Connect with us

Destaque

Harmonia do seu Corpo

Published

on

Vamos encarar isto: todo mundo tem pelo menos uma fraqueza quando se trata de um físico musculoso. Mas todos podem fazer algo sobre isto. Descubra as cinco formas essenciais para você poder equilibrar o seu físico enquanto você está bombeando-o com fero!

Cinco maneiras para equilibrar a parte fraca do seu corpo com a parte forte.

Eu me conheço por exemplo, no começo da minha carreira de fisiculturista, eu tinha um pequeno atraso no bíceps, quadríceps, isquiotibiais, abdominais. Eu sei que ainda tenho pontos fracos, mas eu tenho sido capaz de minimizá-los ao longo dos anos, fazendo os ajustes certos para minha formação.

Eu estava bem consciente dos meus pontos fracos e, instintivamente pensei que a melhor maneira de equilibrar os meus pontos fracos era trabalhar com o dobro de volume que treinava os meus pontos fortes. Ao invés de realizar 3 séries de 3 exercícios diferentes, eu estava realizando 6 séries de 6 exercícios diferentes. O que eu conseguir com isto? Apenas destruir ainda mais os músculos.

Destruição, Não estimulação

Destruir os músculos e estimular o crescimento muscular são duas coisas completamente diferentes. Eu não entendia isto no momento.

Eu pensava teoricamente que, se você queria ser capaz de correr mais de 2 km então você precisava treinar correndo 5 km, aumentado assim o volume e a freqüência, ganhando então resistência para superar esta marca. Desta forma pensei que o mesmo se aplicava com o levantamento de peso.

Eu pensei que se você quiser forçar um músculo para crescer, você precisa adicionar peso levando-o ao verdadeiro inferno com os exercícios, até você não suportar mais. O que eu não sabia na época é que o corpo reage ao treinamento aeróbio para o lado oposto que ele faz para o treinamento anaeróbio. Na ciência do exercício atividade aeróbia é definida como de baixa intensidade, mas de longa duração. Oposto do que a atividade anaeróbia é definida como de alta intensidade, mas de curta duração.

Havia um grupo especial em deficiência que eu era obcecado, o bíceps. Eu literalmente me matava no ginásio por várias vezes na semana tentando fazer com que meu bíceps crescesse. Esta estratégia só me levou para um caminho: zero crescimento muscular.  Além do tempo perdido, obtive uma tendente em ambos os punhos que me colocou para fora dos treinos por cera de 5 meses.

Diminuir o Volume para Crescer

Depois de meses na fisioterapia eu voltei com os treinos, mas mudei minha abordagem. Eu tinha lido alguns artigos escritos pelo ex Mr. Universo Mike Mentzer. Os artigos explicavam que treinamento em excesso de um grupo muscular só esgota os recursos naturais necessários para produzir o crescimento do músculo do corpo. A informação fez sentido para mim do jeito que foi escrito, assim reestruturei o meu treinamento com dicas destes artigos.

1 – De uma olhada no seu volume de treinamento

Lembre-se que quando se trata de aumentar o tamanho do músculo, mais não é igual a melhor. Considere o seu grupo muscular deficiente e veja quantos exercícios você anda fazendo. Faça mais exercícios compostos. Às vezes, acrescentando exercícios para um único conjunto, mais multi-exercícios e finalizando com isoladores pode levar você ao overtraining. Por exemplo eu parei de fazer crossovers e crucifixo com halteres, mais voador na máquina. Apenas usava supino e supino inclinado. Eu não incluía séries de aquecimento.

 

 

2 – Frequência de treinamento

Assim como fazer muitos exercícios ou séries para um grupo muscular, treiná-lo muitas vezes por semana pode levar ao overtraining. Uma das minhas regras que prego quando estou falando de musculação é que, você se tornando progressivamente mais forte e aumentando progressivamente mais seu peso, há um aumento de estresse ao organismo que esvazia ainda mais os recursos bioquímicos necessários para o crescimento muscular. Portanto você precisa compensar isto por um aumento no tempo de recuperação entre todas as sessões de treinamento com peso a partir daquele momento.

Como regra geral, eu sugiro que quando você atingir um ponto de atrito em um grupo muscular em que você forçou e sua força deixou de aumentar em ciclos de 2 treinos, então vá em frente e de um “adicional” de 2 dias de recuperação de tempo entre todas as sessões de treinamento com pesos daquele ponto em diante. Isso pode parecer drástico, mas isso irá permitir que o seu progresso volte novamente.

3 – Seu volume de treinamento

Seus músculos não respondem caso você não submetê-los ao nível de estresse cada vez maior. Seu corpo vai produzir uma resposta adaptativa (adicionando massa muscular) quando ele sente que sua fisiologia tem sido ameaçada por um novo nível de estresse que ele não está acostumado. Há, porém um equilíbrio muito delicado entre maior intensidade e overtraining que você deve estar ciente.

Em outras palavras você deve aumentar a intensidade, mas não através do aumento do volume. Na verdade, quanto mais intenso o seu treino, menor ele pode ser para evitar o excesso de treinamento.

Há um diversas maneiras que você pode aumentar a intensidade dos seus treinos.

– Você pode aumentar a quantidade de peso que usa.
– Mude o tempo em que você executa os exercícios diminuindo a velocidade de seus movimentos. Tente usar uma contagem de três segundos na parte positiva e uma contagem de 4 segundos na parte negativa do exercício.
– Tente usar um rest-pause para melhor fadigar os seus músculos. Faça sua série normalmente e quando chegar a falha, peça a seu parceiro que retire uma parte dos pesos. Após retirar de continuidade a mais 8 repetições, novamente faça outra pause de 10 segundos e retire mais o peso e então faça até não agüentar executar mais nenhuma repetição. Esta técnica permite levar o seu músculo a falha total.

4 – Considere o uso do músculo secundário

Para prevenir o overtraining, é importante estar ciente do estresse que nossos músculos secundários estão exercendo quando treinamos o peitoral ou então o dorsal. Lembre-se em exercícios para peito o ombro e o tríceps são muito trabalhados também. Assim como o bíceps é exigido quando estamos treinando nossos dorsais. Há pessoas por exemplo que não executam exercícios qualquer para deltóide frontal e ainda assim obtém progressos nessa região.

5 – Treine seus grupos mais frágeis primeiro

Por uma questão de maximizar a intensidade do treino do seu grupo muscular deficiente, sempre treine seus músculos mais fracos por primeiro quando você está com os níveis de energia lá em cima. Também faça seus exercícios mais difíceis primeiro. Desta forma, você será capaz de treinar mais pesado.

 

Autor: Chad Shaw
Tradução, Edição: Jaderson Rafael
Fonte: www.bodybuilding.com / http://www.estiloculturismo.com.br/

Comments

comments

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Destaque

Top Pluz size Ashley Grahman exibe curvas em biquíni cavado e fã elogia: “seu corpo é perfeito”

Published

on

By

Modelo é a mais famosa no segmento

Top plus size mais badalado do mundo da moda, a americana Ashley Graham exibiu as famosas cuvas em um dia de praia neste domingo (17). A modelo usou um biqúini de lacinho, com os cabelos soltos no clique que ela mesma mostrou na web.

A imagem recebeu muitos elogios, já que além de linda, a top é inspiração para muita gente que, supostamente, está fora dos “padrões”. “Seu corpo é literalmente perfeito em todos os sentidos”, afirmou uma seguidora. “Bonita e natural”, afirmou outra.

Uma publicação compartilhada por A S H L E Y G R A H A M (@ashleygraham) em

O encanto por Ashley não é à toa. Ela lançou em 2017 seu livro de memórias, A New Model: What Confidence, Beauty and Power Really Look Like, no qual fala sobre o bullying sofrido pelos quilinhos extras desde o início da carreira como modelo, aos 13 anos, ao racismo que sofre por ser casada com o cineasta negro Justin Ervin.

“Alguém me disse uma vez que as minhas coxas eram a ‘cidade da celulite’, mas essas coxas contam uma história de vitória e coragem. Eu não deixarei os outros ditarem como elas acham que meu corpo deveria parecer para o próprio conforto deles”, avisou a modelo, em uma mensagem de autoestima e empoderamento que ela também divulga em suas redes sociais.

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Noiva de zezé, Graciele Lacerda volta a exibir o bumbum na web

Published

on

By

Graciele Lacerda voltou a exibir o bumbum na web, desta vez, com uma lingerie amarela, aos 37 anos. Uau! Inspirada (e bota inspiração nisso!) a noiva de Zezé Di Camargo usou um texto de Caio Fernando de Abreu para legendar a imagem, que, convenhamos, nem precisa de legenda.

A foto de Graciele lembra à cena da série “Felizes para Sempre?” em que a atriz Paolla Oliveira exibe o bumbum na janela.

Então, que seja doce. Repito todas as manhãs, ao abrir as janelas para deixar entrar o sol ou o cinza dos dias, bem assim: que seja doce. Quando há sol, e esse sol bate na minha cara amassada do sono repito sete vezes para dar sorte: que seja doce, que seja doce, que seja doce, e assim por diante…Que seja doce o dia quando eu abrir as janelas e lembrar dos meus sonhos. Que sejam doces os finais de tardes. Que seja doce a espera pelas mensagens e ligações. Que seja doce o cheiro de amor. Que seja doce os olhares e sorrisos que iremos receber ao longo do dia. Que seja doce o modo de andar, de sentir, de demonstrar afeto. Que seja doce a leveza que sentiremos ao lado de quem amamos. Que seja doce os nossos abraços. Enfim, que sejamos doce, pois a vida é curta demais para ser amarga. Abra as suas janelas e seja doce! Caio Fernando Abreu • #quesejadoce #lifestyle

Uma publicação compartilhada por Graciele Lacerda (@gracielelacerdaoficial) em

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Aos 43 anos, mãe de Ludmilla ostenta corpão de biquíni após perder 16kg

Published

on

By

Há alguns meses, a mãe da cantora Ludmilla, Silvana Oliveira, de 43 anos, resolveu mudar os hábitos alimentares e se matricular numa academia. De lá pra cá, ela revela que conseguiu eliminar 16kg e resolveu mostrar o novo shape com uma foto de biquíni na piscina. Silvana também usou o Facebook para postar a foto de um antes e depois para falar da mudança e contar que sua meta é perder mais 5kg.

No post, ela explica que conseguiu emagrecer sem contratar personal ou nutricionista e com muita força de vontade. Silvana disse ainda que corre na esteira entre 5 a 7km por dia e que segue uma rigorosa dieta.

Veja o depoimento dela:

“Muito bom ver um antes e depois meu, pois só de pensar que os méritos são todos meu e de Deus, eu fico muito, mas muito orgulhosa de mim e espero poder servir de exemplo pra alguém, pois não é fácil, mas também não é impossível. E nada de pensar que por eu ser mãe de artista que tenho dinheiro e blá, blá, blá… Porque não é. Não fui em nenhum nutricionista, não gasto dinheiro com personal, comecei trabalhando o meu psicológico, cortando alguns alimentos que todos nós sabemos que é gostoso, mas que não faz bem a nossa saúde. Depois, me matriculei em uma academia. E vou ser bem sincera: não gosto de fazer nenhum tipo de exercício, até que me identifiquei com a minha amiga esteira. E, desde então, venho fazendo um desafio comigo mesma de andar e correr de 5 a 7km. Têm dias que é fácil, mas têm dias que bate a preguiça (risos). Mas não desisto, porque se está me fazendo tão bem, não pode ser ruim. Então, amores vocês que têm essa vontade de mudar seus hábitos alimentares, sigam em frente, não desistam, pois vale muito a pena lutar por você mesma (o)!. Menos 16kg. Agora falta pouco. Xô 5kg”.

Comments

comments

Clique para Ler

Advertisement

Facebook




Mais Acessados