loading...
Alimentação e Nutrição

Vitamina E

A vitamina E encontrada no amendoim atua prevenindo o dano oxidativo celular através da inativação de radicais livres. Sabe o que isso quer dizer? Que esta importante vitamina atua contra o envelhecimento. Que tal saber mais sobre ela?

A vitamina E ou tocoferol faz parte do grupo das vitaminas lipossolúveis, ou seja, solúveis em gordura, ao qual fazem parte também as vitaminas A, D e K. Por isso, seu metabolismo e absorção estão intimamente ligados ao das gorduras, sendo as suas principais fontes dietéticos alimentos e óleos vegetais ricos em lipídeos, como o amendoim e seus derivados, a amêndoa, a avelã, a catanha-do-pará e os óleos de girassol, de milho, da azeitona (azeite). Por isso, ela é considerada uma vitamina naturalmente produzida por vegetais, com importantes funções protetivas nos mesmos.

Amendoim (1)

Por ser uma vitamina lipossolúvel, ela possui a capacidade de ser armazenada pelo nosso organismo, sendo que 90% de toda a vitamina E presente no corpo é estocada no tecido adiposo. Ela é encarregada de realizar importantes funções metabólicas, atuando na estabilização das membranas celulares, na proteção dos glóbulos vermelhos contra o seu rompimento e impedindo o acúmulo da lipofuscina nas células. Esta é denominada também como “pigmento de desgaste”, que é depositado nas células para indicar o tempo de vida celular, ou seja, quanto mais lipofuscina presente, mais velha é considerada a célula. Contudo, o grande interesse que foi despertado por esta vitamina está relacionado à sua função como agente antioxidante, que está envolvido com o retardamento do envelhecimento celular e na proteção de doenças crônicas não transmissíveis, como Parkinson, Alzheimer, câncer e doenças cardiovasculares. Ela atua prevenindo o dano oxidativo celular através da inativação de radicais livres e espécies reativas de oxigênio. Os radicais livres podem atuar em reações com o DNA, o RNA, proteínas e outras substâncias oxidáveis, fato este que pode gerar danos que contribuem para o envelhecimento e a instalação de doenças degenerativas, como o câncer e a aterosclerose. Vários processos vitais que possuímos estão relacionados com a geração de radicais livres, contudo em quantidades pequenas. O maior problema dá-se quando existe um desbalanço entre a produção de radicais livres e os mecanismos de defesa antioxidante, que estão associados a defeitos metabólicos e enzimáticos, bem como por fatores externos, como a poluição, o tabagismo, a ingestão alcoólica e a nutrição inadequada. O ser humano possui um sistema de defesa antioxidante, porém o seu adequado funcionamento depende da adequada ingestão de antioxidantes dietéticos, como algumas vitaminas, minerais e fitoquímicos.

Amendoim (2)

A vitamina E ao realizar sua atividade antioxidante, ou seja, ao proteger os lipídeos contra a oxidação, necessita ser regenerada para recuperar o seu potencial antioxidante. Nesse processo de regeneração da vitamina E, estão associadas a vitamina C e algumas enzimas que possuem sua síntese dependentes de fatores dietéticos, fatos estes que mostram que a ação de diversos nutrientes em nosso organismo estão inter-relacionadas.

Diversos estudos que foram realizados no intuito de verificar os efeitos da suplementação da vitamina E e de outros micronutrientes com ações antioxidantes na prevenção de doenças cardiovasculares e do diabetes tipo 2, mostraram resultados inexistentes e por vezes negativos. Em contrapartida, os estudos que abordaram a ingestão de substâncias antioxidantes provenientes da dieta encontraram resultados mais consistentes, mostrando que a manutenção de uma dieta saudável e balanceada associa-se a menor risco cardiovascular e de desenvolver-se doenças crônicas(diabetes, obesidade, hipertensão).

Sendo assim, como vimos a vitamina E desempenha importantes papéis em nosso organismo e sua ingestão através dos alimentos que naturalmente possuem esta vitamina, são essenciais para garantir as quantidades recomendadas da mesma para a manutenção de suas funções e ao mesmo tempo garantir efeitos benéficos adicionais relacionados a mesma em associação aos vários nutrientes presentes nos alimentos, que atuam de modo sinérgico e promovem os vários benefícios que foram apresentados.

instagram: @nutricionistahugo

Comments

comments

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso: Sempre que for iniciar uma rotina de treinamento, consulte um Educador Físico. Sempre que for fazer uso de suplementos alimentares, procure a recomendação de um nutricionista. Não nos responsabilizamos por lesões ou problemas que, por ventura, possam ocorrer devido à utilização de informações contidas no site. Observação: Todo o post publicado possui autorização expressa do autor, todo o conteúdo exposto é de responsabilidade do mesmo.

Copyright © 2011 - 2017, All Rights Reserved.

To Top