Connect with us

Destaque

Tudo sobre o treino auto-regulatório

Published

on

Autor: “Anoop Balachandran”. 

O que é o treino auto-regulatório? É a mesma coisa que o treino instintivo? E como o pode colocar na prática?

O que é o treino auto-regulatório?

Treino auto-regulatório: É um método de treino que se assegura que está a usar o peso máximo para um número particular de repetições, digamos 6 ou 10 repetições.

Porque precisamos do treino auto-regulatório?

Treino planeado: Isto pode não ser familiar para a maioria dos culturistas ou pessoas comuns. Mas é normal que os atletas planeiem os seus treinos com meses de antecedência. Isto inclui o peso que devem usar, o número de dias em que treinam, as repetições e séries. A isso chama-se periodização.

Problema: O problema com este treino planeado é que um atleta, devido a muitas variáveis exteriores como o sono, alimentação, stress e outras, pode notar que os pesos estão demasiado fáceis ou demasiado difíceis no treino de determinado dia que foi planeado à meses atrás.

Solução: Uma solução é usar pesos baseado no quanto pode levantar nesse dia em particular do que aquilo que foi planeado. E esse peso também lhe dá o peso de partida para o próximo treino. Isto é basicamente o treino auto-regulatório.

E em relação ao treino instintivo?

Treino instintivo: No treino instintivo, você usa um peso dependendo de como se sinta nesse dia. Você não testa um peso da semana passada para mudar os seus pesos de acordo com ele. Por exemplo, você não dormiu bem na noite passada e sente-se um pouco cansado e como tal, seleciona um peso que é um pouco mais leve que o do seu último treino.

No treino auto-regulatório: Você levanta o peso que levantou no seu último treino, e depois, muda o peso para as próximas séries, de acordo com o número de repetições que realizou com esse peso. Algumas pessoas conseguem saber como se sentem a partir da velocidade da barra e como se sentem nas suas séries de aquecimento.

Existem alguns estudos sobre a auto-regulação?

Existem dois estudos que compararam o treino auto-regulatório com um treino comum de periodização linear.

Estudo de 15 semanas: houve um estudo de 15 semanas realizado em 1966 com mulheres inexperientes, que não mostrou nenhuma diferença significativa no aumento de força entre a periodização e a auto-regulação. De facto, a periodização demonstrou um aumento linear ao longo do estudo, enquanto o grupo do treino auto-regulatório teve uma paragem de evolução nos estágios finais do estudo.

Estudo de 6 semanas: Este foi um estudo recente realizado com jogadores de futebol americano da 1ª divisão, que é citado em todo o lado como exemplo do treino auto-regulatório. O estudo tem numerosas limitações tal como pode ver abaixo:

Retrospectiva: O estudo analisa a comparação entre 2 grupos. O primeiro grupo treinou em 2004, enquanto o segundo grupo treino em 2005. O autor volta a analisar estes números em 2010. Na verdade, os estudos retrospectivos normalmente não podem chegar a conclusões de causa e efeito porque existem demasiadas variáveis que não são controladas.

Volume e intensidade: O volume e a intensidade não foram equalizados e como tal, não dizem nada acerca da auto-regulação/periodização.

Pré-teste e pós-teste: Os números pré-teste são de facto, os números pós-teste depois do período de pausa. Por isso os números podem ter subido ou descido durante esse período de pausa.

Resultados: isto é um pouco estranho. Os resultados são dados em N quando os pesos do treino são dados em libras. Os resultados mostram que o grupo auto-regulatório passou para 90 N (20 lbs) enquanto o agachamento subiu em quase 180 N (140lbs). O supino do grupo de periodização não teve aumentos!

O estudo é interessante, mas só proporciona uma hipótese, que tem de ser testada com um estudo randomizado bem estruturado e controlado.

Aplicações práticas

Principiantes: No caso dos principiantes, é melhor que se mantenham com as séries e repetições tradicionais. Você precisa de alguns anos de experiência antes de poder começar a seguir o que sente. Para além disso, se seguirem os seus instintos, a maioria dos principiantes irão preferir ficar em casa a ver televisão.

Avançados: A maioria dos atletas avançados segue uma mistura de tipo de treino planeado com auto-regulatório. Irão ter um esquema básico para o número de séries, exercícios e as semanas em que irão treinar pesado ou leve. Os pesos, séries e repetições irão mudar conforme a forma como se sintam nesse dia. Alguns chamam a isso, periodização cibernética.

Duração do treino: O treino auto-regulatório é melhor se for feito durante períodos de 4-6 semanas. Em auto-regulação, você está a treinar com o seu peso máximo para um número particular de repetições, e como tal, pode entrar facilmente em excesso de treino se não tiver um plano para controlar a fadiga. E eu penso que a duração do ciclo pode em parte, explicar os resultados atribuídos aos estudos acima.

Fonte: http://www.exercisebiology.com/index.php/site/articles/what_is_autoregulatory_training/

Comments

comments

Clique para Ler
1 Comment

1 Comment

  1. evandro

    28 de junho de 2012 at 19:42

    O treino auto-regulatório é melhor se for feito durante período que pode entrar facilmente em excesso de treino se não tiver um plano para controlar a fadiga abraços

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Juju Salimeni se declara para Felipe Franco e menciona perdão à traição

Published

on

By

Nesta quarta-feira (14), no Valentine’s Day, o dia dos namorados americano, Juju Salimeni publicou uma foto com Felipe Franco em seu Instagram.

A modelo se declarou para o amado e comemorou os 13 anos que estão juntos.

No final de 2017, o casal passou por um término durante dois meses, mas logo decidiram reatar o casamento.

“É uma história de 13 anos que daria um livro. Foram tantos erros, acertos, felicidades, tristezas… Mas entre todas as opções escolhemos o nosso amor que é maior que tudo, maior que qualquer decisão errada e qualquer obstáculo. Amor não é perfeição, é aceitar os defeitos, é perdoar o que não veio do coração, é lutar pra estar junto. Eu desejo a vocês que tenham essa força, que não desistam e que coloquem acima de tudo o seu amor. É Deus que une. Ele escreve. Te amo pra sempre”, disse a musa na legenda.

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Aos 39 anos, Sheila Mello exibe barriga chapada “Não sou radical em nada”

Published

on

By

Ex-dançarina do É o Tchan! estreia como madrinha de bateria da Independente Tricolor após seis anos afastada do Carnaval

Sheila Mello exibiu a barriga saradíssima ao postar uma foto no Instagram. A ex-loira do É o Tchan! contou para os seus seguidores que consegue manter a boa forma sem ser radical. A cantora conta que tenta passar o seu estilo de vida para a filha, Brenda, de 4 anos.

Sheila Mello hoje com 38 anos mostra treino para boa forma

“Não sou radical em nada, nunca consegui, meu estilo de vida já inclui uma alimentação saudável e atividade física, independente da época! Nisso que acredito! Saber negociar com o cérebro, comer uma bagaceirinha aqui, segura nos outros dias! É assim que estou tentando passar para minha filha. #caminhodomeio #meucorpomeutemplo obrigada @robinhopersonal por me acompanhar nesse caminho devagar e sempre!”, explicou ela, após treinar.

Após seis anos sem desfilar no Carnaval, Sheila se prepara para retornar para o sambódromo no Carnaval de São Paulo em grande estilo como madrinha de bateria daIndependente Tricolor, que no ano passado ficou em segundo lugar nas escolas do Grupo de Acesso.

A atriz e dançarina está emocionada com o convite e a possibilidade de sua filha, fruto do casamento com Fernando Scherer, vê-la desfilar pela primeira vez. “Estou com muitas expectativas, por ser meu retorno e também por defender a escola do meu time de coração (São Paulo)! Me afastei um pouco pela maternidade e casamento, agora será a chance de me exibir para minha filha que nunca viu eu desfilar”, contou a musa para QUEM.

Apesar dos anos distante da folia, Sheila garante que o samba já está em seu sangue e que não precisou de muita preparação para retomar o ritmo. “O samba sempre esteve presente na minha vida. Minha mãe cuidava de uma ala e eu fui a rainha de bateria por alguns anos da escola de samba do bairro que cresci, a Vale Encantado. Cansei de queimar os dedos montando roupas de Carnaval. Não caí de paraquedas nesta história.”

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Você sabe quais suplementos ajuda a queimar gordura?

Published

on

By

Todos já sabem o segredo para o emagrecimento:  boa alimentação e atividade física. Só que chega um estagio do treino, e da dieta que o corpo não responde mais como desejamos, e é ai que entra a suplementação para nós ajudar nesse processo.

Na procura  por suplementos sempre surge as duvidas e quais são os melhores, vamos lhe ajudar  nessa questão.

Mas, lembrando que o principal é dieta e exercício. Não adianta tomar suplemento e comer uma pizza no final de semana. Um sem o outro não dá. Será apenas dinheiro jogado fora, por isso lembre-se, suplemento é para suprir sua necessidade.

Não adianta você ir para academia, suar, pegar pesado e chegar em casa, ou no final de semana, e não seguir uma dieta equilibrada. A atividade física ajuda a acelerar o processo de emagrecimento e ter um melhor resultado.

O que fazer para emagrecer?

Estabeleça um bom plano alimentar. Corte da sua alimentação, doces, açúcar, sal, gordura, frituras, refrigerantes, e evite ao máximo produtos industrializados, pois contém muito sódio. Leia sempre o rótulo!

Muitos alimentos ajudam na perda de peso, pois são termogênicos, como: pimenta, gengibre, café, canela, alho e chá verde.

Quais são os principais suplementos para emagrecer e queimar gordura:

O uso do suplemento é recomendado quando, só com a ingestão dos alimentos, não consegue a quantidade necessária para ter um bom resultado na perda de peso e no rendimento físico.

 1° Termogênicos

Também conhecidos como, queimadores de gordura. Os termogênicos atuam no aumento da temperatura corporal interna, e acelera o metabolismo, contribuindo assim para a queima das calorias.

O componente básico para a grande maioria dos termogênicos vendido no Brasil, tem como substância principal a cafeína de forma concentrada e em doses por cápsula que podem variar de 50mg até os mais fortes com 450mg de cafeína por dose.

Mas não é apenas a cafeína que os melhores termogênicos possuem, muitos deles contém ainda em sua composição, a garcinia cambogia, outra substância que a ciência tem constatado efetividade no emagrecimento. Além de ervas como a pholia negra e pholia magra e a faseolamina.

Ou seja, o corpo usa a gordura como fonte de energia. E quanto mais energia o corpo gasta, maior a queima da gordura corporal, consecutivamente, a perda de peso.
Os termogênicos são os suplementos que costumam apresentar melhores resultados na perda de gordura e emagrecimento.

 2° Café verde (Green Coffee)

Para quem sofre muito com os efeitos colaterais dos termogênicos citados acima por causa da grande quantidade de cafeína que eles contém em sua composição, uma excelente alternativa pode ser o extrato do grão de café verde, que não é nem um pouco agressivo como os suplementos para perder gordura a base de cafeína, e apresenta excelente resultados para quem deseja queimar gordura, perder medidas na cintura e emagrecer.

3° L-carnitina

O consumo da L-carnitina é feito antes da atividade aeróbica, afim de potencializar o uso da gordura corporal como fonte de energia, além de melhorar o desempenho físico durante o exercício.

Funciona como um condutor das gorduras, para serem queimadas nas mitocôndrias, aumentando o processo de combustão e promove o aumento do colesterol “bom” (HDL). Este suplemento é indicado em especial para os vegetarianos, que tem deficiência dessa substância no organismo.

4° CLA

O CLA ou, ácido linoleico conjugado, é um daqueles suplementos mil e uma utilidades. Contribui no controle dos níveis de insulina no sangue, auxilia na redução da gordura abdominal, promove uma alteração positiva nas proteínas ligadas ao metabolismo das gorduras e melhora as taxas de colesterol e triglicerídeos. E estudos recentes ainda apontam que esse suplemento tem propriedades anticancerígenas.

Muitos benefícios em um único suplemento e ele ainda ajuda a queimar as gordurinhas e proporciona um leve aumento de massa muscular.

5° Cafeína

A cafeína é um termogênico natural, estimula o organismo o obrigando a gastar mais energia. O que já aprendemos que significa maior gasto calórico, o que acarreta na queima de gordura e na perda de peso.

Essa substância certamente encabeça a lista de suplementos que emagrecem e como abordamos logo no inicio, é o principal componente dos termogênicos que ainda possuem outras substâncias que em conjunto com a cafeína, potencializam os resultados e ajudam a perder gordura e emagrecer mais rápido.

6° Fibras

As fibras, diferentes dos outros suplementos, não é um termogênico. Ou seja, não aumenta a temperatura do corpo, fazendo com que seu organismo queime mais gordura e nem aumenta o metabolismo. Então o que ela esta fazendo nessa listinha seleta?

As fibras, contribuem para regularizar seu organismo, em especial o intestino, e proporciona saciedade. O que é ótimo para quem tem compulsão por comida e doces. Você pode incluir as fibras na alimentação através de suplemento, ou alimentos ricos nesse nutriente. Lembrando que é muito importante ingerir bastante líquido, ao aumentar o consumo de fibras.

7° Óleo de coco

O óleo de coco é encontrado na versão cápsula e líquido. Na versão líquida, pode ser utilizada para substituir o óleo de cozinha comum. Por ser um ácido graxo de cadeia média, sua taxa metabólica é maior, sendo mais rápido processado pelo organismo. Entretanto, por conter auto teor de gordura saturada, gordura ruim, deve se ter cuidado com o excesso no consumo.

O óleo de coco atua na lipoproteína, reduzindo o mau colesterol e diminuindo a gordura, principalmente no abdômen. Tem ação termogênica, acelera o metabolismo, aumentando assim o gasto calórico.

8° Óleo de cártamo

Este óleo reduz a gordura localizada, especialmente na região abdominal, auxiliando no emagrecimento e no controle do colesterol. O óleo de cártamo é um anti-oxidante natural e suas propriedades aceleram o metabolismo. Queimando mais rápido a gordura corporal.

Promove o aumento da massa muscular magra, estimula a queima de gordura corporal e tem papel importante no crescimento muscular, redução de celulite e diminui as taxas do colesterol. Esses são alguns dos benefícios desse suplemento natural.

A dosagem certa deve ser recomendada por um profissional qualificado.

Conte para nós nos comentários, seu relato sobre os resultados das suplementos para queimar gordura citados nesse artigo, ou outro emagrecedor no qual você usou e como foi seu antes e depois. Foi bom? Funcionou? Não gostou? Ajude os próximos leitores!!

Comments

comments

Clique para Ler
Advertisement

Facebook



Mais Acessados