Connect with us

Destaque

Lexa Abusa da sensualidade em clique de baixo para cima

Published

on

Cantora realizou ensaio fotográfico com figurinos ousados para promover a turnê Sacode da Lexa, que conta com a participação especial de MC Gui na estreia, dia 11 de maio, na quadra da Tradição, no Rio de Janeiro

Lexa está investindo pesado em seu novo show. Nesta quarta-feira (4), a cantora divulgou uma foto bem sexy para promover a turnê Sacode da Lexa. No clique, a artista aparece de baixo para cima dando uma ajeitadinha em sua lingerie.

Com a participação especial do MC Gui, o o espetáculo estreia 11 de maio, na quadra da Tradição, no Rio de Janeiro. “Foi muito bom ter recebido esse convite da Lexa, que é uma pessoa que eu tenho um carinho muito grande. Eu conheço ela há pouco tempo, mas parece que tem até mais pela afinidade que nós temos. Eu tenho certeza que será um sucesso essa nova turnê. Estou ansioso para participar desse show e sentir a energia boa dos cariocas”, declarou Gui a QUEM.

Acostumada a se apresentar apenas com DJ, Lexa volta ao formato banda (o mesmo do início de sua carreira), mais bailarinas, novas coreografias e cenário, além de figurino especial para o novo show. “Venho com mais conceito musical e looks diferentes. É uma nova estratégia, tanto musicalmente quanto dentro dos shows”, explicou a cantora a QUEM.

Comments

comments

Destaque

Aos 17 anos, Filha de Kelly Key posta foto e semelhança com a mãe assusta

Published

on

By

A jovem faz muito sucesso nas redes sociais por causa de sua semelhança incrível com a mãe.

Alguns artistas conseguiram fazer muito sucesso nos anos 2000. Como um bom exemplo, temos o cantor Latino, que bombou com seus sucessos ‘Festa no Apé’ e ‘Renata’. Se você nasceu nos anos 90, com certeza pode acompanhar o surgimento e também declínio de vários famosos.

 Na realidade, alguns deles nunca perderam de fato a fama, mas apenas deixaram de ‘estar na moda’. #Kelly Keymarcou a infância de muitas pessoas com suas músicas envolvente e coreografias animadas. A loira com certeza até hoje chama a atenção por causa de sua beleza e talento.

Apesar de não estar mais tão badalada como antes, Kelly deixou um verdadeiro legado com alguns de seus sucessos, como ‘Barbie Girl’, que embalou e inclusive foi trilha sonora de produções memoráveis.

O tempo passou e a cantora continua linda. Entretanto, quem de fato está chamando a atenção é sua filha de 17 anos de idade, Suzanna Fretas. Todos sabem que a genética muitas vezes impressiona.

Alguns filhos de celebridades estão impressionando por causa de sua semelhança incrível com seus pais. Dessa vez, Suzanna Freitas virou uma verdadeira sensação nas redes sociais por causa de sua beleza e também semelhança com a mãe.

Com mais de 1 milhão de seguidores, a jovem é constantemente elogiada e comparada com a cantora. Comentários do tipo: “Tão linda”, “Igual a mãe” e Mulherão da p*” são os mais comuns entre os internautas.

Além disso, Suzanna ainda se arrisca em algumas músicas no violão, mostrando que além da beleza, também chama a atenção por causa do talento. Sobre sua carreira e futuro, parece que a jovem está se dedicando aos estudos e não pretende por enquanto fazer tanto sucesso.

Se depender da quantidade de seguidores em seu #Instagram, Suzanna com certeza fará bastante sucesso. Se depender de sua fama nas redes sociais, a jovem pode por exemplo seguir o mesmo caminho que outras famosas, que começaram na internet e depois ganharam fama.

Aproveitando a sua fama, elas divulgam marcas famosas de roupas e também suplementos alimentares, ganhando uma boa quantia e também patrocínios por causa disso. O tempo passa e todos os grandes artistas do passado estão deixando herdeiros que mais parecem ser sua xerox.

Vale lembrar que Kelly Key também faz bastante sucesso nas redes sociais, apesar de não estar badalada como antes.

Comments

comments

Clique para Ler

Alimentação e Nutrição

GLÚTEN Pão nosso de cada dia …será?

Published

on

By

O trigo atual não é o mesmo da época de Cristo, pode ter certeza!
Nosso trigo sofreu modificações genéticas (14 cromossomos na antiguidade ? 42 cromossomos a partir dos anos 50) e tem cerca de 400% mais glúten – nem se pode dizer que é o mesmo alimento
Não espanta que tantas pessoas sofrem de doença celíaca e de diversos graus de sensibilidade ao glúten
A maioria das pessoas com sensibilidade ao glúten (não celíacas) não tem sintomas gastrointestinais e a relação ingestão/sintoma fica perdida pois pode levar 3 dias entre comer e ter o sintoma = 99% destas pessoas não tem diagnóstico
Todos abaixo estão relacionados à sensibilidade ao glúten:


1. Enxaqueca
2. Distúrbios hormonais como ovários policísticos, TPM, endometriose, infertilidade (masculina tb – reduz número e função dos espermatozoides?evitaria muitos tratamentos de fertilização)
3. Fadiga crônica, fibromialgia
4. Doenças autoimunes como tireoidite de Hashimoto (leva ao hipotireoidismo), artrite reumatoide, retocolite ulcerativa, lúpus, psoríase, esclerodermia, esclerose múltipla
5. Inflamação, inchaço e dor nas articulações (dedos, joelho, quadris) sem causa aparente
6. Problemas de humor como ansiedade e depressão
7. TDHA (déficit de atenção e hiperatividade)
8. Queratose pilar – bolinhas avermelhadas/esbranquiçadas, ligeiramente endurecidas, nos braços e bumbum, mas podem afetar todo o corpo – deficiência vit A e ácidos graxos por má absorção intestinal
9. Distúrbios neurológicos e psiquiátricos (esquizofrenia, depressão, ataxia cerebelar, autismo), formigamento/dormência nas mãos e pés, confusão mental
10. Síndrome do Intestino Irritável (SII) – gases, distensão e dor abdominal, alteração do hábito intestinal (diarreia X constipação) na ausência de exames alterados (famoso: vc não tem nada, seu intestino que é preguiçoso e ruim).

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

Àlcool x Emagrecimento, você sabe qual é?

Published

on

By

Com a palavra Dr. Igor Curvina nutricionista da Clinica Corpo Perfeito.
Não é uma novidade que o consumo de álcool atrapalha o processo de emagrecimento, muitas pessoas preferem ignorar esse fato compensando com extremos na dieta ou na atividade física, deixando de ingerir calorias de nutrientes importantes que promovem o anabolismo e utilizando de excessos esportivos, mas seria mais fácil reduzir o consumo de alcoólico, não é?!
Na nutrição nada engorda e nada emagrece, tudo depende!!! O álcool em questão é prejudicial em quase todos os sentidos, tem 7 kcal/g e nenhum valor nutricional (isso já o define), mas aprofundando é metabolizado primariamente pela enzima hepática álcool desidrogenasse(ADH) percorrendo um caminho bioquímico que por final pode ser utilizada para a síntese de gordura, e esse é o problema!

Para cada grama de etanol metabolizado, são formadas 7,1 kcal/g, uma fonte energética considerável, comparando-se aos carboidratos (4 kcal/g), proteínas (4 kcal/g) e lipídios (9 kcal/g). Porém, acredita-se que pessoas habituadas a ingerir doses altas de álcool não seriam capazes de aproveitar toda sua caloria, uma vez que a via de metabolização utilizada nesses casos seria a SMOE (sistema microssomal de oxidação do etanol), apontando que nem todas as pessoas aproveitam as calorias do álcool da mesma maneira: as mais magras, tendem a não aproveitar suas calorias de forma eficiente, ao contrário de indivíduos com IMC (Índice de Massa Corpórea) mais elevado, entrando mais uma vez na questão da individualidade biológica de cada um, bem como a quantidade de álcool consumida, como a de alimentos ingeridos. Tudo é importante e pode repercutir no ganho de gordura, aumentando a sua toxicidade no organismo.

Nesse sentido, conhecer o valor calórico do álcool e questionar a quantidade diária consumida devem fazer parte da avaliação nutricional, a fim de que esse importante dado seja considerado tanto no cálculo dietético para controle de peso, quanto para caracterizar a desnutrição.
Esclarecendo, não adianta ingerir destilados aterrorizando os fermentados, o álcool está presente da mesma maneira o que faz diferença é a quantidade ingerida e com que frequência.

Comments

comments

Clique para Ler
Advertisement

Facebook

Mais Acessados