pessoa tem um “tipo de metabolismo”. Uns tem o metabolismo rápido ou alto como se costuma dizer. Esse tipo de pessoa pode comer muito mesmo e ainda sim continuar magro. Por outro lado tem aqueles que só de comer um pedaço de chocolate a mais durante alguns dias na semana, engordam muito. Estes são os que tem o metabolismo lento ou baixo. Para piorar um pouco, se você começa uma dieta com extrema redução calórica seu corpo irá baixar mais ainda o seu metabolismo, tornando mais díficil a queima de gordura. Então para tentar “enganar” o metabolimso o ideal seria “ciclar” o consumo de calórias. Ou seja um dia você ingere 1200 calorias, no outro 2200, no terceiro dia 1000 e assim em diante. Desta forma seu corpo não “perceberá” que está em uma dieta rigorosa e não baixará seu metabolismo, continuando a queimar as reservas calóricas (gorduras).

Fonte: sempreomelhor.com

Comments

comments

4 Comments

4 Comments

  1. Chinelos Personalizados

    7 de março de 2012 at 01:19

    Acho totalmente possível sim! Só saber se programar. Adorei a matéria, parabéns pessoal!

  2. Informações

    7 de março de 2012 at 19:42

    Bem interessante e completo o artigo. Muito informativo, porém eu vou discordar.

    Se você gasta as calorias, proteínas e gorduras com exercícios aeróbicos o corpo não tem energia suficiente para recuperar os músculos.

    Eu, por exemplo, quando mais jovem tentei fazer os dois ao mesmo tempo e deu totalmente errado, fiquei definido sim, mas ainda mais magro, pois o corpo gastou os músculos.

    Comecei agora, a pouco tempo a fase de ganho de massa muscular, e desta vez está dando certo, pois estou apenas me focando nisto, apenas musculação e muita alimentação.

    Nada de exercícios aeróbicos ou musculação para definir.

    Apesar de fazer apenas algumas semanas já estou vendo resultado, diferente do que ocorreu antes.

    Na minha humilde opinião, é impossível aumentar músculos e definir ao mesmo tempo, você pode até deixar os músculos a vista e definidos, mas não aumenta-los fazendo exercícios para definição.

  3. bárbara

    15 de maio de 2013 at 21:14

    Nao deu pra ver o video vc pode digitar ¹? desde já agradeço… me ajudaria bastante !!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque

A musa fitness, Suzana David

Published

on

By

A musa fitness, Suzana David, posou para as câmeras do fotógrafo André Souza, em São Caetano do Sul – SP em um cenário lindo à céu aberto. Apesar de seu primeiro book fotográfico ter sido aos seus 5 anos de idade, de sua vasta experiência e estar agenciada em agências de modelos, a musa diz que cada ensaio é um novo desafio e que até hoje ainda sente um “friozinho” na barriga ao fotografar.

Suzana já estampou revista de luxo alto padrão, editoriais, anúncios publicitários, fez campanha em diversas mídias, participou de concursos e presença vip em eventos. Apesar de receber vários convites para posar nua, confessa que  nenhum ainda lhe chamou a atenção. Vem participando sempre de ensaios fotográficos para diversas top marcas que é o seu ponto forte, inclusive tem a sua marca própria a YouFit criada em 2015.

Tendo por volta de 70 mil seguidores no Instagram, a gata também mandou muito bem neste ensaio moda Fashion que é o segmento que ela pretende expandir este ano. A digital Influencer é muita querida pelos seus seguidores e bem requisitada pelas marcas que estão sempre enviando produtos para ela divulgar. Porém a modelo diz ter critérios ao fechar um Job, um deles é fotografar apenas através de contratos com as marcas. E não é à toa, qual a marca que não quer um mulherão desses estampando seu produto ou serviço, não é mesmo!

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

Nilton Bala ensina treino de apenas 15 minutos para ter pernas e glúteos hipertrofiados

Published

on

By

Muitos praticantes de musculação e atividades físicas não gostam de treinar pernas, o chamado “leg day”. No entanto, estudos apontam que que os membros inferiores são de fundamental importância no processo de condicionamento físico global para a manutenção da performance de atletas ou de indivíduo comum.  

Nilton Bala, personal trainer das celebridades em Portugal, afirma que treinar membros inferiores é fundamental para o condicionamento físico: “um dos erros mais frequentes dos praticantes de treinamento resistido é focarem-se muito nos músculos mais apelativos, que saltam mais aos olhos, como é o caso do bíceps e dos peitorais, e deixarem os membros inferiores de lado, ocorrendo quase sempre uma assimetria muscular”, afirma. 

Com base nesta necessidade, Nilton Bala preparou um plano de treino simples e eficaz com duração máxima de apenas 15 minutos, para rentabilizar o vosso precioso tempo e deixar-vos com pernas fortes e musculadas.

Construa pernas fortes em 15 minutos apenas

A) Cadeira Extensora (Grupo Muscular Alvo: Quadríceps)

Este é o exercício que mais favorecerá o isolamento do quadríceps. O quadríceps é o músculo que forma a parte anterior da coxa, e é chamado assim porque é composto por 4 músculos que funcionam como um só. Você conseguirá maior acção do quadríceps se utilizar todo o arco do movimento. Realize o movimento explosivo na parte positiva do exercício e quando a articulação do joelho estiver totalmente estendida trave o movimento por um ou dois segundos e libere o peso na fase negativa controladamente.

B) Cadeira Flexora (Grupo Muscular Alvo: Bíceps Femural)

Este exercício trabalha um grupo de músculos localizados na parte posterior da coxa denominados flexores da perna. Deitado em decúbito ventral certifique-se de que a articulação do joelho esta trabalhando na mesma direção do prolongamento imaginário do eixo do aparelho o que permitirá que o seu joelho trabalhe livremente num movimento anatómico. Procure realizar o  movimento com máximo de amplitude

C) Agachamento com Barra no Suporte (Grupo Muscular Alvo: Quadríceps) 

Agache devagar aproximadamente um angulo de 90 graus. Retome a posição inicial, não deixe com que os joelhos ultrapassem a ponta dos pés e apoie a barra no trapézio e não no pescoço. Só agache pesado e a fundo se tiver confiança e treinamento suficiente.Preferencialmente realize o exercício dentro de um suporte que ampare a barra caso você falhe na hora do movimento.

D) Extensão de Pé em posição hortostática (Grupo Muscular Alvo: Gémeos)

Neste exercício os gémeos são activados preferencialmente. 

Cuidados Especiais.

1) Mantenha o quadril encaixado durante todo o curso do movimento

2) Mantenha os joelhos estendidos

Como executar

Estenda os pés até a posição mais superior possível e flexione controladamente até a posição mais inferior possível.

Faça a amplitude máxima do movimento em cada repetição

Realizar 4 passagens em forma de circuito de cada exercício, após a realização de cada volta descansar 60 segundos.

Exemplo:

1)Cadeira Extensora 

2)Cadeira Flexora

3)Agachamento com Barra

4)Gémeos em Posição Hortostática

Fotos de:  MF Press Global Por: Hebert Neri

Comments

comments

Clique para Ler

Alimentação e Nutrição

Efeito Platô: Musa Fitness fala da Dieta Ajustada que acelera o metabolismo

Published

on

By

Musa fitness Milla Summers fala sobre a Dieta Ajustada e como esse método é eficiente para maximizar seus resultados neste período de preparação para as competições do Arnold Sports e MuscleContest

O efeito platô pode ocorrer em qualquer tipo de programa para emagrecer, quando a dieta e os treinos parecem já não surtir mais efeito. E, às vezes, ainda vem acompanhado de reganho de um a dois quilos, o que pode ser um pesadelo para qualquer praticante de atividades físicas.


A musa fitness Milla Summers está em preparação para duas importantes competições esse ano, o MuscleContest e o Arnold Sports, e conta como a Dieta Ajustada tem sido uma grande aliada para evitar o efeito platô e seguir obtendo resultados no shape: “a minha dieta é ajustada e revista com meu nutricionista a cada 12 dias. Deste modo, o percentual de erros é menor, e evitamos o efeito platô, forçando meu corpo e meu metabolismo a estar sempre ativos, e corrigindo possíveis erros”. 


Esse momento de estagnação na perda de peso é muito individualizado, mas, geralmente, acontece de seis meses a um ano após o início de um programa de emagrecimento: “No início, é normal a gente perder gordura e ganhar massa magra, e ai começamos a nos animar com os resultados. Mas depois, o corpo começa a equilibrar o gasto energético diário e estagna-se”. 
O efeito platô não acontece somente porque o organismo começa a realizar as funções básicas gastando menos energia, e sim porque com o treinamento, o corpo se torna mais eficiente e no gasto energético para a prática de exercícios: “por isso a importância do acompanhamento médico, principalmente nesta etapa, para apresentar meu melhor”. 


Sobre a preparação, Milla Summers acrescenta alguns detalhes: “por se tratar de uma competição de alto nível, adotamos protocolos de preparação diferenciados, que não se aplicam para o restante do ano. Em relação a água, agora tomo 4 litros por dia, e com a aproximação do campeonato vamos baixando a ingestão de água. E cada dia vai ficando mais difícil também porque vamos baixando a ingestão de carboidratos até zerar”.

Fotos de: MF Press Global Por: Hebert Neri

Comments

comments

Clique para Ler
Advertisement

Facebook




Mais Acessados