Connect with us

Destaque

Malhar no inverno gasta mais calorias

Published

on

A gente sabe que o frio dá a maior preguiça de malhar, mas é nesta época que fica mais fácil emagrecer, pois o corpo gasta mais calorias. Veja como não perder o ritmo

Manter a malhação no inverno pode ser a solução para quem quer emagrecer. “Quando as temperaturas climáticas caem, há um aumento na demanda energética corporal. Isso faz com que ocorpo gaste mais energia em qualquer tarefa, por mais simples que seja”, explica a professora Beatriz Modesto, da Bio Ritmo (SP).

Quer maior incentivo que este? Então, toma: “Estudos mostram que em dias frios as pessoas se exercitam menos e comem mais.Quando chega a época do verão, quem acumulou muita energiadurante o inverno, não consegue perder todos aqueles quilinhosadquiridos e acaba passando a estação com as gordurinhas extras“, aponta Beatriz.

Além disso, um estudo realizado por  Paul Williams, do Departamento de Ciências da Vida do Laboratório Nacional Lawrence Berkeley, divulgado no American College of Sports Medicine (2008), revelou que quem abandona e recomeça os exercícios com frequência tende a ganhar mais peso, comparado a pessoas que param e não voltam mais.

Faça pausas menores de um treino para outro

De acordo com Beatriz, um dos maiores erros dos alunos é esquecer de manter o corpo aquecidodurante os treinos. “Pausas muito longas, de uma série para outra devem ser evitadas. Caso isso aconteça, o corpo esfria novamente e demora a aquecer. Se isso acontece frequentemente, o corpo poderá sofrerlesões“, explica Beatriz.

Capriche no alongamento e aquecimento

Um alerta que deve ser destacado são os alongamentos e aquecimentos. Nesta época do ano, o corpo demora mais tempo para aquecer os músculos e consequentemente, alongar o corpo. Por isso, paraevitar lesões ou problemas mais graves, pratique o alongamento aquecimento antes dos exercícios (sejam eles quais forem). “Ambos os exercícios devem ser priorizados nas baixas temperaturas”, reforça a professora.

Busque o melhor horário para treinar

á certo que acordar às 6h em uma temperatura de 15ºC não é fácil para ninguém. Por isso, busque um horário que esteja mais disposta. “Não existe um horário pré-definido para a malhação no inverno. Cada pessoa possui um metabolismo, sendo assim, cada um deve procurar sentir em qual horário se sente mais disposta para o treinamento“, recomenda Beatriz.

Treine em ambientes fechados

Se o problema é a corrida, ou atividades externas, procure manter as atividades em clubes, ou academias que tenham ambientes climatizados e que podem incentivar até a buscar mais atividadesalém das já exercidas. “Treinamento em ambientes fechados é a melhor pedida nessas épocas. Os exercícios ao ar livre podem ocasionar lesões, além dos riscos de contrair gripes e resfriados”.

Chame um amiga para treinar

“Treinar com um amigo pode ser um grande aliado”, garante a professora da Bio Ritmo. Além de passar o tempo rápido e poder colocar os assuntos em dia, um amigo sempre é o melhor incentivador para atingir um objetivo.

Cuidado com o excesso de roupas

 A  quantidade de roupas pode sim influenciar no desempenho do treino. “O excesso de roupas ou vestuários muito pesados tendem a ‘prender’ o movimento, atrapalhando o treino. Além disso, roupas largas ou muito compridas podem prender em alguns aparelhos ocasionando acidentes”, alerta Beatriz.

 

Fonte: http://corpoacorpo.uol.com.br

Comments

comments

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Alimentação e Nutrição

Proteína de ervilha, glutationa… conheça novos produtos fitness

Published

on

By

Estudos recentes indicam uma nova geração de ingredientes funcionais que podem ajudar a reduzir gordura e aumentar a massa muscular

Mesmo para quem já faz musculação e tem uma dieta regrada, os suplementos e alimentação funcional podem ajudar. Mas é hora de abrir a cabeça e ir além do whey protein. Segundo o pesquisador em Cosmetologia Lucas Portilho, farmacêutico e diretor científico da Consulfarma, novos estudos têm identificado proteínas e antioxidantes que podem ajudar a reduzir gordura e promover aumento da massa muscular. “A proteína vegetal da ervilha, por exemplo, é uma alternativa eficaz ao whey protein, não conta com lactose e ainda tem outras vitaminas e minerais naturalmente”, explica o especialista. Ele destaca as novas substâncias que ajudam a emagrecer e turbinar os músculos:

Proteína da ervilha — Eficaz no aumento da espessura muscular, a proteína da ervilha foi avaliada em estudo comparativo com whey protein e placebo. “Após 12 semanas com programa de treinamento de resistência, os efeitos da proteína da ervilha, no que se refere ao aumento da espessura e força muscular, foram iguais aos do whey protein e muito maiores com relação ao grupo placebo”, conta Lucas. Os testes foram realizados nos músculos bíceps. A espessura muscular foi avaliada por ultrassonografia e a força foi medida em um dinamômetro isocinético. “Os pesquisadores concluíram que em adição a um treinamento apropriado, a suplementação com proteína de ervilha é eficaz no aumento da massa muscular, especialmente para pessoas que iniciam ou regressam a um fortalecimento. Uma vez que não se obteve qualquer diferença entre os dois grupos de proteínas, a proteína de ervilha vegetal pode ser utilizada como uma alternativa aos produtos dietéticos à base de soro de leite”, afirma.

Suplementta — Novo método que combina três poderosos ingredientes para ação anti-idade facial e antiqueda capilar também tem efeitos no aumento do tônus muscular. “A associação dos peptídeos bioativos Bodybalance e Verisol é benéfica para quem pratica exercícios físicos, pois enquanto o primeiro aumenta a massa magra e diminui a gordura fornecendo aminoácidos adequados, o segundo restaura o metabolismo celular e aumenta a elasticidade da pele, com resultado também contra a celulite”, explica. Ambos os colágenos que melhoram a pele e músculo podem ser ingeridos juntos diluídos em bebidas, uma vez ao dia.

Glutationa — De acordo com Lucas, essa molécula antioxidante é um importante coadjuvante para os treinos, pois aumenta o desempenho e reduz a fadiga muscular. De acordo com estudos recentes, a suplementação de glutationa por 2 semanas reduz a fadiga física induzida por exercícios físicos e diminui os níveis plasmáticos de lactato. “O lactato e a acidose metabólica contribuem para a fadiga muscular. Então, o nutracêutico com glutationa também estimula o metabolismo aeróbico e evita a acidificação do ambiente muscular”, explica.

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

Os 3 erros que as mulheres mais cometem na academia

Published

on

By

Alguns mitos precisam ser desconstru

Fazer a inscrição na academia não é garantia de que os seus problemas serão resolvidos. Seja para quem se inscreve pela primeira vez ou para quem já frequenta o ambiente, as mulheres são propensas a cometer três erros muito comuns, mesmo quando o objetivo traçado é pura e simplesmente dizer ‘adeus’ aos quilos a mais.

Como destaca o Deporte y Vida do jornal espanhol As, um dos erros mais comuns cometidos pelas mulheres que se aventuram no mundo da academia é não levantar pesos. A ideia de que a musculação deixa a mulher com traços mais ‘masculinos’ é um dos maiores mitos do mundo fitness e o principal motivo para as mulheres fugirem das barras de ferro, contudo, o levantamento de peso é uma das formas mais eficazes de perder massa gorda e, ao mesmo tempo, construir massa magra, conseguindo, com isso, um corpo mais tonificado e saudável.

E se, por um lado, as mulheres escapam do treino de força, por outro, usam e abusam do treino cardiovascular, acabando por perder peso de forma extrema e sem qualquer construção de massa muscular, o que pode aumentar o risco de lesões articulares e ósseas.

Por fim, destaca a publicação, um outro erro comum é a obsessão por abdominais, um exercício antiquado cuja eficácia foi já destruída com dados científicos. Como diz o Deporte y Vida, para conseguir um abdômen trincado, não são 20 abdominais que fazem a diferença, mas sim 300, porém, fazer prancha horizontal e lateral pode ser bem mais eficaz.

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

5 coisas que você jamais deve dizer para quem está tentando perder peso

Published

on

By

É comum que as pessoas de dieta não gostem quando outras pessoas notem a perda de peso

Quando alguém está no processo de perda de peso, é comum sentir uma certa ansiedade para ver resultados em pouco tempo. Nestes casos, as pessoas ao redor precisam seguir um certo código de etiqueta, para não frustrar ou desestimular quem está tentando emagrecer, nem minar suas chances de sucesso.

Segundo o site My Fitness Pal, é comum que as pessoas de dieta não gostem quando outras pessoas notem a perda de peso, muito menos sejam cumprimentadas, elogiadas nem receber atenção – por incrível que pareça. Isso porque, quem está perdendo peso, quer tirar o foco da dieta, pelo menos um pouco. Claro que há pessoas que gostam de receber palabras de encorajamento, mas este comportamento é menos comum. Confira cinco frases que você jamais deve dizer a quem está tentando emagrecer, por serem deselegantes ou, no mínimo, inadequadas.

1. “Quantos quilos mais você quer perder?”

2. “Você provavelmente não quer comer isso, né?”

3. “Você está tão melhor do que antes!”

4. “Você vai ganhar o peso de novo de qualquer maneira”. 5. “Você está tão bem!”

Comments

comments

Clique para Ler

Advertisement

Facebook




Mais Acessados