Connect with us

Destaque

O Monster MultiVitamínico : primeiro multivitamínico formulado especialmente para Bodybuilders!

Published

on

embalagemMONSTER MULTIVITAMÍNICO – POWERFOODS

O MONSTER Multivitamínico é o primeiro multivitamínico do mercado focado no público Bodybuilder. Ele possui uma inovadora composição de micronutrientes em sua fórmula a fim de garantir a melhor performance para atletas que têm como objetivo primário o ganho de massa muscular. Sua formulação, feita a partir de estudos e sugestões de atletas Bodybuilders, conta com a combinação mais eficaz de vitaminas e minerais essenciais para esse objetivo.

 

 

diagramaSomente a soma de todos esses elementos é capaz de maximizar os resultados de síntese proteica e assim obter os ganhos de massa desejados.

 FUNÇÃO DOS MULTIVITAMINICOS

As vitaminas são substâncias orgânicas que o corpo precisa em pequenas quantidades e que nós ingerimos com os nossos alimentos. As vitaminas não suprem energia, nem contribuem substancialmente para a massa corporal. Ao contrário, elas agem como catalisadoras, substâncias que ajudam a desencadear outras reações no organismo.

Os micronutrientes (vitaminas e minerais) são tão importantes quanto os macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras). Para maximizar a hipertrofia e até mesmo a queima de gordura, deve existir um equilíbro entre a ingestão de todos os tipos de alimentos, para prover o máximo de nutrientes para o nosso corpo, o que consequentemente resultará em mais resultados. Sem um multivitamínico, outros suplementos podem perder a sua eficiência: se houver deficiência de Vitaminas do Complexo B, por exemplo, o sistema digestivo não conseguirá absorver de modo efetivo os suplementos ingeridos.

Mesmo com uma dieta balanceada, é comum que não se atinjam os níveis ideais de vitaminas e minerais no corpo. Somado a este fato, a prática de atividades físicas leva à perda de muitos nutrientes através do suor, pela excreção na urina e pela maior demanda desses no pós-treino para síntese proteica e recuperação da massa muscular.

Em resumo, as vitaminas são a base para uma alimentação saudável, e são necessárias para atletas em todos os níveis de performance, seja recreativa ou profissional.

QUANTO MAIS VITAMINAS NO SUPLEMENTO MELHOR?

A resposta correta é NÃO, multivitamínicos comuns não são tão eficazes para fisiculturistas ou praticantes de musculação. Estes produtos utilizam formas menos eficazes de certas vitaminas e minerais, além de esquecer, subdosar ou ter em sua composição micronutrientes que não deveriam estar presentes. Isso gera prejuízo para aqueles que buscam o ganho de massa muscular, tanto no curto quanto no longo prazo. Abaixo são indicados os 3 principais erros dos multivitamínicos comuns:

  1. Formas menos eficazes dos micronutrientes usadas nos multivitamínicos comuns
  • Vitamina A: Diversas formas da vitamina A nos multivitamínicos comuns são facilmente absorvidas, mas dificilmente excretadas, podendo desenvolver uma toxicidade a vitamina A, gerando problemas no fígado [1]. Forma mais eficiente (presente no Monster Multivitamínico): Betacaroteno.
  • Cromo: Geralmente vem na forma mais econômica como o cloreto de cromo, quando a forma mais eficaz é o picolinato de cromo. Esse nutriente geralmente é baixo em atletas, sendo necessária uma dose adequada, rapidamente absorvida pelo corpo. Forma mais eficiente (presente no Monster Multivitamínico): picolinato de cromo
  • Vitamina B12: A forma mais adequada da vitamina B12 é a cianocobalamina, a qual muitas vezes é descartada pelos multivitamínicos comuns por possuir cianeto em sua composição, o qual é toxico, mas na dosagem recomendada não causa danos ao corpo. Os benefícios da cianocobalamina incluem a manutenção das células, formação de DNA, combate à fadiga, ao colesterol, à doença falciforme, à doença de Alzheimer, à anemia perniciosa, à anemia megaloblástica e ao câncer de mama[4][9]. Forma mais eficiente (presente no Monster Multivitamínico): cianocobalamina
  1. Micronutrientes que são esquecidos ou subdosados nos multivitamínicos comuns:
  • Vitamina K: Promove muitos benefícios, como prevenir doenças cardíacas e câncer, promove maior nível da produção de testosterona, saúde cerebral, saúde da pele e a melhor formação de ossos[2]. Essa vitamina está presente no Monster Multivitamínico.
  • Iodo: Essencial para o funcionamento da tireoide, glândula ligada diretamente a hormônios relacionados ao metabolismo. Essa vitamina está presente no Monster Multivitamínico.
  • Cobre: A ingestão de Zinco pode levar à uma deficiência de Cobre, é recomendado uma ingestão na proporção de 10(Cobre):1(Zinco) para se obter níveis de cobre adequado no corpo[5]. Essa vitamina está presente no Monster Multivitamínico.
  1. Micronutrientes que não devem estar presentes em um multivitamínico focado no ganho de massa muscular:
  • Zinco: Inibe a absorção de aminoácidos e, portanto, de proteínas[6]. Indicado suplementar o zinco em doses e horários separados, em suplementos do tipo ZMA (como por exemplo o Monster Testo ZMA da PowerFoods). Essa vitamina NÃO está presente no Monster Multivitamínico.
  • Cálcio: A dosagem de Cálcio nos multivitamínicos comuns é muito baixa, não trazendo os seus benefícios, mas causando prejuízo ao interferir na absorção do ferro e manganês[7]. Esse nutriente NÃO está presente no Monster Multivitamínico.
  • Fósforo: Uma dieta normal já consegue os níveis adequados de fósforo para o corpo. Com dieta e suplementação podem ser obtidos altos níveis de fósforo no corpo, o que pode acabar inibindo a conversão da vitamina D para sua forma ativa[8]. Esta forma ativa da vitamina D é essencial para o desempenho físico, com forte ligação com o equilíbrio e força. Além disso, ela é essencial ao sistema imunológico, ou seja, a sua deficiência pode levar à perda da performance física de atletas e à possível fragilização da saúde[8].

POR QUE O MONSTER MULTIVITAMÍNICO DA POWERFOODS É MELHOR QUE OS OUTROS MULTIVITAMINICOS COMUNS?

São muitos os motivos que permitem afirmar que o Monster Multivitamínico PowerFoods é melhor do que os multivitamínicos normais, quando o objetivo é o ganho de massa muscular. Dentre os principais estão:

  • Formulação exclusiva que privilegia alguns micronutrientes normalmente esquecidos ou subdosados por multivitamínicos comuns, como Cromo, Iodo, Vitamina K e o Cobre. Esses micronutrientes são essenciais para Bodybuilders.
  • Não possuir em sua composição outros micronutrientes, como o Zinco, Cálcio e o Fósforo, que prejudicam a absorção e o funcionamento de outros nutrientes do multivitamínico, gerando uma combinação ineficaz e prejudicial à performance dos atletas Bodybuilders. Sua composição exclusiva exclui alguns micronutrientes que atrapalham, mesmo que indiretamente, a formação de músculos.
  • Utilizar em sua composição apenas os formatos dos micronutrientes mais eficazes para os Bodybuilders: O Cromo, por exemplo, está presente no seu formato mais nobre, o Picolinato de Cromo, que auxilia na redução do colesterol ruim. A Vitamina A está na forma de betacaroteno, à qual não se torna toxica ao longo do tempo como outras formas da mesma. A Vitamina K está na forma de Vitamina K2, à qual gera diversos benefícios como a produção de testosterona.
  • A dose diária do Monster Multivitamínico é composta por apenas 1 cápsula. Dessa forma, o consumidor final atinge 100% da dose diária sem ser necessário o consumo de tabletes difíceis de engolir, ou múltiplas cápsulas.

ONDE COMPRAR?

O Monster Multivitamínico pode ser encontrado no na loja CentralFit, através desse  link

Sugestão de Uso

Consumir 1 cápsula ao dia ou conforme orientação profissional.

Efeitos Colaterais e Precauções:

 Quando tomado como indicado, multivitaminas não causam efeitos colaterais, mas com uma dose excessiva ou prolongada pode levar a alguns efeitos colaterais sérios. Estes podem variar de dor de estômago ou dor de cabeça a complicações mais graves, como a hemocromatose, ou seja, uma situação de fibrose hepática.

 

informacao-nutricionalIngredientes: Maltodextrina, pirofosfato ferroso, vitamina C, vitamina E, vitamina B3, vitamina A, Vitamina B5, vitamina B12, vitamina K, vitamina B1, ácido fólico, biotina, sulfato de manganês, sulfato de cobre, selenometionina, picolinato de cromo, Iodeto de potássio, estearato de magnésio (lubrificante), dióxido de ilício (antiumectante), cápsula de gelatina.

Referências Bibliográficas: [1] FILHO, A. Z. Efeitos Diferenciais do Retinol e Ácido Retinóico na Proliferação, Morte e Diferenciação Celular. 2009. Mestrado em Ciências Biológicas: Bioquimica. Universidade Federal do Rio grande do Sul. [2] Dôres SMC, Paiva SAR, Campana AO. Vitamina K: Metabolismo e Nutrição. Ver. Nutr., Campinas, 14(3): 207-218, set/dez, 2001. [3] Review of Chromium EXPERT GROUP ON VITAMINS AND MINERALS REVIEW OF CHROMIUM, 12 August 2002. [4] Victor Herbert (1988). “Vitamin B-12: plant sources, requirements, and assay”. American Journal of Clinical Nutrition 48 (3 Suppl): 852–8. PMID 3046314 [5] Dowdy RP et al – Effect of intensive long training on Cooper and iron nutriture in man. Fed Proc 39,1980. [6] Food and Nutrition Board. Dietary reference intakes for vitamin A, vitamin K, arsenic, boron, chromiun, copper, iodine, iron, manganese, molybdnum, nickel, silicon, vanadium, and zinc. Washington: National Academy of Sciences; 2001.[7] Hallberg L, Rossander-Hultén L, Brune M, Gleerup A. Calcium and iron absorption: mechanism of action and nutritional importance. Eur J Clin Nutr. 1992;46:317-27. [8] SHIL, Maurice E. (Coord.). Nutrição moderna: na saúde e na doença. 10. Ed. Barueri: Manole, 2009 [9]J.C. Linnell,D.M. Matthews,J.M. England Therapeutic Misuse of Cyanocobalamin. The Lancet – 11 November 1978 ( Vol. 312, Issue 8098, Pages 1053-1054 ) DOI: 10.1016/S0140-6736(78)92379- Aspectos atuais sobre estresse oxidativo, exercícios físicos e suplementação. Vinicius Fernandes Cruzat; Marcelo Macedo Rogero; Maria Carolina Borges; Julio Tirapegui; Rev Bras Med Esporte v.13 n.5 Niterói set./out. 2007. CAMARGO, Wilson. As Vitaminas do Futuro: O Poder do Verde.1 ed. Rio de Janeiro: Nuad, 1997, 140p. MABAN, L.Kathleen, ESCOTT-STUMP, Sylvia. ALIMENTOS, NUTRIÇÃO E DIETOTERAPIA. 9 ed. São Paulo : Roca,1998,1.179 p.

Comments

comments

Academia

Nilton Bala ensina treino de apenas 15 minutos para ter pernas e glúteos hipertrofiados

Published

on

By

Muitos praticantes de musculação e atividades físicas não gostam de treinar pernas, o chamado “leg day”. No entanto, estudos apontam que que os membros inferiores são de fundamental importância no processo de condicionamento físico global para a manutenção da performance de atletas ou de indivíduo comum.  

Nilton Bala, personal trainer das celebridades em Portugal, afirma que treinar membros inferiores é fundamental para o condicionamento físico: “um dos erros mais frequentes dos praticantes de treinamento resistido é focarem-se muito nos músculos mais apelativos, que saltam mais aos olhos, como é o caso do bíceps e dos peitorais, e deixarem os membros inferiores de lado, ocorrendo quase sempre uma assimetria muscular”, afirma. 

Com base nesta necessidade, Nilton Bala preparou um plano de treino simples e eficaz com duração máxima de apenas 15 minutos, para rentabilizar o vosso precioso tempo e deixar-vos com pernas fortes e musculadas.

Construa pernas fortes em 15 minutos apenas

A) Cadeira Extensora (Grupo Muscular Alvo: Quadríceps)

Este é o exercício que mais favorecerá o isolamento do quadríceps. O quadríceps é o músculo que forma a parte anterior da coxa, e é chamado assim porque é composto por 4 músculos que funcionam como um só. Você conseguirá maior acção do quadríceps se utilizar todo o arco do movimento. Realize o movimento explosivo na parte positiva do exercício e quando a articulação do joelho estiver totalmente estendida trave o movimento por um ou dois segundos e libere o peso na fase negativa controladamente.

B) Cadeira Flexora (Grupo Muscular Alvo: Bíceps Femural)

Este exercício trabalha um grupo de músculos localizados na parte posterior da coxa denominados flexores da perna. Deitado em decúbito ventral certifique-se de que a articulação do joelho esta trabalhando na mesma direção do prolongamento imaginário do eixo do aparelho o que permitirá que o seu joelho trabalhe livremente num movimento anatómico. Procure realizar o  movimento com máximo de amplitude

C) Agachamento com Barra no Suporte (Grupo Muscular Alvo: Quadríceps) 

Agache devagar aproximadamente um angulo de 90 graus. Retome a posição inicial, não deixe com que os joelhos ultrapassem a ponta dos pés e apoie a barra no trapézio e não no pescoço. Só agache pesado e a fundo se tiver confiança e treinamento suficiente.Preferencialmente realize o exercício dentro de um suporte que ampare a barra caso você falhe na hora do movimento.

D) Extensão de Pé em posição hortostática (Grupo Muscular Alvo: Gémeos)

Neste exercício os gémeos são activados preferencialmente. 

Cuidados Especiais.

1) Mantenha o quadril encaixado durante todo o curso do movimento

2) Mantenha os joelhos estendidos

Como executar

Estenda os pés até a posição mais superior possível e flexione controladamente até a posição mais inferior possível.

Faça a amplitude máxima do movimento em cada repetição

Realizar 4 passagens em forma de circuito de cada exercício, após a realização de cada volta descansar 60 segundos.

Exemplo:

1)Cadeira Extensora 

2)Cadeira Flexora

3)Agachamento com Barra

4)Gémeos em Posição Hortostática

Fotos de:  MF Press Global Por: Hebert Neri

Comments

comments

Clique para Ler

Alimentação e Nutrição

Efeito Platô: Musa Fitness fala da Dieta Ajustada que acelera o metabolismo

Published

on

By

Musa fitness Milla Summers fala sobre a Dieta Ajustada e como esse método é eficiente para maximizar seus resultados neste período de preparação para as competições do Arnold Sports e MuscleContest

O efeito platô pode ocorrer em qualquer tipo de programa para emagrecer, quando a dieta e os treinos parecem já não surtir mais efeito. E, às vezes, ainda vem acompanhado de reganho de um a dois quilos, o que pode ser um pesadelo para qualquer praticante de atividades físicas.


A musa fitness Milla Summers está em preparação para duas importantes competições esse ano, o MuscleContest e o Arnold Sports, e conta como a Dieta Ajustada tem sido uma grande aliada para evitar o efeito platô e seguir obtendo resultados no shape: “a minha dieta é ajustada e revista com meu nutricionista a cada 12 dias. Deste modo, o percentual de erros é menor, e evitamos o efeito platô, forçando meu corpo e meu metabolismo a estar sempre ativos, e corrigindo possíveis erros”. 


Esse momento de estagnação na perda de peso é muito individualizado, mas, geralmente, acontece de seis meses a um ano após o início de um programa de emagrecimento: “No início, é normal a gente perder gordura e ganhar massa magra, e ai começamos a nos animar com os resultados. Mas depois, o corpo começa a equilibrar o gasto energético diário e estagna-se”. 
O efeito platô não acontece somente porque o organismo começa a realizar as funções básicas gastando menos energia, e sim porque com o treinamento, o corpo se torna mais eficiente e no gasto energético para a prática de exercícios: “por isso a importância do acompanhamento médico, principalmente nesta etapa, para apresentar meu melhor”. 


Sobre a preparação, Milla Summers acrescenta alguns detalhes: “por se tratar de uma competição de alto nível, adotamos protocolos de preparação diferenciados, que não se aplicam para o restante do ano. Em relação a água, agora tomo 4 litros por dia, e com a aproximação do campeonato vamos baixando a ingestão de água. E cada dia vai ficando mais difícil também porque vamos baixando a ingestão de carboidratos até zerar”.

Fotos de: MF Press Global Por: Hebert Neri

Comments

comments

Clique para Ler

Alimentação e Nutrição

Saiba como emagrecer até o Carnaval

Published

on

By

A coach nutricional Gabi Lodewijks, criadora do método Vida Saudável, ensina dieta que promete ajudar você a chegar com quilos a menos e mais disposição para o Carnaval 

Que tal começar agora mesmo a se preparar para o carnaval? Emagrecer alguns quilos e poder curtir o Carnaval sem stress, e com a auto estima mais elevada. 


A coach nutricional Gabi Lodewijks traz dicas de alimentação para ajudar você a chegar com mais disposição e alguns quilos a menos para aproveitar os bloquinhos de carnaval e desfilar na avenida: “o tempo é curto até lá e, por isso é necessário bastante disciplina, foco e persistência. É possível sim mudar alguns hábitos e dar início a uma reeducação alimentar para estar mais enxuta até o carnaval, mas nao existe milagre,t em que ter dedicação”, afirma Gabi.
Mas por onde começar para chegar mais magra no Carnaval? Gabi responde: “Pelo menos 30min diários de exercícios, médio a intensivo, praticando algo que você realmente goste, e se nao gosta de nada, tente algo novo. Musculação é ótima para o emagrecimento, pois além de aumentar a massa magra, deixa o corpo mais durinho e definido, que é o que queremos nao é mesmo?”, comenta


A coach nutricional conta que a alimentação é a chave para chegar na avenida mais enxuta: “a ideia é ter o menor consumo possível de alimentos processados, descascar mais e desempacotar menos. Evite consumir alimentos gordurosos, açúcares e bebidas alcoólicas nessas próximas semanas. Beba bastante água. Quanto mais colorido for seu prato, melhor”.
Gabi Lodewijks elaborou um cardápio que poderá ajudar você a eliminar alguns quilos até o carnaval. 


Café da manhã:
Suco verde: 2 folhas de couve ou espinafre, algumas rodelas de pepino, gengibre, menta, kiwi ou maçã verde e um pedacinho de salsão. Adicione gelo no final.Dois ovos1 fatia de pão integral com filé de frango
Lanche da manhã: 5 amêndoas,  nozes, ou castanha do Pará sem sal.


Almoço: 
Omelete com dois ovos e legumes ou alguma proteína magra ( 125gr)2 col. de arroz integral2 col. de feijão ou lentilhaSalada verde à vontade (tomate, cebola, pepino, alface, etc.)


Lanche da tarde:
1 fatia de queijo brancoLegumes crus como pepino, cenoura, tomateJantar:Legumes cozidos variados ( vagem, brócolis, couve-flor, espinafre etc)Salada verdeFilet de frango grelhado ou carne vermelha magra ou peixe


Ceia:Chá de camomilaMeio abacate (pequeno) se sentir fome.
Você pode trocar almoço pelo jantar e vice-versa caso fique melhor para encaixar na sua rotina. Os lanches também podem ser trocados, o da manha pelo da tarde e vice versa.

Fotos de: MF Press Global Por: Hebert Neri

Comments

comments

Clique para Ler
Advertisement

Facebook




Mais Acessados