Academia

Doença Incurável faz rapaz se exercitar todo dia para se manter vivo

benmudge

Ben Mudge, um norte irlandês da cidade de Belfast, já às 7 horas de vida era diagnosticado com uma doença contra a qual batalha até hoje para se manter vivo: a fibrose cística.

Esta doença genética incurável caracteriza-se pelo excesso de muco bloqueando as vias respiratórias, e a expectativa de vida de pessoas que sofrem com ela é de apenas 30 a 40 anos de idade. A fibrose cística não só torna a respiração difícil, mas também retém as bactérias nos pulmões, o que pode levar a infecções com risco de vida. Ela também afeta o pâncreas, onde a formação de muco impede o organismo de absorver nutrientes dos alimentos, e o fígado, onde pode causar doença hepática. Também é extremamente rara – apenas cerca de 70.000 pessoas em todo o mundo têm.

ben-mudge

Porém, Ben Mudge, treinador de 25 anos, possui uma condição física incrível em uma idade em que muitos pacientes com fibrose cística lutam para simplesmente passar por sua batalha diária chamada vida. “Eu sou viciado em me exercitar. Isso me força a usar meus pulmões, mantê-los ativos, o que ajuda a combater a criação do muco”.

Desde criança, Mudge tomava remédios junto com cada refeição, indicados por médicos que chegaram a lhe receitar uma dieta altamente calórica e rica em gorduras como parte do tratamento. No entanto, com o passar do tempo sentiu que seria melhor optar por uma alimentação regrada, baseada no consumo de peixes, ovos, legumes e verduras, aliada à prática de exercícios.

ben-mudge1

Hoje, Ben tem uma capacidade pulmonar de 98%, algo inacreditável para alguém com fibrose cística aos 25 anos de idade. Isso não quer dizer, no entanto, que Mudge esteja livre de sintomas da doença. “Isso só deixa tudo mais lento, torna a ação da doença mais difícil”, afirma o norte irlandês. Mesmo se exercitando diariamente, vale lembrar que o jovem continua precisando de seus medicamentos para controlar a doença.

No entanto, a rotina de treino de Ben Mudge, de cinco dias por semana, lhe rendeu uma sonhada capa da revista Men’s Fitness, como Treinador do Ano de 2015, onde teve a oportunidade de contar sua história para milhares de leitores. “Eu tenho uma cicatriz gigante na zona do estômago da cirurgia que fiz quando nasci e acho que isso me torna único“. O seu exemplo está virando inspiração para milhares de pessoas, já que o segredo para o controle da doença está na prática diária de exercícios físicos.

Comments

comments

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso: Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um nutricionista. Não nos responsabilizamos por lesões ou problemas que, por ventura, possam ocorrer devido à utilização de informações contidas no site. Observação: Todo o post publicado possui autorização expressa do autor, todo o conteúdo exposto é de responsabilidade do mesmo.

[Fechar]
.

Copyright © 2011 - 2017, All Rights Reserved.

To Top