Connect with us

Academia

Saiba quais são as partes mais flácidas do corpo da mulher e como endurecê-las

Published

on

Conforme os anos vão passando, a pele vai perdendo a proteína responsável por sua firmeza, o colágeno, e vai ficando flácida. Apesar de ser um processo natural, é possível prevenir a e até melhorar a flacidez com exercícios físicos.

“Para diminuir a flacidez, o ideal é optar por exercícios com sobrecarga para provocar hipertrofia, que é o aumento visível da musculatura”, explica o professor da academia Bodytech André Trombini. Apesar de ser indicado o uso de carga na execução dos exercícios, respeite o seu corpo para não se machucar e procure sempre a orientação de um profissional antes de usar pesos.

De acordo com o educador físico, pernas, glúteos, abdômen e tríceps (o famoso tchauzinho) são as áreas mais afetadas pela flacidez. Veja a seguir os melhores exercícios para endurecer estas regiões.

Flacidez do tchauzinho

Se o seu braço é gordinho e você está com medo de a pele ficar flácida, deve apostar em dois exercícios que são ideais para o tríceps. São eles a flexão de braços fechados e o pulley frente, que também é chamado de tríceps no cabo.

Flexão de braço

 

SAMORODINOV/ISTOCK

A grande vantagem da flexão é que você pode fazê-la em qualquer lugar, já que só precisa usar o peso do próprio corpo. Para realizar o exercício, ajoelhe sobre um colchonete e coloque os dois braços bem próximos ao seu corpo. Quando adquirir mais força, faça o exercício apenas com os pés apoiados.

Ao fazer a flexão, não deixe que seus braços se afastem do seu corpo para que o tríceps seja bastante trabalhado.

Pulley frente

 

INSPIRING/SHUTTERSTOCK

Já o pulley frente ou tríceps no cabo é um dos exercícios mais famosos para o tríceps. Nele, você precisa ficar de frente para o aparelho, estender a corda até a região das coxas e voltar os braços até a região dos cotovelos.

Durante a execução do exercício, é importante controlar a velocidade do movimento, colocar uma carga adequada e não esquecer de manter a postura correta. Antes de realizar o exercício pela primeira vez, peça orientações a um profissional.

Como acabar com a flacidez da barriga?

Para combater a flacidez da barriga, só o abdominal tradicional não é suficiente. Para que o excesso de pele não fique aparente (principalmente durante um processo de emagrecimento), Trombini indica dois tipos de abdominal: o canivete e o abdominal no cabo.

Abdominal canivete

 

SAMORODINOV/ISTOCK

Assim como a flexão de braço, o abdominal canivete também pode ser feito em qualquer lugar. Primeiro deite de barriga para cima com as pernas esticadas. Em seguida, flexione as duas pernas em direção ao seu abdômen enquanto flexiona o seu tronco ao mesmo tempo.

Durante a execução do exercício, não deixe os seus pés encostarem no chão, nem relaxe o tronco. A ideia é aproximar ao máximo o tronco das pernas, deixando apenas o bumbum no chão.

Abdominal no cabo

Para fazer o abdominal no cabo, o aparelho usado é o mesmo que é utilizado para fazer tríceps. A diferença é que para fazer este abdominal você vai precisar ficar de joelhos de frente para o aparelho, colocar a corda atrás da sua nuca e puxá-la enquanto força o tronco para baixo.

Como se livrar da flacidez nas pernas

Para acabar com a flacidez que afeta as pernas, mas principalmente as coxas e o bumbum, o educador físico lista uma variedade maior de exercícios que, além de deixarem a pele mais firme, ainda ajudam no combate à gordura localizada.

Leg press

 

INSPIRING/SHUTTERSTOCK

O leg press é um dos aparelhos mais populares da musculação porque trabalha as partes posterior e anterior de coxa e o bumbum ao mesmo tempo. Se você nunca fez, comece fazendo sem peso ou com uma carga bem baixa.

Além disso, sempre peça a ajuda de um profissional para se certificar que você está fazendo o exercício corretamente.

Agachamento

 

SAMORODINOV/ISTOCK

Se você perguntar para um profissional de educação física qual o melhor exercício para as pernas e bumbum, ele provavelmente vai te falar que é o agachamento. Além de ser um exercício que trabalha diversos músculos ao mesmo tempo, ele contribui e muito para o combate da flacidez e celulite nas pernas e é um grande aliado para quem quer empinar o bumbum.

Se você não estiver acostumada a fazer atividade física, comece fazendo sem peso e agache bem.

Exercícios adutores

 

RATTIKANKEAWPUN/ISTOCK

A parte interna da coxa pode ser exercitada na cadeira adutora ou com caneleiras. Se você preferir a cadeira adutora, terá apenas que fazer força para fechar as pernas. Se preferir a caneleira, deite de lado, apoie a parte de baixo do seu corpo sobre o seu cotovelo, flexione a perna de cima e suba a perna debaixo estendida até a altura do joelho que está flexionado.

Parece fácil, mas este exercício exige muita força. Por isso, comece fazendo sem peso para se acostumar, depois passe para caneleiras de 1 kg.

Exercícios abdutores

 

INSPIRING/SHUTTERSTOCK

Para trabalhar a parte externa da coxa também existe mais de uma opção. Uma delas é cadeira abdutora, que consiste em fazer força para abrir as pernas. Se você não tem o costume de ir a uma academia, pode usar caneleiras e fazer os exercícios em casa mesmo.

Uma opção é ficar em pé ou deitada, se apoiar na parede, em uma cadeira ou no chão e levantar lateralmente uma das pernas. Coloque as caneleiras nas duas pernas antes de começar e faça a mesma coisa com a outra perna antes de fazer uma nova série.

Step up

 

SAMORODINOV/ISTOCK

O step up é um exercício simples que pode ser feito apenas com o peso do corpo. Para isso, você precisa ter apenas um banco ou caixote. Antes de começar, certifique-se de que o seu banco não corre o risco de virar. Feito isso, suba no banco com usando apenas uma das pernas e desça. Não esqueça de ir intercalando as pernas para trabalhar os dois lados do corpo igualmente.

Stiff

 

INSPIRING/SHUTTERSTOCK

O stiff é um exercício feito com barra que é excelente para a parte posterior da perna. Ele pode ser feito com uma barra com peso ou então com halters. Lembre-se de manter a coluna reta, as pernas levemente flexionadas e posicione a carga que você está segurando a frente do seu corpo.

Cadeira flexora

 

INSPIRING/SHUTTERSTOCK

A cadeira flexora trabalha a perna como um todo, mas, principalmente, a parte anterior da coxa. Para realizar o exercício, basta se sentar no aparelho e flexionar a parte de baixo das pernas, aproximando-as do corpo.

Comments

comments

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Academia

Saiba como combater a retenção de líquidos com as dicas de uma especialista

Published

on

By

A Dra. Domenique Ferreira dá dicas preciosas para combater a retenção de líquidos, e reduzir medidas e perder peso, e encarar o verão sem medo de ser feliz 
Se você tem um bom plano alimentar, uma dieta regrada, faz exercícios, mas ainda não consegue perder aqueles quilinhos a mais ou medidas que não reduzem, você pode estar retendo líquidos. Esta situação é extremamente comum, e muitas vezes tende a desencorajar mulheres que buscam um corpo sarado de prosseguir nos seus objetivos. No entanto, pode acontecer que, enquanto estamos fixadas na queima de gordura, deixemos de ver que o grande vilão possa ser a retenção de líquidos.

A Dra. Domenique Ferreira, conhecida também como Domenique Heidy, é especialista em estética e dermocosmética,  e explica como combater a retenção de líquidos.

Por que a retenção de líquidos ocorre? Nosso organismo é capaz de ajustar os níveis de fluidos no corpo. Portanto, em situação normal, está em equilíbrio. Ao bebermos água, o líquido é eliminado pelos rins como urina, ou como suor através das glândulas sudoríparas. O problema surge quando, por alguma razão ou condição especial, o corpo é incapaz de remover e manter esse equilíbrio do líquido. É quando ocorre a chamada retenção. Esta acúmulo de água no corpo pode ser indicativo de problema de rim, fígado ou simplesmente uma consequência da obesidade, sedentarismo, problemas digestivos, calor, gravidez, menopausa, etc.

Como combater definitivamente a retenção de líquidos

1. Controle da ingestão de sal: muito sal pode promover problemas de circulação e retenção de líquidos. Lembre-se que a Organização Mundial de Saúde recomenda 5 gramas por dia. Você pode estar se excedendo o consumo de sal sem perceber; o sal é encontrado em abundância também em embutidos, conservas, molhos e produtos enlatados.

2. Pratique exercícios regularmente: andar rapidamente por 30 minutos pode ser um primeiro passo para manter a forma. Fazer atividade física para ajudar a circulação, acelera o seu metabolismo e evita o acúmulo de resíduos em nosso corpo. Esqueça as roupas muito apertadas, porque obstrui a circulação e impede a remoção adequada dos líquidos.

3. Proteína: faça a ingestão diária de proteína, porque quando elas estão faltando na sua dieta, pode reduzir a produção de albumina e assim acumulam fluídos nos tecidos.

4. Mantenha-se hidratada: não se esqueça de beber água! Pode parecer contraditório, mas beber bastante água é essencial para combater a retenção. Ajuda a eliminar as toxinas do corpo e melhora a circulação. Lembre-se de beber pelo menos 1,5 litros de água por dia.

5. Descansar: dormir as horas necessárias para descansar bem. Quando você dorme pouco até o seu rosto vai ficar inchado. Experimente ter uma noite com pelo menos 8 horas de sono e coloque as pernas para cima, tenho certeza que será notória a diferença no próximo dia.

6. Reduza a ingestão de gorduras: essas gorduras são prejudiciais para o colesterol, o que prejudica a circulação. Evite carnes gordurosas, produtos industrializados e fast food.

7. Coma alimentos ricos em potássio: este item é essencial para manter o corpo equilibrado. O potássio é um eletrólito, que é responsável por controlar a pressão arterial e garantir a eliminação de líquidos. Este componente é encontrado em algumas frutas, especialmente kiwi, melão, laranja e banana. Também estão presente em vegetais, como alcachofra, couve, beterraba, batata e abacate.

8. Coma alimentos com magnésio: o magnésio também ajuda a remover o excesso de líquidos e evitar problemas cardíacos, além de regular a insulina no corpo e reduzir o risco de diabetes tipo II.

Antes de qualquer alteração no plano alimentar, nada melhor do que ir ao médico e fazer alguns exames para saber como está a saúde. Além de que o acompanhamento com o nutricionista ser fundamental nestes casos.

Fotos de:  Reprodução Por: Hebert Neri

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

Emagrecer de vez

Published

on

By

u sei o que você mais quer lá no fundo de verdade!

Você sonha em um dia nunca ter que pesquisar, pensar, nem sequer falar sobre como perder gordura abdominal, como perder barriga, fórmulas para emagrecer e coisas semelhantes de uma vez por todas.

Você quer uma solução definitiva! Você quer sentir-se feliz consigo mesmo(a). Mas a ditadura da beleza e do corpo perfeito sempre bate em sua porta impondo regras.

Daí você tem dois caminhos a seguir. Ou você não liga e segue satisfeito(a) com sua aparência para o resto da vida. Ou você usa isso de estímulo para alavancar o seu objetivo de emagrecer e perder barriga de uma vez por todas.

Mas existem métodos realmente eficazes para isso? Eu te antecipo que sim e já falarei sobre isso. É não é balela.

Neste artigo você verá:

  • O cenário ideal para sua perda de peso;
  • Dicas para emagrecer e sobre como perder barriga que podem te frustrar;
  • 2 dicas para emagrecer de vez que podem te FAZER FELIZ.

Em um futuro não tão distante…(depende só de você)

Pense sobre isso. Se você descobrisse uma forma para emagrecer sem necessidade de tomar medicamentos que causam dependência, nem seguir aquela torturante dieta para perder barriga, e sem cumprir longos períodos em cima de uma esteira, você toparia saber mais? Acredito que sim.

Ainda mais se você soubesse que esse é o caminho mais rápido e duradouro para perder aquela gordura localizada na barriga que você tem faz algum tempo, e que às vezes derruba sua autoestima.

Imagine você confiante sendo admirado(a) por seus amigos, despertando olhares nunca antes imaginados de atração e não de rejeição pela sua aparência.

Mas principalmente imagine você esbanjando saúde. Gostou deste cenário? Você acha isso impossível?

Será que você não caiu sucessivas vezes nas armadilhas das dietas da moda e deixou de acreditar que possa existir solução melhor? Gostaria de te dar outra chance?

Saiba que neste artigo você verá importantes dicas para emagrecer, e o que você deve evitar quando o assunto é perder peso. Existe uma luz no fim do túnel. Vamos contemplar?

Dicas para emagrecer e sobre como perder barriga que podem te frustrar – Evite-as

Você já deve ter visto muitas pessoas que seguiram fórmulas malucas para emagrecer e não foram bem-sucedidas. Umas até emagreceram, mas logo voltaram a engordar. Não quero o mesmo para você.

Primeiramente vou relatar coisas que grande parte das pessoas fazem quando querem emagrecer e que você deve evitar para não se frustrar nunca mais:

  • A primeira coisa que vem na mente de alguns que pensam sobre como perder barriga rápido é se matar em repetições intermináveis de exercícios abdominais. Primeira coisa, não importa a quantidade e sim a qualidade dos movimentos.
    Outro ponto. Para perder barriga é necessária a queima de gordura abdominal. Mas isso será obtido através de exercícios que aumente o metabolismo como um todo e não tão somente com exercícios abdominais.
  • Muitas pessoas devem sonhar sobre métodos mágicos de como perder gordura abdominal sem ficar fazendo exercícios aeróbicos por longo tempo. Tipo esteira, bicicleta, entre outros.
    Saiba que este tipo de exercícios queima gordura realmente. Mas depois de algum tempo seu corpo se adapta ao esforço e deixa de efetuar a queima. Isso é motivo para desmotivação e desistência.
    Portanto não se mate em uma esteira. No final deste artigo vou te apresenta um método que diversifica exercícios e intensidade. E o melhor, não leva todo seu tempo e nem é entediante.
  • Você conhece bem esta frase? “Dieta para perder barriga”. Existem vários tipos de dietas por aí, só que talvez o que você não saiba é que algumas transmitem a falsa impressão de emagrecimento. O que emagrece mesmo é queima de gordura.
    O que muitas dietas fazem é restringir nutrientes, fazendo com que o corpo roube energia de seus músculos e principalmente fazer você passar muita fome.
    Em pouco tempo você não suporta e volta a comer muito recuperando assim os quilinhos.
    Portanto quando você ler em alguma revista a frase “Dieta para perder barriga”, tome cuidado!
  • Dentre as dicas para emagrecer que vemos por aí na internet está o uso de remédios inibidores do apetite.
    Primeiro se você pretende seguir este caminho saiba que deve ter acompanhamento médico. Mas acredito que existem soluções melhores.
    Estes medicamentos podem causar dependência e causar efeitos colaterais.

Agora que você já sabe o que pode evitar frustrações e perda de tempo, conheça dois métodos baseados em conhecimentos científicos sobre como perder barriga e emagrecer de forma saudável.

#AS DUAS TOP DICAS PARA EMAGRECER DE VEZ: Elas mostrarão métodos realmente eficazes sobre como perder barriga

Você não quer comprometer sua saúde nem se frustrar nunca mais. Portanto sugiro que você parta para métodos baseados a partir de comprovação científica para emagrecer com resultados satisfatórios, duradouros e de forma saudável. Chega de loucuras para emagrecer.

Então vamos a primeira dica

Dica 1 – Aderir a uma reeducação alimentar eficaz. DETALHE: eficaz porém prazerosa.

Você pode até pensar:

Ah!!! reeducação alimentar? Lá vem você com aquelas dietas que só de olhar para o prato da tristeza.

Ah! Você pode pensar algo do tipo como está foto a seguir?

Nada disso! Pelo contrário. Eu proponho um método de reeducação sem dietas restritivas, que geram resultados baseado em estudos científicos e muito, muito mais prazeroso. Algo aproximado disto que você verá na figura a seguir.

Bem melhor, não é?

Trata-se um método que ensina a comer alimentos que tragam benefícios para seu corpo e eliminar o que não presta. MAS ATENÇÃO: isso não quer dizer que você nunca mais terá que comer o que gosta ou terá que passar fome.

Você poderá comer quando quiser, quanto quiser e sem se preocupar em contar calorias. Para isso basta respeitar o funcionamento hormonal do seu corpo.

Como já disse o método consiste numa reeducação alimentar e dicas para emagrecer onde não te priva dos seus prazeres, não te priva de uma alimentação saborosa e prazerosa, mas reduz de forma inteligente a ingestão de tudo aquilo que não contribui para a redução de seu peso te proporcionando energia e disposição. E tudo comprovado cientificamente.

Ficou curioso(a)? Calma que apresentarei a próxima dica antes de explicar como ter acesso ao método.

Dica 2 – Praticar exercícios físicos. Entretanto aqueles que geram resultados para emagrecer de vez

Você pode até também pensar:

Exercícios? O que há de novo nisso? Você disse no começo deste artigo que iria me apresentar um método que diversifica exercícios e intensidade. E o melhor, que não leva todo o meu tempo e nem é entediante. Espero que não seja nada óbvio.

Nada disso. Aqui não tem balelas. A gente não brinca com o sonho de ninguém.

Nesta segunda dica apresento um método que consiste em exercícios específicos que diferem da maioria dos que são passados na academia. Estes são mais avançados e os resultados também.

Ele consiste em acelerar o metabolismo estimulando a queima calórica em um nível bem elevado que continua por até muitas horas após o treino. E o melhor é que você pode fazer em casa e em um tempo bem menor do que você levaria se frequentasse uma academia.

Parece muito bom para ser verdade?

Mas é!!!

E se eu dizer que os dois métodos se complementam, são os mais PODEROSOS atualmente e fazem parte de uma metodologia completa baseada em pesquisas cientificas e com diversos resultados comprovados?

É sobre reeducação alimentar? Sim, mas não é dieta restritiva? É sobre exercícios? Sim, mas com menos tempo, e sem tédio. Basta querer.

Bom. Me diz logo onde encontro esta metodologia?.

Chega de mistério!!!

Os dois métodos que citei são só a pontinha do iceberg. Quando você tiver acesso a metodologia completa notará que ela é muita mais detalhada.

Comments

comments

Clique para Ler

Academia

Benefícios do Aeróbico em Jejum (para quem deseja perder peso rápido)

Published

on

By

Benefícios do aeróbico em jejum vem de colisão juntamente com a necessidade de emagrecer apressadamente e com saúde. Conheça-os no artigo de hoje!

A perda de peso de maneira saudável quase constantemente está relacionada com a combinação de atividades físicas e alimentação saudável, isso certamente você já sabe.

Porém, quais exercícios compor e com que constância nem sempre temos autonomia para definir concorda?

Igualmente nem sempre sabemos o que comer (ou não comer como no jejum antes do aeróbico) para conservar os níveis de energia e disposição durante treinos que visam a perda de peso.

certamente sabemos, depois nossas pesquisas, que aeróbicos são os mais recomendados para queimar muitas calorias, aliás, em alguns exercícios níveis muito interessantes.

Como pode perceber são várias informações e situações, inclusive a ideia central deste artigo que é se exercitar com aeróbicos e não comer nada antes.

Será que existem benefícios do aeróbico em jejum?

Nossa sugestão é que leia o post na íntegra, porque você pode se surpreender com o que descobrimos!

Benefícios do aeróbico em jejum: O que significa jejuar?

semelhante sendo um termo relativamente comum entre aqueles que desejam queimar quilos extras, é sempre essencial obter mais informações sobre a definição, ideias e conceitos da palavra jejuar.

Durante o dia, o corpo está acostumado a entrar e sair frequentemente do estado de jejum.

Após a refeição, estima-se que o organismo consiga se aguentar por um tempo de 6 horas.

Para prestar ao máximos os nutrientes ingeridos e utilizá-los como energia ocorrem algumas transformações.

O corpo passa a liberar insulina com o intuito de baixar o nível de açúcar no sangue.

Além disso, gorduras e proteínas são aproveitadas pelo sistema digestivo.

Já, a glicose é transportada para os músculos para que seja usada como essencial fonte de energia.

Caso não seja alimentado novamente, ao fim das 6 horas o corpo entrará no estado conhecido como jejum.

Quando esse eventualidade ocorre, o glucagon é liberado para manter os níveis de açúcar dentro do esperado.

Ocorre ainda a mudança do tecido adiposo em ácidos graxos livres que podem então ser convertidos em forma de energia (relevante).

Ou de acordo, ao final de todo esse processo o indivíduo consegue forçar o seu organismo a aproveitar as gorduras que estão concentradas no corpo.

O resultado disso é a popularmente conhecida como queima de gordura para gerar energia.

Mas, é essencial esclarecer ainda que pouco tempo depois de uma nova refeição ser iniciada, todo esse processo engatilhado pelo jejum é interrompido.

Por meio da análise de toda essa mudança que o organismo faz já é provável ter uma boa ideia sobre os benefícios do aeróbico em jejum.

Exercício aeróbio em jejum: A desculpa!

O alegação para justificar aproveitar as vantagens do aeróbico em jejum está na seguinte ideia:

Maximizar a produção de glucagon e aproveitar a gordura do tecido para servir de energia.

Mas, somente com planejamento adequado, balanceamento com períodos de descanso e treino, pode-se chegar ao emagrecimento de maneira saudável.

O recomendado é sempre ter orientação nutricional e acompanhamento médico.

Dessa forma, será mais adequado elaborar a rotina de treinos e de alimentação mais adequada para o caso.

Afinal, cada organismo pode apresentar uma necessidade diferente. Por isso, leve esse ponto em consideração antes de mais nada.

No entanto, de maneira já geral pode-se dizer que existe um consenso de recomendação para se exercitar em jejum.

A princípio, não precisa ser atividade física muito específica.

Ou seja, pode escolher aquela que é mais interessante, desde que seja de baixa intensidade.

Já para realizá-la o ideal é que seja feita durante as primeiras horas do período matutino, isso ajudará a aproveitar melhor os benefícios do aeróbico em jejum.

Além disso, o usuário precisa evitar o consumo de suplementos como, por exemplo, BCAA também neste período.

Porém, é fundamental beber água para manter o corpo bem hidratado. Esse aviso deve ter ainda mais importância em épocas muito quentes ou secas.

Recomendações para aproveitar benefícios do Aeróbico em Jejum

1 – Começar com Aeróbicos Leves
2 – Supere os inconvenientes iniciais do Jejum
3 – Siga uma Dieta com foco em Redução de Peso

Comments

comments

Clique para Ler
Advertisement

Facebook




Mais Acessados