Connect with us

Destaque

O Poder Anabólico dos BCAAs

Published

on

Para uma proteína ser considerada de qualidade é necessário que ela possua os oito aminoácidos essenciais. Proteínas animais, alimentos integrais, ovos e whey protein se encaixam perfeitamente neste perfil. Contudo, pesquisas recentes mostram que os aminoácidos de cadeia ramificada(BCAA) isoleucina, leucina e valina são os principais causadores de ganho de muscular e que a suplementação regular com estes aminoácidos pode colocar o corpo em estado anabólico em níveis que nunca foram imaginados.

“Os BCAAs não só são necessários como blocos construtores de proteína para o crescimento e reparo muscular”, diz Carwyn Sharp, PhD e professor de fisiologia do exercício na Faculdade de Charleston(Carolina do Sul). “Eles também contém múltiplas propriedades que aumentam os processos de crescimento muito acima do normal comparado aos aminoácidos normais”

Últimas Descobertas
Na verdade, as pesquisas sugerem que os BCAAs não só estimulam o crescimento muscular como também criam um ambiente hormonal anabólico dentro do corpo, abastece os músculos com energia, ajudam o corpo a queimar gordura e constroem massa magra ao mesmo tempo, além de acelerar a recuperação e diminuir as dores musculares. Este pacote é tão potente que este conjunto de aminoácidos poderiam ser chamados de nutraceuticos, que é um título dado a nutrientes que possuem propriedades farmacêuticas.

Se você ainda duvida que os BCAAs podem ajudar você a atingir seus objetivos, aqui estão cinco razões para você reservar seu pote hoje mesmo.

#1 Controle hormonal anabólico
De todas as maneiras que você pode ficar maior, alterar os níveis de hormônios pode ser uma das maneiras mais complicadas. Afinal, é difícil medir este tipo de coisa por conta própria. Felizmente os pesquisadores da Universidade de Sharp and Ball(Muncie, Indiana) fizeram esse trabalho por você em sua última pesquisa: “Nós descobrimos que quando o consumo de BCAAs foram combinados com treinamento com pesos, os níveis de testosterona foram elevados e os níveis de cortisol minimizados, promovendo um ambiente favorável para o crescimento muscular”.

“Através de estudos anteriores, nós também sabemos que a leucina(Compomente do BCAA) estimula a liberação de insulina, que pode aumentar ainda mais a capacidade para crescimento”

#2 Energia Muscular
Ficar definido envolve andar em uma corda bamba que significa perder gordura enquanto mantém massa muscular. O problema é que para conquistar este objetivo precisamos estar em um regime restrito de calorias. Este “regime” forçado significa que você também estará em um déficit de energia, o que pode levar a uma quantidade alarmante na diminuição do músculo devido as enzimas catabólicas que terão que quebrar a massa para conseguir chegar até os BCAAs no tecido muscular. Este efeito auto-destrutivo é como se você destruisse uma casa só para pegar alguns tijolos específicos.

Ao suprir o corpo com uma dose saudável de BCAAs enquanto se corta calorias, você terá uma melhor chance de interromper a quebra de massa muscular. De acordo com Sharp, “Se existir uma escassez de energia, a suplementação com BCAAs vai rapidamente preencher essa falta e ajudar na prevenção da perda de massa muscular”

#3 Queime gordura, ganhe músculos
Os benefícios do BCAA na fase de definição não é somente preservar músculo. Os BCAAs também estão associados ao crescimento de massa muscular e a redução de gordura em um fenômeno chamado de particionamento de nutrientes, que pode ser uma das descobertas mais promissoras sobre o BCAA. Neste cenário, os BCAAs funcionam como um Robin Hood dos nutrientes, roubando energia das células de gorduras e alimentando o faminto tecido muscular.

Em uma pesquisa feita com roadores pela Universidade de Illinois, os pesquisadores atribuiram o particionamento de nutrientes à leucina na dieta.

#4 Aliviar a dor
Sem dúvidas você já sentiu dores após o treino e que ficaram ainda piores no dia seguinte. Conhecida como dor muscular tardia, esta dor é o resultado de um tipo de inflamação. Apesar de você conseguir evitá-la completamente, ela pode ser reduzida. “Junto com as mudanças hormonais, nós descobrimos que os BCAAs diminuiram os danos produzidos pelo treino de alta intensidade”, diz Sharp. “Isto pode explicar a queda nas dores musculares observada em alguns estudos, o que é fundamente para manter as pessoas treinando”.

Se estimular o crescimento é a espada, então prevenir a sua perda é o escudo garantido pela suplementação com BCAAs. Apesar das dores não sumirem completamente, diminuir o seu impacto é só mais um motivo para manter o BCAA como suplementação.

#5 Recuperação
Vamos ver o óbvio: quanto mais rápido você se recupera de um treino, mais rápido você pode voltar a treinar. Sharp recomenda para seus atletas a suplementação com BCAA antes e após o treino porque eles, justamente, aumentam o reparo e a construção muscular. “Isto se aplica a todos, independente do seu objetivo ser ganhar massa, força ou resistência”, diz o especialista.
Pense desta maneira: “Com a recuperação maximizada, você consegue treinar com mais volume e intensidade, o que significa maiores adaptações” Sharp adiciona. Resumindo, isto significa mais crescimento muscular.

Dica
Whey Protein contém os maiores níveis de BCAA se comparado com qualquer outro tipo de proteína em pó.

Como usá-los
Felizmente, os BCAAs são uns dos suplementos mais baratos do mercado. Você pode tomar de 5 a 10 gramas no café da manhã, imediatamente antes, durante e imediatamente depois do treino; e antes de dormir.

O Enigma da Leucina
Em todo grupo existe um que seja mais forte que os outros. Pesquisas apontam cada vez mais para a leucina, como ela sendo a chave para o efeito anabólico dos BCAAs. Mas não fique tentado a descartar a isoleucina e valina; não é tão simple assim. Apesar deles não serem tão potentes, a isoleucina e a valina tem um papel vital nos blocos construtores. Na verdade, a hipertrofia induzida pela leucina cai para zero assim que os seus dois irmãos somem de cena.

Em outras palavras, não importa quanta leucina você “injeta” nos músculos, crescimento não acontece se os dois outros BCAAs não estiverem presentes.

Autor: David Barr – Expert em Nutrição

Referências:

http://www.muscleandfitness.com/

http://www.flexonline.com/

COPYRIGHT 2011 Weider Publications
COPYRIGHT 2011 Gale Group

Via:http://www.simplyshredded.com/branch-out-the-latest-research-shows-that-bcaas-are-vital-to-your-supplement-regimen.html
Leia mais: http://www.hipertrofia.org/blog/2012/01/02/o-poder-anabolico-dos-bcaas/#ixzz1ifhdHIa4

Comments

comments

2 Comments

2 Comments

  1. Enzo

    13 de janeiro de 2012 at 02:44

    Existe BCAA em pó?!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Destaque

Bailarina diz que dança pode ajudar o Brasil a ganhar auto-confiança para vencer na Copa do mundo 2018

Published

on

By

Nanny Azevedo sugere a dança como uma solução pra que os jogadores da seleção ganhem auto-confiança para uma melhor atuação em camp nos jogos da Copa do Mundo 2018 na Russia.
O Brasil estreou na Copa do Mundo 2018 um tanto quanto nervoso, apreensivo. Não vimos a seleção jogar bonito, o tal do “futebol arte” em campo no jogo contra a Suíça, e sim uma sucessão de tropeços. Nossos jogadores estavam descompassados, desalinhados, um passo atrás.
Que a seleção está sofrendo pressão de todos os lados, isso é fato. Mas o que poderia ajudar os jogadores a ganharem auto-confiança e entrarem seguros e relaxados em campo? A resposta pode ser algo inusitado: a dança.

Foto: MF Press Global

A bailarina do quadro Ding Dong do Domingão do Faustão, Nanny Azevedo, propôs em tom de brincadeira, mas com certa propriedade, uma solução para uma atuação com mais presença, atitude e confiança da seleção brasileira em campo, comparando nossos jogadores com a seleção de Rúgbi da Nova Zelândia: dançar.
A ‘haka’, dança tribal maori que virou símbolo dos All Blacks, a equipe de rúgbi neozelandesa, é tradicional realizada há mais de 100 anos no começo de suas partidas, que virou uma marca registrada, alegadamente alivia a tensão e dá aos jogadores energia e confiança para vencer as partidas. Pode funcionar pra Neymar e cia? Tomara.
De acordo com o historiador Jock Phillips, da Universidade de Wellington, a Nova Zelândia sempre teve uma certa insegurança sobre seu lugar no mundo, e essa dança deu a eles auto-confiança para conquistar seu lugar. Para Nanny, ainda que em tom de brincadeira, essa estratégia, quem sabe, pode funcionar para o Brasil tímido e inseguro que vimos em campo no domingo passado: “O time de rúgbi da Nova Zelândia é famoso por usar a dança para atrair boas energias, relaxar e trazer gana, vontade para a partida. Quem sabe o Brasil não precisa disso. Eles estavam muito tensos. Vai uma dança para dar uma relaxada antes do jogo”.
Parece que quem dança seus males espanta. Fica a sugestão pra levantar a moral da seleção brasileira.

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Kelly Key mostra resultados de cirurgias e comemora: “Muita diferença”

Published

on

By

Quinze dias após passar pelos procedimentos estéticos, a cantora finalmente exibiu o corpo em um vídeo postado no YouTube

Kelly Key deixou os fãs de queixo caído ao postar um vídeo em seu canal no YouTube nesta quarta-feira (20/6). A cantora, que fez rinoplastia, lipo nas costas e implantou nova prótese nos seios, mostrou os resultados das cirurgias plásticas e comemorou.

“Agora vocês estão me vendo com 15 dias de cirurgia”, explicou a artista de 35 anos. “O segundo, terceiro e quarto dias são os piores. Parece que você não vai ficar bem nunca”, emendou.

Kelly não se conteve ao mostrar a rinoplastia, procedimento que a agradou por completo. “Muita diferença. Maravilhoso, trabalho lindo. As pessoas diziam que eu não tinha o que fazer, mas eu tinha um osso largo. Está mais ao meu gosto”, disse ela.

Logo depois, a esposa de Mico Freitas exibiu os seios novos, toda orgulhosa. “Esse colo que não tenho há muito tempo. É uma coisa linda. Estava precisando. O principal objetivo da cirurgia era colocar o meu seio no lugar. Por isso que me submeti ao procedimento. Tá incrível, do jeito que eu esperava”, afirmou Kelly Key.

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Antes e depois: Graci Lacerda posta imagem de 20 anos atrás

Published

on

By

Para quem ainda não sabe, eu comecei a malhar com 16 anos e apenas com três anos comecei a ver os resultados

Graciele Lacerda é adepta inveterada e confessa da malhação. A jornalista, namorada de Zezé di Camargo, sempre posta fotos nas redes sociais, indo e vindo da academia. Nesta terça-feira (28), ela postou uma foto de quando tinha 16 anos, época em qua começou a malhar. “Para quem ainda não sabe, eu comecei a malhar com 16 anos e apenas com três anos comecei a ver os resultados”´, contou a jornalista.

De tanto gosto que tomou pela academia, a jornalista chegou a ingressar na faculdade de Educação Física e chegou a dar aulas por seis anos. “Até os meus 30 anos eu malhava para comer, meu metabolismo era ótimo, acelerado, e isso me ajudava muito. Mas com 31 anos comecei a sentir o peso da idade, já não conseguia obter resultado malhando e comendo de tudo”, continuou Graci, que procurou a ajuda de uma nutricionista para conseguir reverter o problema.

“Claro que sempre dou uma fugida na dieta porque amo comer e tenho vida social. Não sou neurótica na alimentação, mas sou viciada em academia e isso já me ajuda bastante. Apesar de sempre ter malhado, hoje com 36 anos, consigo manter o meu corpo do jeito que quero, mais sequinha e mais definido”, revelou a jornalista.

Comments

comments

Clique para Ler

Advertisement

Facebook


Mais Acessados