Connect with us

Academia

Malho mas não vejo resultados. Por que será?

Published

on

Se você está em busca de resultados verdadeiros, pretende realmente transformar o seu corpo de maneira sustentável e definitiva e está cansado de perder tempo com treinamentos ineficientes e desmotivantes. Fique atento(a) que nesse texto vamos te ajudar a entender porque isso acontece.

Você até vem se dedicando com disciplina e seriedade aos seus treinamentos, mas mesmo assim os resultados não apareceram como esperado, o que acaba  em frustração e falta de vontade de seguir em frente.

Calma, Não se desespere! 

Isso é muito mais comum do que imagina, existe um grupo enorme de pessoas que passa exatamente pela mesma situação que você, e a melhor maneira de resolver esse problema é através da informação e do conhecimento.

A falta de resultados com treinamento físico é causada pela presença de um ou a até mesmo a combinação de mais motivos que listaremos abaixo. Portanto, se você quer mudar o seu corpo, fique atento para nunca cometer os erros que vem a seguir;

1 – Falta de Paciência

Não adianta ter pressa!

O tempo mínimo para começar a ver mudanças estéticas no seu corpo é entre 8-12 semanas.

No início de um programa de treinamento com pesos, em primeiro momento o seu corpo vai passar por adaptações neurais e coordenativas, justamente por isso que iniciantes conseguem aumentar rapidamente as cargas dos exercícios nas primeiras semanas de treinamento.

Porém isso não quer dizer que terá grandes evoluções estéticas nesta fase.

Transformar o corpo exige tempo, paciência e dedicação. É preciso seguir em frente focado e determinado sem ficar mudando constantemente de direção, com isso, garanto que os resultados vão aparecer.

2 – Falta de Regularidade

Obviamente que ter paciência não é tudo, você pode ser a pessoa mais paciente do mundo, mas se não se dedicar de maneira regular e constante, não vai chegar a lugar algum.

É muito comum em academias encontrar pessoas que apesar de se dedicarem nos treinamentos acabam não tendo uma regularidade em médio e longo prazo.

Malha 5 vezes por semana por um certo período, mas logo ali na frente fica dias e dias e até semanas sem pisar na academia novamente.

Regularidade é um fator decisivo para conquistar resultados, isso porque o seu corpo para sofrer adaptações precisa receber estímulos, se recuperar, se adaptar e novamente receber outros estímulos de maneira cíclica e constante.  Interromper esse processo por alguns períodos faz você ficar patinando e nunca sair do lugar.

3 – Treinamento Inadequado

Se você é uma pessoa paciente, dedicada e disciplinada, provavelmente é aqui que está o seu grande erro, seu treinamento está inadequado!

Esse caso é muito frequente e o mais desanimador de todos, pois não existe nada pior do que se dedicar a algo que não trás os benefícios que deseja.

O grande problema é que conseguir evolução quando você é iniciante e destreinado é bastante fácil, afinal quando estamos em um nível baixo de condicionamento e composição corporal qualquer tipo de exercício, por mais sem sentido que seja, vai promover algum resultado.

Só que para continuar progredindo e evoluindo com resultados é necessário que os treinos evoluam junto com o praticante e cada vez mais desafiem o seu organismo.

Você deve conhecer pessoas que passam meses dentro de academias, treinam com ótima regularidade e disciplina e não conseguem mudar em nada a sua aparência física. Isso acontece porque o nosso organismo se acostuma com a intensidade daquelas atividades praticadas e com isso interrompe o processo de adaptação e evolução que o treinamento deveria promover.

A única maneira de manter os treinos constantemente desafiadores e em evolução é através do controle e manipulação de intensidade e volume de treinamento, que só pode ocorrer com um planejamento e organização de tipos de treinos, métodos, variação de exercícios, séries, repetições, intervalos e velocidades.

A organização desse planejamento de maneira adequada não é uma tarefa fácil , porque o treinamento certo está em constante movimento e evolução.  Em cada fase ou período você deve ter alguns objetivos para alcançar com seus treinos, que devem mudar constantemente de acordo com os objetivos específicos de cada período de um planejamento geral.

Só que os treinos não devem apenas mudar, por mudar, existe uma ciência e lógica baseados em princípios teóricos para a aplicação de tudo isso na prática.

Justamente nesse ponto que geralmente as academias falham gravemente nessa tarefa pois os treinos são genéricos, sem esse controle, monitoramento e acompanhamento individual, que são extremamente necessários para essa evolução.

A maior parte dos Personal Trainers, também falha nesse sentido, por falta de conhecimento teórico e capacitação técnica inadequada para aplicar o treinamento ideal para o seu caso.

Não é apenas fazer o exercício X, Y ou Z que vai fazer você conquistar resultados, é preciso uma programação planejada que respeite suas necessidades, preferências, dificuldades, objetivos, individualidades e limitações.

Comments

comments

Academia

Erros comuns quando se quer ter mais massa muscular

Published

on

By

Treinar é fundamental, mas é necessário ter peso e medida

Ter mais músculo não é apenas sinônimo de mais força, é também uma espécie de escudo protetor para a saúde em geral, beneficiando a saúde óssea, cardiovascular e ainda o sistema imunológico, que fica mais reforçado e capaz de combater a gordura indesejada.

O treino de força e a alimentação adequada – com uma especial atenção para a proteína – são dois dos aspectos que mais importância têm na hora de construir mais músculo de forma saudável, contudo, para que o aumento do músculo aconteça da forma mais correta é ainda importante apostar num processo gradual e também nos comportamentos mais certeiros.

Como explica o site Deporte y Vida do jornal espanhol As, existem alguns erros comuns na hora de ‘lutar’ por um aumento da massa muscular, erros esses que não só comprometem o sucesso, como podem mesmo colocar a saúde em risco. Veja quais são:

1 – Comer tudo e mais alguma coisa. Tem quem pense que o simples fato de treinar com regularidade permite comer tudo, mas não é bem assim, especialmente quando isso inclui mesmo tudo, até os alimentos menos saudáveis. Embora o corpo precise de combustível (proteína, carboidratos complexos e gordura saudável), é preciso ter atenção ao tipo de alimento,para que não se aumente a gordura e em vez da massa muscular.

2 – Não ter um objetivo definido. Treinar por treinar e comer por comer nunca dá bom resultado, especialmente quando o objetivo é ter um corpo mais tonificado e mais músculo. Para que isso seja possível, é necessário ter um plano de treino adequado (preferencialmente definido por um treinador) e também uma alimentação que vá ao encontro das necessidades e que assegure todos os nutrientes necessários;

3 – Treinar muito. Como já dissemos, o treino é fundamental, contudo, ter peso e medida é fundamental, pois o descanso é fundamental para a recuperação muscular e capacidade de ‘crescer’;

4 – Abusar nos pesos. O treino de força é aquele que mais trabalha os músculos, mas mais importante do que o peso usado é a técnica. Sabia que mais vale fazer mais repetições do que apostar tudo no peso máximo?;

5 – Não dormir o suficiente. O descanso é fundamental para os músculos recuperarem devidamente e parte desse descanso depende do sono.

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

10 estratégias para perder gordura nas pernas

Published

on

By

Tonificar as pernas é uma das tarefas mais difíceis do mundo fitness

Sejamos honestos, os dias de treino de pernas são um dos piores. Além de ser um dos mais dolorosos, é aquele em que para ver os resultados é preciso esperar semanas ou meses. As coxas são uma das regiões do corpo onde a gordura se aloja mais facilmente, mas mais dificilmente sai. A combinação de exercício físico com uma alimentação saudável e equilibrada é o caminho a seguir, mas é preciso fazer mais.

O site Eat This, Not That! mostra que perder gordura nas pernas é uma tarefa árdua, mas não impossível. Quer provas? Confira dez estratégias que ajudam a perder gordura na região:

1 – Beber café antes do treino, um hábito que não só dá mais energia para a prática de exercício como favorece ainda a capacidade do metabolismo queimar gordura;

2 – Trabalhar as pernas fazendo alguns exercícios de tonificação, colocando o peso do corpo apenas na parte da frente do pé;

3 – Agachamentos… sempre;

4 – Correr… mas subindo. Aumentar a inclinação é uma forma de aliar o exercício cardiovascular (corrida) à tonificação dos músculos das pernas.

5 – Aderir à prensa, procurando ajuda de um instrutor para saber qual o peso mais indicado a colocar;

6 – Fazer vários tipos de lunges, sejam estáticos, em andamento, com ou sem peso;

7 – Dizer ‘adeus’ ao sofá e aproveitar as noites para caminhar depois do jantar;

8 – Aumentar o consumo de cálcio, mineral que não só favorece os ossos, como melhora a formação de músculo;

9 – Apostar nos cítricos, alimentos ricos em vitamina C que travam os marcadores inflamatórios e, por isso, melhoram a presença de gordura acumulada;

10 – Quando o tempo para treinar é pouco, comece a praticar sprints.

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

Nicole Bahls revela seus segredos para ter um ‘bumbum na nuca’

Published

on

By

Ostentando um corpo malhado, Nicole Bahls diz que não pega leve na academia. A assistente de palco do Ferdinando Show revela que pegou pesado para emagrecer 6 kg antes da atração e manter o corpo em forma. Para ostentar seu “bumbum na nuca”, Nicole compartilha alguns de seus segredinhos:

“Faço dieta equilibrada e academia. Muito agachamento. Uso quatro apoios e faço quatro repetições de 20, com 20 kg em cada perna. Mas é um pouco da minha genética também que ajuda”, conta Nicole à revista ‘Quem’.

Comments

comments

Clique para Ler

Advertisement

Facebook


Mais Acessados