Connect with us

Academia

Para secar 33 kg, Naiara Azevedo mudou a dieta 4 vezes e reduziu exercícios: saiba tudo

Published

on

A sertaneja Naiara Azevedo emagreceu 33 kg em 1 ano com reeducação alimentar e exercícios físicos e, desde então, tem conseguido manter a forma conquistada.

Em entrevista ao VIX, a nutricionista Kamylla Garbuio e o personal trainer André Perez, que foram responsáveis pela transformação da cantora, revelaram os detalhes do processo que a permitiram emagrecer sem efeito sanfona.

Emagrecimento de Naiara Azevedo

Cardápio: mudanças aos poucos

 

NAIARAAZEVEDO/INSTAGRAM

Durante o período de emagrecimento, Naiara teve a dieta modificada por Kamylla 4 vezes. O objetivo foi fazer uma transição gradual entre a alimentação rica em carboidratos que a famosa tinha e uma dieta low carb, com foco nas proteínas.

“A cada dois meses, mais ou menos, eu mudava um pouquinho a estratégia para ela continuar em processo de emagrecimento. Primeiro, substituí os carboidratos que ela comia por outros mais saudáveis e integrais. Depois, fui diminuindo as quantidades aos poucos”, comenta a nutricionista.

A presença de proteínas em boas quantidades foi importante por conta das atividades físicas praticadas pela sertaneja. “O objetivo era que ela perdesse só gordura e preservasse a massa magra, que é responsável por deixar o corpo desenhado e também por manter o metabolismo acelerado”, explica.

Para conseguir adequar a dieta à rotina de Naiara, Kamylla conta que precisou elaborar dois cardápios: um para os dias em que a cantora estava em casa e outro para as épocas de shows e viagens.

“Quando estava fora de casa, ela trocava o dia pela noite e não conseguia manter os horários certos das refeições. Então, eu elaborei algumas estratégias para ela não comer besteira no camarim”, comenta. Um desses lanches saudáveis era suplementação de proteína com frutas, que é fácil de consumir em qualquer lugar.

Dieta sem passar fome

Para compensar a redução de carboidratos, a nutricionista aumentou o volume de comida na dieta, evitando que a cantora sentisse fome.

“O carboidrato que ela comia era proveniente dos legumes e de algumas raízes, como mandioca e batata-doce. Assim, conseguia comer mais do que se optasse por um pouquinho de arroz”, compara Kamylla.

Já as carnes eram liberadas. “A orientação maior era fugir dos pães. Nos lanches, comia castanhas ou queijo.” No café da manhã, Naiara ingeria frutas, ovo mexido ou omelete, frios e café e chá à vontade.

Treinos funcionais

Os três primeiros meses do processo foram os mais intensos e resultaram em uma perda de 8 kg. André Perez, personal trainer de Naiara na época, conta que o início foi mais puxado porque ela queria emagrecer para a gravação do DVD.

“Não se indica para ninguém dieta super-restritiva e treino todos os dias”, alerta. “Então, depois que passou a gravação, nós conversamos e ela passou a fazer reeducação alimentar e a treinar menos vezes por semana”, comenta Perez.

Ao invés da tradicional musculação, Naiara fazia treinos funcionais de uma hora de duração, três vezes na semana.

“O treino funcional trabalha o movimento e não segmenta o corpo, como a musculação. Como o gasto de energia é elevadíssimo, optamos sempre por este tipo de treino para eliminar gordura”, diz André.

Entre os exercícios feitos por Naiara estavam o agachamento com elevação de ombro halteres, subir escadas e subir e descer do step. “Tinha bastante deslocamento e movimentos simples, às vezes com pesos. Ela fazia sempre sequências longas com um curto intervalo de descanso”, relembra.

A cantora ainda realizava caminhadas na esteira de casa três vezes por semana, em média, e aulas de pilates duas vezes na semana para ajudar na postura.

Comments

comments

Academia

Erros comuns quando se quer ter mais massa muscular

Published

on

By

Treinar é fundamental, mas é necessário ter peso e medida

Ter mais músculo não é apenas sinônimo de mais força, é também uma espécie de escudo protetor para a saúde em geral, beneficiando a saúde óssea, cardiovascular e ainda o sistema imunológico, que fica mais reforçado e capaz de combater a gordura indesejada.

O treino de força e a alimentação adequada – com uma especial atenção para a proteína – são dois dos aspectos que mais importância têm na hora de construir mais músculo de forma saudável, contudo, para que o aumento do músculo aconteça da forma mais correta é ainda importante apostar num processo gradual e também nos comportamentos mais certeiros.

Como explica o site Deporte y Vida do jornal espanhol As, existem alguns erros comuns na hora de ‘lutar’ por um aumento da massa muscular, erros esses que não só comprometem o sucesso, como podem mesmo colocar a saúde em risco. Veja quais são:

1 – Comer tudo e mais alguma coisa. Tem quem pense que o simples fato de treinar com regularidade permite comer tudo, mas não é bem assim, especialmente quando isso inclui mesmo tudo, até os alimentos menos saudáveis. Embora o corpo precise de combustível (proteína, carboidratos complexos e gordura saudável), é preciso ter atenção ao tipo de alimento,para que não se aumente a gordura e em vez da massa muscular.

2 – Não ter um objetivo definido. Treinar por treinar e comer por comer nunca dá bom resultado, especialmente quando o objetivo é ter um corpo mais tonificado e mais músculo. Para que isso seja possível, é necessário ter um plano de treino adequado (preferencialmente definido por um treinador) e também uma alimentação que vá ao encontro das necessidades e que assegure todos os nutrientes necessários;

3 – Treinar muito. Como já dissemos, o treino é fundamental, contudo, ter peso e medida é fundamental, pois o descanso é fundamental para a recuperação muscular e capacidade de ‘crescer’;

4 – Abusar nos pesos. O treino de força é aquele que mais trabalha os músculos, mas mais importante do que o peso usado é a técnica. Sabia que mais vale fazer mais repetições do que apostar tudo no peso máximo?;

5 – Não dormir o suficiente. O descanso é fundamental para os músculos recuperarem devidamente e parte desse descanso depende do sono.

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

10 estratégias para perder gordura nas pernas

Published

on

By

Tonificar as pernas é uma das tarefas mais difíceis do mundo fitness

Sejamos honestos, os dias de treino de pernas são um dos piores. Além de ser um dos mais dolorosos, é aquele em que para ver os resultados é preciso esperar semanas ou meses. As coxas são uma das regiões do corpo onde a gordura se aloja mais facilmente, mas mais dificilmente sai. A combinação de exercício físico com uma alimentação saudável e equilibrada é o caminho a seguir, mas é preciso fazer mais.

O site Eat This, Not That! mostra que perder gordura nas pernas é uma tarefa árdua, mas não impossível. Quer provas? Confira dez estratégias que ajudam a perder gordura na região:

1 – Beber café antes do treino, um hábito que não só dá mais energia para a prática de exercício como favorece ainda a capacidade do metabolismo queimar gordura;

2 – Trabalhar as pernas fazendo alguns exercícios de tonificação, colocando o peso do corpo apenas na parte da frente do pé;

3 – Agachamentos… sempre;

4 – Correr… mas subindo. Aumentar a inclinação é uma forma de aliar o exercício cardiovascular (corrida) à tonificação dos músculos das pernas.

5 – Aderir à prensa, procurando ajuda de um instrutor para saber qual o peso mais indicado a colocar;

6 – Fazer vários tipos de lunges, sejam estáticos, em andamento, com ou sem peso;

7 – Dizer ‘adeus’ ao sofá e aproveitar as noites para caminhar depois do jantar;

8 – Aumentar o consumo de cálcio, mineral que não só favorece os ossos, como melhora a formação de músculo;

9 – Apostar nos cítricos, alimentos ricos em vitamina C que travam os marcadores inflamatórios e, por isso, melhoram a presença de gordura acumulada;

10 – Quando o tempo para treinar é pouco, comece a praticar sprints.

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

Nicole Bahls revela seus segredos para ter um ‘bumbum na nuca’

Published

on

By

Ostentando um corpo malhado, Nicole Bahls diz que não pega leve na academia. A assistente de palco do Ferdinando Show revela que pegou pesado para emagrecer 6 kg antes da atração e manter o corpo em forma. Para ostentar seu “bumbum na nuca”, Nicole compartilha alguns de seus segredinhos:

“Faço dieta equilibrada e academia. Muito agachamento. Uso quatro apoios e faço quatro repetições de 20, com 20 kg em cada perna. Mas é um pouco da minha genética também que ajuda”, conta Nicole à revista ‘Quem’.

Comments

comments

Clique para Ler

Advertisement

Facebook




Mais Acessados