Connect with us

Academia

É possível diminuir a barriga com apenas 9 passos, e nutrólogo ensina como

Published

on

Inchaço na barriga e outras partes do corpo, muitas vezes, é um reflexo de maus hábitos alimentares e de saúde. Ao cuidar com carinho do seu corpo e escolher bem o que você coloca para dentro para nutri-lo, o equilíbrio do peso e a boa forma veem como meras consequências.

Conversamos com um nutrólogo para saber como atingir este objetivo sem fazer mudanças radicais no dia a dia ou sacrifícios – afinal, ser feliz é parte de ser saudável e equilibrado.

Como diminuir a barriga?

1- Beba muita água

Água é indispensável. Além de hidratar e contribuir para o bom funcionamento do corpo, quando gelada, a água acelera o metabolismo e ajuda a emagrecer.

Além disso, se você misturar alguns ingredientes aliados do emagrecimento, o resultado é ainda melhor. Por exemplo, você pode preparar água de berinjela ou água de gengibre, turbinando a bebida com ricas doses de nutrientes.

2- Tome suplementos, caso necessário

“Tomar suplemento de fibra pode ajudar. Tem cápsulas de picolinato de cromo, que é um mineral que faz com que a insulina aja de forma eficiente, evitando que o açúcar no sangue vire reserva, entre outros”, explica o nutrólogo Roberto Navarro sobre alguns suplementos que podem ajudar no emagrecimento.

Contudo, antes de sair tomando suplementos, procure um nutricionista ou nutrólogo para que ele indique o que é melhor para você. Até mesmo suplementos naturais podem ser prejudiciais quando tomados incorretamente ou em grande quantidade.

3- Coma fruta com casca

A maior parte das fibras das frutas está em suas cascas. Portanto, sempre que possível, não descasque as frutas. Opte por apenas lavar bem a casca e comer a fruta inteira.

Além de ajudar no funcionamento do intestino, as fibras também fazem com que a absorção do açúcar seja mais lenta. Desta forma, você não terá picos de açúcar no sangue e o seu corpo não precisará produzir tanta insulina.

“Excesso de glicose no sangue depois da refeição é o vilão porque o corpo produz muita insulina, ocorrem picos altos de glicose no sangue e este excesso de glicose vira ácido graxo, que vira gordura e vai para o abdômen”, explica o nutrólogo.

4- Coma salada

Ricas em fibras, a salada é indispensável em uma alimentação saudável, assim como as frutas. O ideal é começar as refeições pela salada porque ela promove saciedade e evita que você exagere desnecessariamente na comida.

5 – Não fique muitas horas sem comer

Comer várias vezes ao dia ajuda a manter o metabolismo ativo. De acordo com o Navarro, teoricamente, isso faz com que o organismo fique mais acelerado, apesar de não haver estudos que comprovem isso.

O importante é comer alimentos saudáveis em todas as refeições, principalmente nos lanchinhos, que não podem ser ricos em calorias. Porém, respeite a sua fome: não é preciso esperar estar faminto para se alimentar, mas também não é indicado que você coma mesmo sem um pingo de fome, pois isso confunde o centro de apetite no cérebro.

6 – Evite comer doces

 O açúcar refinado é o grande vilão de quem está fazendo dieta ou sonha com uma barriga chapada. Por isso, os doces, especialmente os industrializados, devem ser evitados.

Os carboidratos refinados também viram açúcar facilmente. Portanto, tente diminuir também a quantidade de carboidrato que você consome e tente fazer substituições inteligentes.

Por exemplo, ao invés de usar açúcar branco para adoçar o café, opte por açúcar de coco, demerara ou mel, opções que não provocam pico de glicose no sangue.

7- Faça exercícios

Claro que é importante cuidar da alimentação, mas aliar os bons hábitos à prática de exercícios físicos ajuda bastante. Não fique parado nunca.

Escolha uma atividade física que te dê prazer e pratique. Até mesmo uma pequena caminhada já é capaz de ajudar muita coisa na sua saúde e silhueta. O mais importante é praticar exercícios com regularidade.

8 – Não coma gordura trans

Segundo Navarro, a gordura trans consegue ser ainda pior que o açúcar porque ela não cumpre nenhuma função no nosso organismo.

“Gordura trans é óleo hidrogenado, geralmente óleo de soja com hidrogênio, e serve só para conservar mais, deixar os alimentos mais crocantes, é péssimo”, explica o nutrólogo.

Portanto, opte por alimentos naturais e fuja de produtos industrializados que têm gordura trans.

9 – Fuja dos corantes e conservantes

A gordura trans é um exemplo de produto usado como conservante e que é péssimo para a nossa saúde, mas existem muitos outros.

A melhor coisa é comprar alimentos frescos e orgânicos e preparar tudo em casa. Desta forma, você sabe exatamente tudo o que você está comendo. Passe longe de produtos industrializados, congelados e cheios de corantes e conservantes.

Além de fazer mal para a saúde, o excesso de toxinas pode provocar desregulações hormonais e acarretar o ganho de peso.

10 – Coma cereais

Os cereais são ricos em fibras e por isso ajudam a controlar a quantidade de açúcar no sangue e ajudam no funcionamento do intestino.

Por isso, inclua frutas com casca na sua alimentação, leguminosas, trigo integral, aveia, linhaça, chia, folhas, legumes e cereais em geral, sempre na forma integral.

De acordo com Navarro, até a batata pode ser consumida com casca.

Comments

comments

Academia

Calistenia: exercícios ajudam a esculpir o corpo

Published

on

By

Os chamados exercícios calistênicos, quando bem aplicados, podem secar a barriga e definir os músculos das penas

Pode ser que você ainda não tenha ligado o nome à modalidade, mas certamente já viu na internet aqueles vídeos em que as pessoas fazem exercícios utilizando apenas o peso do próprio corpo, se apoiando em barras, bancos e demais superfícies disponíveis. Isto é o que se pode chamar de calistenia, ou exercícios calistênicos.
Apesar de estar na moda atualmente, foi considerada por muito tempo como método ultrapassado e sem eficiência. O certo é que ela nunca deixou de fazer parte do treinamento militar e vem se tornando cada vez mais popular por causa do crescimento da moda Crossfit.
Para o personal trainer Evandro Marques, o sucesso dos exercícios calistênicos não é atoa. “Além de gerar um stress muscular mais elevado, eles ainda ajudam a melhorar consideravelmente sua percepção corporal”, afirma, lembrando que é preciso sempre ter atenção à forma de incluí-los na rotina de treinos.

Calistenia para mulheres

No caso das mulheres, o intuito é principalmente secar a barriga e tornear os músculos das pernas, mantendo assim o corpo mais esculpido. “Os resultados obtidos são muito satisfatórios, lembrando que é preciso manter uma alimentação balanceada e disciplina, como em qualquer outra atividade”, destaca o especialista.
A maior vantagem dos exercícios calistênicos é que eles podem ser feitos tanto em casa quanto nos parques, praças ou academias que ofereçam a modalidade. “Eles podem ser desenvolvidos individualmente ou em grupo, mas sempre com a supervisão de um profissional capacitado, pois os riscos de lesões quando se está começando são ainda mais elevados”, ressalta o personal.
O especialista lembra ainda que para obter os melhores resultados é imprescindível que a aplicação dos movimentos seja feita de maneira correta. “Os treinos podem durar entre 20 minutos e uma hora, dependendo do nível físico da pessoa e dos resultados que ela pretende atingir”, destaca.

Para começar a praticar

Se você se interessou pela modalidade é importante saber que é preciso preparo físico antes começar os exercícios. “Quem leva uma vida mais sedentária precisa começar com exercícios de fortalecimento principalmente dos braços, como flexão, agachamento, barra fixa e prancha. O objetivo é preparar o corpo para suportar o próprio peso, o que é fundamental para qualquer pessoa, mesmo quem não quer fazer exercícios de calistenia”, explica Evandro Marques.
Já para quem pratica regularmente atividades físicas é possível ir testando o corpo com versões mais complexas da modalidade, entre elas a bandeira humana, no qual se levanta o corpo na horizontal se apoiando apenas com as mãos em uma barra vertical, a parada de mão (bananeira), entre outros.

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

Treino completo para construir Glúteos de Aço

Published

on

By

As mulheres adoram glúteos grandes, quem não gosta? o treino que se procura nas academias é para bumbum .

Os glúteos são o grupo muscular mais pedido pelas mulheres, já trabalhamos ele de uma forma muito mais intensa no treino de pernas.

Nesse momento iremos trabalhar de forma uniarticular o glúteo, vamos ao treino para poder deixar o glúteo como muitos pedem: “glúteos de aço”,“grande”, “em pé”, “redondo”, “bumbum na nuca”, entre outros comentários na sala de musculação.

Confira mais:

10 melhores exercícios para aumentar os glúteos

Novo exercício para glúteos da mulher que virou referência em treinos para o bumbum

4 dicas para otimizar o seu treino de glúteos

Vou explicar aqui a minha linha de pensamento para a execução dos exercícios, o que é o principal para que você atinja os resultados que o treino promete: todos os exercícios partem da posição que encontramos no estudo da anatomia.

Tornozelo, joelho e quadril na mesma linha:

Exercícios e organização do Treino

 

TREINO 1

  • Glúteo 4 apoios Pernas Flexionadas (no chão);
  • Glúteo 4 apoios Pernas Estendidas (no chão);
  • Glúteo cabo;
  • Elevação Pélvica (no chão).

 

OBS. Apenas 1 treino de Glúteo por semana.

 

Estruturação da Rotina

 

Nessa estrutura o ideal é que treine glúteo um dai após o TREINO 1 de pernas onde foi feito o Agachamento Livre, lembrando, APENAS 1 x na semana.

 

Junto com Agachamento Livre
1º semana Treino 1
2º semana Treino 1
3º semana Treino 1
4º semana Treino 1
5º semana Treino 1
6º semana Treino 1
7º semana Treino 1
8º semana Treino 1
9º semana Treino 1

 

Séries / Repetições / Tempo de Descanso

Todos os exercícios estão organizados em 4 séries com um objetivo máximo de 15 repetições. Caso atinja esse máximo, a carga pode ser aumentada.

Exemplo do Treinamento com objetivo máximo de 15 repetições:

  1. Monto o aparelho com a carga que uso normalmente;
  2. Realizo a primeira série de 15 repetições, descanso 30 segundos;
  3. Realizo a segunda série com a mesma carga, descanso 1 minuto se eu não conseguir realizar 15 repetições. Caso realize 15 repetições, o descanso é o tempo de aumentar o peso;
  4. Realizo a terceira série, descanso 1 minuto se eu não conseguir realizar 15 repetições. Caso realize 15 repetições, o descanso é o tempo de aumentar o peso;
  5. Realizo a quarta série.

 

Observações

Esse é um treino pesado que vai exigir uma musculatura madura, peça ajuda ao seu professor para evitar lesões ou para adaptar da melhor forma a sua necessidade.

Seguindo este roteiro de treino de forma regrada com a supervisão do seu treinador, com certeza os resultados serão visíveis antes mesmo do final da última semana.

É importante lembrar que a suplementação precisa ser adequada ao objetivo especifico que é a Hipertrofia Muscular, aliando a orientação de um nutricionista para equilibrar a alimentação.

E por último, mas não menos importante, o descanso noturno adequado é fundamental para recuperação dos músculos nesse período.

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

10 exercícios para aumentar a sua bunda

Published

on

By

Em um formato diferente e descontraído vou demonstrar dez exercícios que gosto de passar para meus alunos de personal para ajudar na hipertrofia de pernas e glúteos.

Ideal para você que não consegue sair do lugar com os exercícios, veja só esse vídeo para alavancar e  crescer seus glúteos.

Confira mais treinos para bunda:

10 melhores exercícios para aumentar os glúteos

Bumbum na nuca: 4 exercícios para glúteos

4 dicas para otimizar o seu treino de glúteos

Summary
10 exercícios para aumentar a sua bunda
Article Name
10 exercícios para aumentar a sua bunda
Description
Ideal para você que não consegue sair do lugar com os exercícios, veja só esse vídeo para alavancar e  crescer seus glúteos.
Author

Comments

comments

Clique para Ler
Advertisement

Facebook



Mais Acessados