Connect with us

Giovana Guido

Suplementos para ganhar massa muscular

Published

on

A nutricionista Giovana Guido responde a pergunta no Programa Futebol Esporte Show, com Marcel Capretz – SBT regional, veja abaixo quais suplementos é o ideal para ganhar massa muscular.

Comments

comments

2 Comments

2 Comments

  1. Luana

    28 de maio de 2014 at 09:58

    Olá, bom dia , gostaria de ganho de massa magra e ganho de resistência, pois não consigo aumentar as cargas no treino, mas não quero engordar rsrs, gostaria de saber se só tomando whey resolve minha situação ou tenho que tomar 2 como BCAA ou outro? Desde já agradeço, bjjsss

  2. Waldirene machado ramos

    14 de dezembro de 2014 at 23:16

    Olá , boa noite, sou magia e gostaria de ter pelas grosso e ter o bumbum grande e defunto o que devo fazer, o que comer…???

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Academia

5 mitos do emagrecimento

Published

on

By

1- Você precisa treinar todos os dias
Um pouco de treino ao dia irá ajudá-lo a emagrecer um pouco, então, bastante treino irá ajudá-lo a emagrecer muito… certo? Pode ser sim! Isso é verdade caso seu tipo de treino seja leve, então, daí sim será uma boa estratégia treinar todos os dias para manter a queima calórica naquele momento. Porém, sabe-se que o melhor tipo de treino para queimar gordura é o treino intervalado (HIIT), onde há uma mistura de minutos intensos x minutos mais leves dentro do mesmo treino… ou até mesmo uma mistura entre pesos e cardio – o que faz com que você dê o seu máximo e realmente saia acabado da academia. Então, se você faz treinos intensos com pesos ou na forma de treinos intervalados ao menos 5x/semana, você realmente precisa de uns 2 dias de descanso – para que você possa prevenir lesões, dar tempo para a musculatura se recuperar e ter momentos de lazer e relaxamento (o que é muito importante para sua saúde e evolução física) – se seu corpo não se recuperar de forma adequada, você não terá bons resultados e ainda poderá se sentir cansado e estressado.

2- Não tome café!
Se você ama um cafezinho, saiba que não precisa eliminar o café durante o período de emagrecimento – você só precisa tirar o açúcar, creme, leite, etc. Você precisa se acostumar com o gosto de café preto e à partir daí poderá tomá-lo ao longo do dia, pois o café puro não possui calorias e pode ser usado em dietas restritas. Use no máximo um pouco de adoçante natural (Stevia) e canela se gostar. Porém, tome café de 1-2x/dia no máximo, sem exageros.

3- Pare de comer alimentos ricos em gordura
Aqui tudo depende do tipo de gordura que irá consumir e que combinações você fará. Em relação às gorduras vegetais, o consumo fica liberado em pequenas quantidades ao longo do dia. Alimentos como abacate, amêndoas, amendoim, castanhas, azeite, etc. são calóricos, porém muito saudáveis e benéficos para o emagrecimento! Já as gorduras animais também podem ser consumidas em pequenas quantidades desde que sua dieta seja baixa em carboidratos e produtos industrializados! Estudos recentes mostram que não há problema algum em consumir bacon, carnes mais gordas e até banha de porco, desde que você reduza o consumo de alimentos refinados e industrializados (é essa a mensagem do estilo de vida PALEO). O tipo de gordura que você tem que excluir, é a industrializada (TRANS), pois ela é artificial! Então, procure orientação profissional de um nutricionista, mas não exclua gorduras de sua dieta! Ao reduzir carboidratos, você irá emagrecer mais rápido do que reduzir gorduras.

4- Para emagrecer, você precisa contar calorias/fazer dietas baixas em calorias
Essa coisa de contar calorias já está ficando cada vez mais antiga… as calorias funcionam como parâmetros para os profissionais, mas existe a possibilidade de uma pessoa que come mais calorias emagrecer mais do que aquela que come menos e fica preocupado em comprar e comer tudo com menos calorias. Deixe sua alimentação o mais natural possível, exclua grande parte dos industrializados que você come, reduza grandes porções de alimentos fontes de carboidratos e vá se exercitar, dessa forma, o número de calorias é a coisa menos importante, pois os alimentos causam reações diferentes em seu metabolismo e respostas hormonais… já ouviu dizer que 100kcal de chocolate são totalmente diferentes do que 100kcal de uma maçã, por exemplo? Outro número que não quer dizer muito: peso! Baseie-se no espelho e em suas roupas e só se pese de vez em quando.

5- Comprar tudo diet & light
Cuidado com alimentos que parecem inofensivos (pois tem diet ou light no rótulo), porém, podem atrapalhar sua dieta, como por exemplo: barras de cereais, excesso de frutas, chocolate amargo, biscoitos (até mesmo os integrais), cafés ou chás com açúcar, pão integral, etc. – são alimentos que devem ser consumidos com cautela

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Ensaio Giovana Guido

Published

on

By

Estou com um físico de BIKINI em off season (Tenho 1,60m e estou com 55kg essa semana), então os fotógrafos adoram esse tipo de corpo para os ensaios, rs. Esse ensaio buscamos um tema mais natural, ao ar livre, sem tanta produção dessa vez. Estou aqui me concentrando para melhorar as expressões e ficar cada vez mais natural nas poses.

Crédito das Fotos: Essence Films – Instagram: @essencefilms

Roupas: Lalinea – Instagram: @lalinea.com.br

Modelo: EU! – Giovana Guido – Instagram: @giovanaguido

Fizemos com muito amor e dedicação! Espero que gostem! Aguardo feedbacks e comentários!

Observação: você pode clicar nas fotos para ampliá-las!

Beijos

Giovana Guido

Comments

comments

Clique para Ler

Alimentação e Nutrição

Dicas para aumentar sua energia e disposição

Published

on

By

Seu raciocínio, sua memória, sua capacidade intelectual e física dependem de uma mente e corpo bem nutridos. Vamos aprender como melhorar sua alimentação usando algumas estratégias que focam em melhorar sua energia e disposição:

1-        Cuide do seu lado físico: atividades regulares revitalizam seu corpo e mente em questão de minutos (oxigenação), benefício: alimento para as células vermelhas do sangue com mais hemoglobinas e maior transporte de oxigênio. Os exercícios também ajudam no combate ao estresse, ansiedade e melhora da autoestima;

2-       Alimente-se de 3/3 horas: Comer frequentemente evita a hipoglicemia, depósitos de gordura, sonolência, preguiça, cansaço, etc., tudo pelo fato de acelerar seu metabolismo!

3-       Evite açúcar refinado e doce: Eles proporcionam energia imediata, mas logo a sensação de energia é substituída pelo cansaço e desejo por mais doces (a glicemia sobe e depois cai rapidamente). Proteja-se disso consumindo carboidratos complexos e integrais para energia mais permanente;

4-      Livre-se do excesso de peso e gordura abdominal: eles causam preguiça, cansaço e fadiga. Menos peso = mais energia e disposição.

5-       Tome um bom café da manhã diariamente: mesmo que não esteja com fome ao acordar, seu corpo precisa repor os nutrientes que foram consumidos durante o sono. Observação: ao comer logo que acorda, você dá um estímulo matinal ao metabolismo;

6-      Faça uma refeição leve e energética no almoço: se você é vítima da “depressão pós-prandial” (cansaço e sono após o almoço, resultado de uma refeição rica em proteínas, gorduras e doces), está na hora de mudar a composição do que ingere. Faça uma refeição de salada com carne magra e pão integral, sopa de vegetais com frango, salada com grelhado e sucos naturais;

7-       Evite o excesso de café com açúcar: além de viciar, essa mistura faz engordar e assim como os doces, te dá energia na hora e logo após você se sente acabado e volta a ficar com vontade de tomar mais café adoçado;

8-      Ingira complexo B: Ele evita o cansaço e desânimo, pois acelera o metabolismo. Consuma levedo de cerveja em cápsulas;

9-      Dicas de alimentos: chá verde, banana com aveia e mel, pimenta, sucos naturais, frutas, proteínas magras, massas integrais, iogurte light, frutas secas, oleaginosas, etc.;

10-    Dicas de fitoterápicos: Ginseng, Ginkgo biloba, Pholianegra, Chá branco, Citrus aurantium, taurina, colina e Pycnogenol. As quantidades são individuais.

11-     Receita de drink energético: 2 colheres de sopa de mel + 1 copo de suco de frutas + pedaços de frutas secas + pedacinhos de castanhas. O ferro do mel e das castanhas associa-se rapidamente à vitamina C das frutas, nutrindo rapidamente as células.

 

REFERÊNCIAS:

KLEINER, Susan M.; GREENWOOD-ROBINSON, Maggie. Nutrição para o treinamento de força. São Paulo. Editora Manole, 2002.

BIESEK, Simone; GUERRA, Isabela, ALVES, Letícia Azen. Estratégias de nutrição e suplementação no esporte. Editora Manole, 2005.

MAUGHAN, Ronald J.; BURKE, Louise M. Nutrição esportiva. Editora Artmed, 2004.

Comments

comments

Clique para Ler

Advertisement

Facebook




Mais Acessados