Connect with us

Academia

Isso que acontece com o seu corpo se consumir whey protein todos os dias

Published

on

Através da proteína whey você consegue uma construção muscular significativa através de um suplemento que equilibra tanto as deficiências nutricionais, abastece o organismo com aminoácidos essenciais e minerais suficientes, contribuindo para acelerar a regeneração celular após o treinamento.

É por isso mesmo que a whey é fortemente recomendada. Outra vantagem é que essa proteína tem uma alta tolerabilidade, mesmo em pessoas mais sensíveis. Contrariamente a outros suplementos menos bem tolerados, a whey não provoca espasmos musculares ou outros efeitos colaterais indesejáveis.

O que é proteina whey?

A proteina whey é uma proteína obtida a partir do soro do leite. A percentagem de proteína whey no leite fresco é de aproximadamente 20%. Os outros 80% são constituídos por caseína.

Estruturalmente, a proteína de soro de leite tem cadeias de aminoácidos muito curtas, enquanto que a proteína de caseína tem cadeias muito longas! É por isso que a whey é rapidamente absorvida pelo organismo, ao contrário da caseína, que é uma proteína de absorção lenta. A whey contém aminoácidos essenciais, tais como BCAAs, muito populares entre os atletas.

Importância da proteína na musculação

Como praticante da musculação, você sabe que a construção muscular não ocorre enquanto está treinando, mas sim na fase de regeneração. Por isso é tão importante um período de descanso adequado após o exercício.

A whey tem seu verdadeiro efeito em seu organismo quando você dorme e seu corpo está relaxado. Uma vez que a proteína whey previne cãibras nos músculos sobrecarregados e proporciona uma regeneração melhor, você controla o fortalecimento muscular muito rapidamente e de forma consistente.

Uma concentração elevada de aminoácidos no sangue é importante para acelerar a regeneração das fibras musculares e para diminuir as dores musculares. Através da ingestão de proteína whey, as proteínas são quebradas nos seus componentes básicos – os aminoácidos – e podem, portanto, ser rapidamente absorvidas pelo organismo.

Uma vez que não deve ingerir grandes quantidades de comida à noite, também aqui a proteína whey é uma grande ajuda, no sentido que garante que o seu corpo está bem fornecido, mas não está sujeito a processos digestivos pesados.

Em comparação com outros tipos de proteínas, a whey se destaca por várias razões:

  • Combinação de aminoácidos fundamentais para um desempenho avançado
  • Resposta mais rápida e eficaz das células e hormônios do organismo
  • Otimização do crescimento muscular
  • Papel antioxidante
  • Manutenção do sistema imunológico
  • Favorecimento da reparação muscular após o treinamento

Quanta proteína necessito?

Uma pessoa normal, mesmo sem praticar muito exercício, precisa de cerca de 0,8 g de proteína por dia por cada kg de seu peso corporal. Um atleta de resistência deve ter como base 1,5 g por dia. Se seu objetivo é construir músculo, então você deveria ingerir todos os dias cerca de 1,8 a 2 gr de proteína de alta qualidade por quilo de peso corporal.

Alimentos ricos em proteínas incluem carne, peixe, nozes, legumes ou produtos lácteos que podem ser substituídos por proteína em pó, como é o caso da whey. Certamente é recomendada uma dieta equilibrada e variada, em conjunto com um estilo de vida saudável.

Por que são os batidos de proteina tão populares no esporte?

A proteina whey tem um valor proteico extremamente elevado, mais do que qualquer outra fonte de proteína. Além disso, a whey é, como suplemento nutricional, bastante solúvel e por isso de muito fácil utilização.

No mundo da musculação, a proteína whey é considerada a melhor fonte de proteína, devido a seu alto valor biológico, seu bom equilíbrio de aminoácidos e sua solubilidade.

Comments

comments

Academia

Treino completo para construir Glúteos de Aço

Published

on

By

As mulheres adoram glúteos grandes, quem não gosta? o treino que se procura nas academias é para bumbum .

Os glúteos são o grupo muscular mais pedido pelas mulheres, já trabalhamos ele de uma forma muito mais intensa no treino de pernas.

Nesse momento iremos trabalhar de forma uniarticular o glúteo, vamos ao treino para poder deixar o glúteo como muitos pedem: “glúteos de aço”,“grande”, “em pé”, “redondo”, “bumbum na nuca”, entre outros comentários na sala de musculação.

Confira mais:

10 melhores exercícios para aumentar os glúteos

Novo exercício para glúteos da mulher que virou referência em treinos para o bumbum

4 dicas para otimizar o seu treino de glúteos

Vou explicar aqui a minha linha de pensamento para a execução dos exercícios, o que é o principal para que você atinja os resultados que o treino promete: todos os exercícios partem da posição que encontramos no estudo da anatomia.

Tornozelo, joelho e quadril na mesma linha:

Exercícios e organização do Treino

 

TREINO 1

  • Glúteo 4 apoios Pernas Flexionadas (no chão);
  • Glúteo 4 apoios Pernas Estendidas (no chão);
  • Glúteo cabo;
  • Elevação Pélvica (no chão).

 

OBS. Apenas 1 treino de Glúteo por semana.

 

Estruturação da Rotina

 

Nessa estrutura o ideal é que treine glúteo um dai após o TREINO 1 de pernas onde foi feito o Agachamento Livre, lembrando, APENAS 1 x na semana.

 

Junto com Agachamento Livre
1º semana Treino 1
2º semana Treino 1
3º semana Treino 1
4º semana Treino 1
5º semana Treino 1
6º semana Treino 1
7º semana Treino 1
8º semana Treino 1
9º semana Treino 1

 

Séries / Repetições / Tempo de Descanso

Todos os exercícios estão organizados em 4 séries com um objetivo máximo de 15 repetições. Caso atinja esse máximo, a carga pode ser aumentada.

Exemplo do Treinamento com objetivo máximo de 15 repetições:

  1. Monto o aparelho com a carga que uso normalmente;
  2. Realizo a primeira série de 15 repetições, descanso 30 segundos;
  3. Realizo a segunda série com a mesma carga, descanso 1 minuto se eu não conseguir realizar 15 repetições. Caso realize 15 repetições, o descanso é o tempo de aumentar o peso;
  4. Realizo a terceira série, descanso 1 minuto se eu não conseguir realizar 15 repetições. Caso realize 15 repetições, o descanso é o tempo de aumentar o peso;
  5. Realizo a quarta série.

 

Observações

Esse é um treino pesado que vai exigir uma musculatura madura, peça ajuda ao seu professor para evitar lesões ou para adaptar da melhor forma a sua necessidade.

Seguindo este roteiro de treino de forma regrada com a supervisão do seu treinador, com certeza os resultados serão visíveis antes mesmo do final da última semana.

É importante lembrar que a suplementação precisa ser adequada ao objetivo especifico que é a Hipertrofia Muscular, aliando a orientação de um nutricionista para equilibrar a alimentação.

E por último, mas não menos importante, o descanso noturno adequado é fundamental para recuperação dos músculos nesse período.

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

10 exercícios para aumentar a sua bunda

Published

on

By

Em um formato diferente e descontraído vou demonstrar dez exercícios que gosto de passar para meus alunos de personal para ajudar na hipertrofia de pernas e glúteos.

Ideal para você que não consegue sair do lugar com os exercícios, veja só esse vídeo para alavancar e  crescer seus glúteos.

Confira mais treinos para bunda:

10 melhores exercícios para aumentar os glúteos

Bumbum na nuca: 4 exercícios para glúteos

4 dicas para otimizar o seu treino de glúteos

Summary
10 exercícios para aumentar a sua bunda
Article Name
10 exercícios para aumentar a sua bunda
Description
Ideal para você que não consegue sair do lugar com os exercícios, veja só esse vídeo para alavancar e  crescer seus glúteos.
Author

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

Suplementos para ganho de massa muscular

Published

on

By

Não é de hoje que recebemos um bombardeio de informações sobre suplementação, seja pela internet ou até mesmo na academia, todos querem tomar suplementação, as vezes nem sabem pra que serve e qual é recomendado.

Muitas pessoas querem resultados rápidos, mais esquece que para ter um shape legal, precisa de tempo e dedicação, suplementos alimentares não fazem milagres, você precisa ter uma dieta balanceada junto para fazer efeito.

Acredito que você já ouviu falar nas palavras: whey protein, bcaa, creatina, etc,

uma vez que eles prometem resultados rápidos e satisfatórios. Entretanto, meu amigo, não é bem por aí que um iniciante na academia deve começar.

Primeiramente, é preciso entender que a suplementação serve apenas para complementar a sua dieta, ou seja, se não há dieta, os resultados serão limitados – e você só vai se frustrar e gastar dinheiro à toa.

Sempre procure orientação de um profissional na área, pois eles lhe irão ajudar a alcançar seus objetivos. E lembre-se  “Os suplementos são utilizados apenas para suprir uma necessidade. A partir do momento que um paciente, atleta, ou pessoa comum não consegue ingerir as suas necessidades energéticas calóricas e nutritivas, ela pode e deve suplementar”.

A combinação dos exercícios e dos suplementos é capaz de oferecer resultados rápidos e eficientes mesmo para as pessoas que estão começando a rotina de treino, no entanto, o ideal antes de suplementar é ser orientado por um especialista, pois o tipo de suplemento para seu caso e a dosagem correta tem que ser calculadas de acordo com cada caso.

WHEY PROTEIN

O whey ele é um suplemento composto pela proteína extraída do soro do leite no momento da fabricação do queijo. Dentre os seus principais benefícios estão: o aumento dos níveis de glutationa, que é a principal base de água antioxidante do corpo, auxílio no aumento de massa muscular, aumento da função do sistema imunitário e diminuição dos sintomas de excesso de treinamento.

O whey protein também auxilia na redução da gordura corporal por conter níveis muito baixos de gordura e estimular um aumento da massa muscular. Dessa forma, o organismo passa a usar a gordura corporal acumulada para promover a troca, isto é, eliminar a gordura ruim e substituir pela massa magra.

Existe diversos tipos de whey protein, os concentrados, os isolados e os hidrolisados.

BCAA

Esse é muito importante também, assim como o whey, ele é formado por três aminoácidos que o nosso organismo não consegue produzir: L-Valina, L-Leucina e L-Isoleucina. Por essa razão, ele é muito indicado como pré-treino.

Seus efeitos ajudam a diminuir as lesões musculares resultantes da prática esportiva, acelerando a recuperação muscular, estimulando a síntese de proteínas e reduzindo a fadiga. Além disso, ele também garante mais energia aos músculos durante o treino, o que pode se traduzir em séries mais intensas e um treino mais longo e produtivo.

TERMOGÊNICOS

Para quem deseja  queimar as calorias e as gorduras, focando na definição muscular os termogenicos conhecidos como queimadores de gordura, atua no organismo e transformam em energia as calorias provenientes da gordura corporal e da alimentação. Para isso, eles procuram manter o metabolismo acelerado, promovendo uma queima calórica maior ao longo do dia.

Além da suplementação de termogênicos, também é possível receber os mesmos benefícios através da alimentação. Isso porque alguns alimentos são considerados termogênicos, como a canela, chá verde, cebola, brócolis, entre outros.

CREATINA 

A creatina funciona através da saturação nos músculos, ou seja, quanto mais creatina você acumula nos músculos, mais efeitos positivos você vai notar. Para que isto aconteça você precisa tomar religiosamente de 3 a 5g de creatina todos os dias, caso tenha uma rotina de treino frequente. Ela fornece mais energia para os músculos e recuperar as micros lesões depois de intensos exercícios.

ATENÇÃO

“Hoje enfrentamos um bum de informação seja pelas mídias sociais ou até mesmo o marketing explicito de algumas marcas para tentar vender seus produtos. Isso gera um excesso de consumo da maioria dos suplementos para iniciantes, com aquela ideia de “quanto mais melhor”, porém isso sim é perigoso: o consumo em excesso, são nocivos à saúde.

Comments

comments

Clique para Ler
Advertisement

Facebook



Mais Acessados