Connect with us

Destaque

Malhe pernas e ombros com o Agachamento com Desenvolvimento

Published

on

Um ótimo exercício para trabalhar pernas e ombros de forma localizada, e ainda de quebra dar uma turbinada no metabolismo é o Agachamento com Desenvolvimento.

Muito simples e extremamente completo, esse exercício pode ser feito em casa, com apenas um par de pesinhos.

Posição Inicial: Em pé, com os pés paralelos na largura dos ombros, cotovelos flexionados e os pesinhos ao lado dos ombros.

Movimento: Agache flexionando os joelhos até um angulo de 90 graus. Em seguida estenda os joelhos e os cotovelos ao mesmo tempo, ficando em pé e com os braços estendidos acima da cabeça.

Pontos Importantes: Concentre o peso nos calcanhares, não permitindo que os seus joelhos ultrapassem muito a linha dos dedos dos pés. Ative o Core para manter a postura com a coluna ereta durante todo o movimento.

Você deve sentir: Quadríceps (coxa), Glúteos, Core, Eretores da espinha, Deltóides e Tríceps. Tudo isso além de um aumento da FC em função da grande demanda generalizada do exercício.

fonte: movimente-se.com

Comments

comments

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Academia

Erros comuns quando se quer ter mais massa muscular

Published

on

By

Treinar é fundamental, mas é necessário ter peso e medida

Ter mais músculo não é apenas sinônimo de mais força, é também uma espécie de escudo protetor para a saúde em geral, beneficiando a saúde óssea, cardiovascular e ainda o sistema imunológico, que fica mais reforçado e capaz de combater a gordura indesejada.

O treino de força e a alimentação adequada – com uma especial atenção para a proteína – são dois dos aspectos que mais importância têm na hora de construir mais músculo de forma saudável, contudo, para que o aumento do músculo aconteça da forma mais correta é ainda importante apostar num processo gradual e também nos comportamentos mais certeiros.

Como explica o site Deporte y Vida do jornal espanhol As, existem alguns erros comuns na hora de ‘lutar’ por um aumento da massa muscular, erros esses que não só comprometem o sucesso, como podem mesmo colocar a saúde em risco. Veja quais são:

1 – Comer tudo e mais alguma coisa. Tem quem pense que o simples fato de treinar com regularidade permite comer tudo, mas não é bem assim, especialmente quando isso inclui mesmo tudo, até os alimentos menos saudáveis. Embora o corpo precise de combustível (proteína, carboidratos complexos e gordura saudável), é preciso ter atenção ao tipo de alimento,para que não se aumente a gordura e em vez da massa muscular.

2 – Não ter um objetivo definido. Treinar por treinar e comer por comer nunca dá bom resultado, especialmente quando o objetivo é ter um corpo mais tonificado e mais músculo. Para que isso seja possível, é necessário ter um plano de treino adequado (preferencialmente definido por um treinador) e também uma alimentação que vá ao encontro das necessidades e que assegure todos os nutrientes necessários;

3 – Treinar muito. Como já dissemos, o treino é fundamental, contudo, ter peso e medida é fundamental, pois o descanso é fundamental para a recuperação muscular e capacidade de ‘crescer’;

4 – Abusar nos pesos. O treino de força é aquele que mais trabalha os músculos, mas mais importante do que o peso usado é a técnica. Sabia que mais vale fazer mais repetições do que apostar tudo no peso máximo?;

5 – Não dormir o suficiente. O descanso é fundamental para os músculos recuperarem devidamente e parte desse descanso depende do sono.

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

5 treinos intensos para secar no inverno

Published

on

By

Para queimar muitas calorias e não desistir da academia por causa do frio

estação mais fria do ano está chegando e as temperaturas mais baixas podem ser desafiadoras para encarar a rotina e se exercitar. Porém, vale lembrar que no inverno o gasto calórico aumenta e ajuda o praticante a melhorar a performance e os resultados. Para motivar ainda mais, a Bio Ritmo apresenta cinco sugestões de microgyms (academias avulsas) de alta intensidade, com treinos de até 60 minutos, que prometem espantar a monotonia e eliminar os quilinhos extras:

 Race Bootcamp

Dinâmica e com pegada militar, combina corrida na esteira e exercícios com halteres, rubber band e atividades calistênicas. Utiliza cores quentes, sonorização elevadas e comandos para simular um treinamento militar. Trabalha o corpo de forma global e intensamente, com treinos de 45 a 60 minutos.

• Burn Hiit Zone

Circuito em formato HIIT (High Intensity Intermittent Training ou Treinamento Intervalado de Alta Intensidade), atende aluno de diferentes níveis de condicionamento. São quatro estações intensas, revezando entre: air bike, remo, step deck e halteres. São cinco rounds de 45 segundos de execução, em cada estação, e 15 segundos de descanso. A prática mantém a frequência cardíaca elevada, garantindo a queima calórica ao longo do dia.

• Torq Cycle Experience

Diferente treino de bike com experiência sensorial que vai além dos próprios aparelhos ergométricos. Em um ambiente trabalhado e apoiado em tecnologia, os alunos são desafiados a partir de estímulos visuais e sonoros, competindo com colegas e contra si mesmos para superar limites. Utiliza gameficação para aumentar o desempenho do aluno. Com duração média de 45 minutos.

• Squad Functional Area

Mistura de desafio e diversão, associada a treinos funcionais completos que exploram movimentos que trabalham força, resistência, agilidade e potência de maneira integrada. Circuito tem duração de 45 minutos.

• Skillmill

Desenvolvido na Itália e inédito no Brasil, circuito desafiador possui três estações com esteiras mecânicas movidas com a força das pernas dos alunos, caixas de saltos e uma área de kettlebells que proporcionam diferentes atividades capazes de desenvolver desde força até a velocidade. Duração de 45 minutos. Disponível com exclusividade na unidade Morumbi Town.

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

10 estratégias para perder gordura nas pernas

Published

on

By

Tonificar as pernas é uma das tarefas mais difíceis do mundo fitness

Sejamos honestos, os dias de treino de pernas são um dos piores. Além de ser um dos mais dolorosos, é aquele em que para ver os resultados é preciso esperar semanas ou meses. As coxas são uma das regiões do corpo onde a gordura se aloja mais facilmente, mas mais dificilmente sai. A combinação de exercício físico com uma alimentação saudável e equilibrada é o caminho a seguir, mas é preciso fazer mais.

O site Eat This, Not That! mostra que perder gordura nas pernas é uma tarefa árdua, mas não impossível. Quer provas? Confira dez estratégias que ajudam a perder gordura na região:

1 – Beber café antes do treino, um hábito que não só dá mais energia para a prática de exercício como favorece ainda a capacidade do metabolismo queimar gordura;

2 – Trabalhar as pernas fazendo alguns exercícios de tonificação, colocando o peso do corpo apenas na parte da frente do pé;

3 – Agachamentos… sempre;

4 – Correr… mas subindo. Aumentar a inclinação é uma forma de aliar o exercício cardiovascular (corrida) à tonificação dos músculos das pernas.

5 – Aderir à prensa, procurando ajuda de um instrutor para saber qual o peso mais indicado a colocar;

6 – Fazer vários tipos de lunges, sejam estáticos, em andamento, com ou sem peso;

7 – Dizer ‘adeus’ ao sofá e aproveitar as noites para caminhar depois do jantar;

8 – Aumentar o consumo de cálcio, mineral que não só favorece os ossos, como melhora a formação de músculo;

9 – Apostar nos cítricos, alimentos ricos em vitamina C que travam os marcadores inflamatórios e, por isso, melhoram a presença de gordura acumulada;

10 – Quando o tempo para treinar é pouco, comece a praticar sprints.

Comments

comments

Clique para Ler

Advertisement

Facebook




Mais Acessados