Connect with us

Destaque

Exercício físico – O segredo para uma saúde de ferro

Published

on

Quer você tenha 9 ou 90 anos, abundante evidência científica mostra que praticar exercício físico traz grandes benefícios para a nossa saúde e bem-estar.

Milhões de pessoas por todo o mundo não fazem sequer o mínimo de exercício físico recomendado por semana (que representa queimar entre 700 a 1000 calorias através de actividade física). É um grave erro, pois está mais que provado que, para além de trazer benefícios para a saúde, a prática regular de exercício físico também aumenta o humor.

Dedicar 30 minutos diários a uma actividade física de intensidade moderada pode ajudá-lo a evitar uma série de problemas graves como doenças de coração, diabetes, depressão, alzheimer, obesidade, lesões nas artérias, etc. Exercício feito de forma regular pode, inclusive, ajudá-lo a dormir melhor, reduzir o stress, controlar o seu peso, melhorar o seu estado de espírito, a sua capacidade de raciocínio e até a sua vida sexual.

Um bom plano de treino deve levar em conta 4 componentes: actividade aeróbica, treino de força, treino de flexibilidade e exercícios de equilíbrio. Cada uma delas trabalha diferentes partes do seu corpo.

Resumindo, o exercício pode:

– reduzir as chances de contrair uma doença cardiovascular. Para pessoas que já sofrem de doenças do coração, o exercício físico pode reduzir a probabilidade de morrer dessa causa;

– reduzir o risco de desenvolver hipertensão ou diabetes;

– reduzir o risco de desenvolver cancro do cólon e outros tipos de cancro;

– aumentar o seu estado de espírito, humor e capacidade de raciocínio;

– manter os seus ossos e tendões fortes e saudáveis;

– ajudá-lo a manter um peso constante e saudável;

– ajudá-lo a manter a sua independência nos últimos anos da sua vida, ou seja, reduzir a necessidade do cuidado de terceiros.

Combater as doenças através de actividade aeróbica

O exercício aeróbico é o centro de qualquer plano de fitness. Quase toda a investigação realizada em torno desta actividade e dos benefícios da mesma para a saúde física destaca a actividade cardiovascular, o que inclui caminhar, fazer jogging e praticar natação ou ciclismo. Se está a começar, os especialistas recomendam uma intensidade moderada na prática de exercícios aeróbico. À medida que o tempo passe, vá aumentando gradualmente a intensidade.

Proteger os ossos com treino de força

O treino de força ou de resistência, como exercícios com bandas elásticas e a utilização de máquinas de musculação, são importantes para construir músculo e proteger os ossos. Os ossos perdem cálcio e enfraquecem com a idade. Este tipo de treino pode ajudar a atrasar este processo e algumas vezes até reverter esta tendência.

O treino de força ou resistência não o faz apenas sentir-se melhor mas também pode resultar num melhor desempenho nas actividades diárias, como subir escadas ou carregar sacos de compras. Músculos fortes também significam maior mobilidade e equilíbrio e, por conseguinte, um risco menor de contrair alguma lesão.

Minimize a dor de costas com exercícios de flexibilidade

Treinos de flexibilidade ou alongamentos é o terceiro componente de um plano de treino equilibrado. Os músculos têm tendência a ficar mais pequenos e menos robustos com a idade. Fibras musculares fracas e frágeis tornam-no mais vulnerável a lesões, dores de costas e stress. Desempenhar regularmente exercícios que isolem e alonguem as fibras elásticas à volta dos músculos e dos tendões podem neutralizar este processo. Os alongamentos melhoram a sua postura e equilíbrio.

Previna quedas com exercícios de equilíbrio

O equilíbrio tem tendência a perder-se com o tempo. Desempenhar com frequência exercícios de equilíbrio é uma das melhores maneiras de se proteger contra quedas, que levam a uma incapacidade temporária. Os exercícios de equilíbrio levam apenas alguns minutos e muitas vezes podem enquadrar-se nos seus exercícios de aquecimento. Muitos deles até se encontram presentes em modalidades como o tai chi, ioga ou pilates. Outro meio de executar exercícios de equilíbrio é através do recurso à bola suíça.

Fonte: http://logon.prozis.pt

Comments

comments

Alimentação e Nutrição

Afinal, tapioca engorda ou emagrece?

Published

on

By

A resposta para saber se a tapioca engorda ou emagrece é relativa, já que vai depender principalmente do modo de preparo e recheio da tapioca

tapioca virou mania entre milhares de brasileiras. Afinal de contas, é dito por ai que ela ajuda no emagrecimento. Mas será que a tapioca engorda ou é uma aliada para a perda de peso?  “A forma de preparo da massa e o recheio utilizado serão as peças-chaves para que ela seja aliada ou vilã do emagrecimento”, aponta Thais Souza, nutricionista do Mundo Verde.

A tapioca é feita com a fécula da mandioca, que é aquecida na frigideira e forma uma massa que pode ser recheada. “O principal macronutriente presente nesse alimento é o carboidrato, que após ser digerido, gera glicose, ou seja, se o consumo não for dosado, ela pode favorecer o ganho de peso”, alerta a nutricionista.

Tapioca engorda?

Como a goma possui alto índice glicêmico, que é a velocidade com que a glicose entra no organismo, este fator também pode ser responsável pelo ganho de peso. “O uso de recheios calóricos também aumentará esse risco. Principalmente quando algumas opções utilizadas são: leite condensado, doce de leite e geleias com açúcar”, afirma Thais.

Mas, mesmo assim, é possível emagrecer comendo tapioca. O ponto de partida é reduzir o índice glicêmico do alimento. “A maneira para isso é adicionar à goma, antes do preparo, algum alimento fonte de fibra, como semente de chia, de linhaça, farinha de banana verde, entre outros”, ensina Raisa Barragam, nutricionista clínica e infantil da Dieta Vitória, em Santos.

Outra boa ideia é preparar uma crepioca. “Basta incluir ovo à goma e fazer como uma panqueca”, conta Daniela Lasman, nutricionista da academia Bodytech, em São Paulo. Ao incluir boas fontes proteicas no preparo ou recheio da tapioca, é possível diminuir o índice glicêmico da preparação.

De olho no complemento

Como dito anteriormente, o que for colocado como recheio também pode contribuir para a tapioca engordar. Então, o ideal é recheá-la com ovos mexidos, banana com canela, geleias de frutas sem adição de açúcares, cottage, e outros elementos saudáveis.

Além disso, é bom saber que a tapioca deve ser consumida no café da manhã para dar mais energia e disposição para as atividades diárias. “É ainda uma opção de lanche pré-treino para dar mais gás para realizar o exercício físico, por ser boa fonte de carboidratos”, completa Thais.

Muitos benefícios

Com todas essas dicas, as chances da tapioca engordar são mínimas. E além de evitar o ganho de peso, o alimento também trará diversas benfeitorias ao corpo. Veja a lista:

  • Como é feita da goma de mandioca, a tapioca é considerada um alimento natural, pouco processada, com baixo teor de sódio e sem gordura;
  • É um carboidrato de rápida absorção e digestão, sendo uma ótima opção para um pré ou pós treino, por exemplo;
  • É de fácil preparo, sendo uma opção prática e rápida que ajuda muito na correria do dia a dia e que pode substituir pães, que costumam ter uma quantidade considerável de conservantes;
  • Não contém glúten, sendo uma opção também para pessoas com alergia (doença celíaca) ou mesmo com intolerância a este alimento.

Comments

comments

Clique para Ler

Alimentação e Nutrição

Restrição de açúcar ou gordura têm mesmo efeito na perda de peso

Published

on

By

As descobertas do estudo podem ter consequências importantes no mercado americano de perda de peso – avaliado em 66 bilhões de dólares

Os conselhos para perder peso costumam ser consumir menos carboidratos (e, portanto, açúcares), ou menos lipídios (gorduras). Mas qual a melhor opção? Um estudo publicado nesta terça-feira demonstra que nenhum é melhor que o outro.

Além disso, fatores como genética e o metabolismo de insulina tampouco são fundamentais para os resultados de uma dieta, segundo conclusões publicadas no Journal of the American Medical Association (Jama).

Essas descobertas podem ter consequências importantes no mercado americano de perda de peso – avaliado em 66 bilhões de dólares -, sobretudo na última tendência do setor: a dieta do DNA, que pretende determinar o melhor regime em função da genética individual.

“Todos escutamos histórias de um amigo que fez uma dieta que deu muito certo, e de outro que tentou o mesmo regime, mas não funcionou”, disse Christopher Gardner, professor de Medicina da Universidade de Stanford, na Califórnia.

“É porque todos somos diferentes e acabamos de começar a compreender as razões desta diversidade”, acrescentou.

Participaram do estudo 609 pessoas de entre 18 e 50 anos, 57% delas mulheres. Elas foram separadas em dois grupos ao acaso. Durante um ano, uma delas fez o regime de restrição de gordura, e o outro, o de açúcar.

Em média, cada pessoa perdeu cerca de 5,9 quilos nos dois grupos. Alguns perderam muito mais – até 27 quilos -, enquanto outros engordaram até 9 quilos.

Os cientistas não encontraram uma relação entre o regime realizado e uma perda de peso mais significativa.

“Não há uma diferença destacável na evolução de peso entre uma dieta equilibrada e leve em gorduras e uma dieta equilibrada leve em açúcares”, concluíram os pesquisadores.

“Uma parte dos genomas dos participantes foram sequenciados, o que permitiu aos cientistas buscar a presença de genes associados à produção de proteínas que modificam o metabolismo de carboidratos e lipídios”, segundo o relatório.

Os participantes ainda consumiram açúcar em jejum para medir a produção de insulina.

“Nenhum perfil genético e nenhuma secreção de insulina foram associador aos efeitos das dietas sobre a perda de peso”, concluíram.

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Sem investir em dieta, Jojo Todynho emagrece 12kg

Published

on

By

Sucesso no Brasil todo, Jojo Todynho está mais magra! Isso porque a famosa perdeu 12kg e, ao contrário do que se possa pensar, não perdeu tempo em dietas rigorosas ou exercícios intensos.

De acordo com informações do jornalista Leo Dias, do jornal O Dia, por conta do ritmo de shows, ela acabou eliminando esses quilinhos, ficando mais magra.

Ainda segundo a publicação, a cantora descobriu que estava com menos peso pouco antes do Baile da Vogue, realizado no início deste mês, quando precisou de ajustes no figurino que ficou largo.

Quer dietas para emagrecer? :

Dieta simples com o que você tem em casa para emagrecer rápido e saudável

Dieta Fitness: como temperar sua alimentação?

Dieta que emagreceu Glória Pires antes da novela tem 5 fases: veja regras e como seguir

CACHÊ DE JOJO TODYNHO DUPLICA

Jojo Todynho segue colhendo os frutos do sucesso da sua música Que Tiro Foi Esse. O hit, como se sabe, viralizou em todo o Brasil, após ser divulgado na internet em dezembro do ano passado.

De acordo com informações do jornal Extra, a cantora tem recebido um bom dinheiro para se apresentar em shows aparições. Antes, o seu cachê era estimado em cerca de R$5 mil, e, agora, já chega a custar R$30 mil.

A aposta de Jojo para o Carnaval já contabiliza mais de 110 milhões de visualizações no YouTube e os números não param de subir. Sucesso, né?

Comments

comments

Clique para Ler
Advertisement

Facebook



Mais Acessados