Connect with us

Destaque

Diva Fitness aponta dez razões científicas para você comer mais proteína

Published

on

Com base na ciência e em estudos de Harvard, a Diva Fitness e musa da Acadêmicos do Tatuapé Renata Spallicci lista dez motivos para que você coma mais proteína no seu dia a dia

Da perda de peso à saúde dos ossos, especialistas apontam que comer mais proteína é fundamental para a melhoras no metabolismo, reconstrução muscular e melhora de desempenho em atividades físicas. Mas será que apenas atletas devem consumir proteína em maior quantidade, ou realmente ela é essencial para qualquer pessoa?


A Diva Fitness e musa da Acadêmicos do Tatuapé Renata Spallicci relata como aumentar a ingestão de proteínas é importante na sua rotina fitness: “desde que comecei a ter uma alimentação mais voltada para minha vida de atleta, passei a consumir muito mais proteína do que costumava ingerir no passado. Afinal, a proteína é essencial para a construção dos músculos, então, como atleta fitness, este nutriente é vital para mim”. 


Renata Spallicci consultou especialistas e tomou como base a ciência, em estudos feitos pela Com base em estudos feitos pela Harvard School of Public Health, para preparar uma lista de  dez motivos para você comer mais proteína agora mesmo e começar a sentir os benefícios desse macronutriente para sua saúde e boa forma:


Proteína pode reduzir os níveis de apetite e fome
O aumento da ingestão de proteína de 15 para 30% das calorias fez as mulheres com sobrepeso consumirem 441 menos calorias por dia, sem restringir intencionalmente qualquer alimento. Pegue leve na batata ou arroz, por exemplo, enquanto acrescenta algumas mordidas extras de carne ou peixe.
Uma dieta rica em proteínas reduz a fome, ajudando-o a comer menos calorias. Isto é causado pela função melhorada de hormônios reguladores de peso.
Proteína auxilia a aumentar massa muscular e força
Numerosos estudos mostram que comer muita proteína isto pode ajudar a aumentar a massa muscular e força. Se você está fisicamente ativo, levantando pesos, então você precisa ter certeza de que está recebendo proteína suficiente, o que também pode ajudar a prevenir a perda de massa muscular quando o corpo está em estado “catabólico” (quebra), como durante a perda de peso.


A proteína é boa para os ossos
Existe um mito que a proteína (principalmente proteína animal) é ruim para os ossos.Isto é baseado na ideia de que a proteína aumenta a “carga de ácido” no corpo. No entanto, a maioria dos estudos de longo prazo mostra que a proteína, incluindo a proteína animal, oferece muitos  benefícios para a saúde óssea. As pessoas que consomem mais proteína tendem a manter melhor sua massa óssea, à medida que envelhecem, e tendem a ter um risco muito menor de contraírem  osteoporose e sofrerem fraturas.


A proteína pode reduzir a gula
Para diminuir a compulsão alimentar, aumentar a ingestão de proteínas é uma excelente saída. Estudo em homens com excesso de peso mostrou que o aumento de proteínas para 25% das calorias reduziu a compulsão por comida em 60% e diminuiu pela metade o desejo de fazer um lanche à noite.Estudos em mulheres também descobriram que, ao ter um café da manhã rico em proteínas, elas reduziam os desejos de fazerem lanches tarde da noite, por causa da função melhorada da dopamina, um dos principais hormônios do cérebro envolvidos em desejos e vícios.


Proteína pode acelerar o metabolismo e a queima de gordura
Ao nos alimentarmos, aceleramos o nosso metabolismo. Isso porque o corpo usa energia (calorias) para digerir e fazer uso dos nutrientes dos alimentos, o que é chamado de efeito térmico dos alimentos (TEF). As proteínas tem um efeito térmico muito maior (20-35%) do que gordura ou carboidratos (5-15%). Um estudo sobre proteínas durante a superalimentação descobriu que um grupo de pessoas que consumia altas doses de proteína queimava  260 calorias a mais por dia do que um grupo de baixo consumo de proteína. Isto é equivalente a uma hora de exercício de intensidade moderada por dia.


Proteína pode diminuir sua pressão arterial
Em uma revisão de 40 estudos controlados, o aumento de proteína reduziu a pressão arterial sistólica em 1,76 mmHg, em média, e a pressão arterial diastólica, em 1,15 mmHg.Outro estudo descobriu que, além de reduzir a pressão arterial, uma dieta rica em proteínas também diminuía  o colesterol LDL e os triglicérides.


A proteína pode ajudá-lo a perder peso e a fugir do efeito sanfona
Em um estudo em mulheres com excesso de peso, comer proteína a 30% das calorias fez com que perdessem 5 kg em 12 semanas, sem restringir intencionalmente qualquer alimento.A proteína também tem benefícios para a perda de gordura ao restringir as calorias de modo intencional.
Em um estudo de 12 meses com 130 pessoas com excesso de peso em uma dieta com restrição calórica, o grupo de alta proteína perdeu 53% mais gordura corporal do que um grupo de proteína normal, comendo o mesmo número de calorias.


Em um estudo, o aumento da proteína de 15% para 18% das calorias reduziu o ganho de peso em 50%.Se você quiser perder peso, mantê-lo e prevenir a obesidade no futuro, considere aumentar sua ingestão de proteína.

Proteína não prejudica os rins saudáveis 
A alta ingestão de proteína pode ser prejudicial em pessoas com problemas renais, isso NÃO significa que ela tenha alguma relevância para aquelas que têm rins saudáveis.De fato, numerosos estudos analisaram esse fato e descobriram que dietas ricas em proteínas não têm efeitos prejudiciais em pessoas que estão livres da doença renal.


Proteína pode ajudar seu corpo a reparar-se após uma lesãoA proteína pode ajudar o seu corpo a se reparar depois de ter sido ferido.Uma afirmação  que faz  sentido, dado que ela forma os principais blocos de construção dos tecidos e órgãos do corpo.Numerosos estudos mostraram que comer mais proteína após uma lesão pode  acelerar a recuperação.


Proteína pode ajudá-lo a se manter em forma, à medida que envelhece
Comer mais proteína é uma das melhores maneiras de prevenir a sarcopenia relacionada à idade. Ficar fisicamente ativo também é crucial, e levantar pesos ou fazer algum tipo de exercício de resistência.

Referência: Harvard School of Public Health – What Should you Eat? Protein https://www.hsph.harvard.edu/nutritionsource/what-should-you-eat/protein/ 

Fotos de: Reprodução / Dan GalicPor: Hebert Neri

Comments

comments

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque

Americana com bumbum de 1,5m faz campanha contra obsessão por glúteos avantajados

Published

on

By

Courtney Barnes, conhecida como Ms. Miami no Instagram, onde tem mais de 830 mil seguidores, não estava satisfeita com as suas nádegas. Resolveu então turbiná-las.

Só que, sem dinheiro, Courtney apelou ao mercado ilegal. Obcecada por um bumbum novo, ela se submeteu a aplicações de substância proibida. A transformação começou quando a americana tinha 22 anos. O bumbum chegou à circunferência de 1,5 metro.

Agora, aos 35 anos, Ms. Miami resolveu posar como exemplo de excesso de vaidade e alertar outras mulheres com a mesma obsessão glútea.

Courtney, que trabalha como modelo erótica, disse que o bumbum perdeu a cor e ficou ainda mais flácido com o preenchimento. Ela ainda reclama de sofrer bullying nas redes sociais.

“OK, posso parecer uma atração de circo dos horrores por causa do meu bumbum enorme, mas quero que as pessoas vejam o meu verdadeiro eu”, disse ela em reportagem publicada no “NY Post”.

O cirurgião plástico Gonzalo Mosquera disse que Ms. Miami teve sorte de não ter tido complicações médicas em decorrência do preenchimento excessivo com substância inapropriada.

“É triste, mas é comum na região de Miami”, afirmou ele.

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

D-VASTER Pré Treino de outro planeta!

Published

on

By

O embasamento do uso de pré-treino é de que eles, quando utilizados antes dos exercícios físicos, principalmente os mais intensos, seja de maneira isolada ou combinados entre si, pode favorecer os adeptos de treinos.

A finalidade do uso desses suplementos depende do objetivo pelo qual serão utilizados.

A principal finalidade é melhorar o desempenho dos treinos para alcançar o objetivo final que é ganhar mais massa muscular.

Além disso, o suplemento pré-treino é responsável, também, por ofertar ao organismo substrato energético para que possam, também, manter ou até aumentar a performance durante os treinos.

Por isso, é necessária uma combinação adequada, em termos de componentes e quantidades, para que esse suplemento possa oferecer ao organismo condições de melhorar o desempenho nos treinos, através da força e da resistência muscular.

Sabe aquele pré-treino que você nem imagina que existe? pois é, D-Vaster não traz somente na embalagem que ele será punk, mais sim em sua formula.

Esse Pré Treino tem por objetivo o aumento da força, energia e disposição nos treinos mais intensos. Seus ingredientes agem aumentando o “PUMP” e dando aquele gás a mais nas últimas repetições, o que favorece e muito o Ganho de Massa Muscular e a Redução do Percentual de Gordura Corporal.

D-VASTER não é um pré-treino modinha, mas sim uma formulação desenvolvida com o que há de mais HARDCORE e Underground no mundo dos pré- treinos atualmente.

Benefícios
Aumento da força e energia
Maior capacidade cardiovascular
Aumento da vasodilatação
Aceleração do transporte de nutrientes aos músculos
Favorece o ganho de massa muscular e a perda de gordura
Acelera a recuperação muscular


Como tomar D_VASTER Corretamente?
A indicação de uso pra Atletas é de 2 medidores (scoop) somando 10 g e contém:

Agressive Pump NO2®
L-Arginine (1,2 g)
L-Alanine (1,8 g)
Citrullus lanatus
Beetroot Beta Vulgaris L.
Neurotic Thermatrix®
Caffeine anhydrous (400 mg)
N-Acetyl Cysteine NAC (250 mg)
L-Taurine (2,0 g)

Esses suplementos são encontrados na forma de pós e podem ser diluídos em líquidos como a água. Nos rótulos geralmente vem explicando a forma de preparo. Podem ser ingeridos cerca de meia hora antes dos treinos misturados com água gelada.

Quanto à quantidade/dosagem do pré-treino, também vem no rótulo, já que depende da composição de cada produto, não dá para generalizar e determinar a mesma quantidade para todos. 

E ai ? vai experimentar ou vai ser um ET?

confira na : www.powersupplements.com.br

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Adeus pernas gigantes e bumbuns na nuca: Conheça a geração de musa fitness que entendem tudo de cozinha e buscam equilíbrio do corpo e alma

Published

on

By

Somos bombardeados na internet o todo momento pela obsessão de termos um corpo perfeito. Muitas das chamadas musa fitness fazem receitas mirabolante na internet, mas impressionam até mesmo com a quantidade na alimentação. Algumas delas chegam a comer cerca de 50 ovos ao dia em dietas. “Parecem super humanos, não lembra em nada a realidade de mulheres normais”.


Leticia Ferreira, 26 anos, representa uma nova categoria de musas fitness, buscando acima de tudo o equilíbrio entre o espírito e o corpo, e até mesmo da balança. “Adoro cozinhar, não deixa de comer o que eu quero, buscar receitas na internet e tentar equilibrar o peso com atividades físicas reais”.


Muitas reportagens de  algumas musas fitness tendem a supervalorizar o tempo em que ficam dentro das academias e a quantidade que comem ou deixam de comer. Letícia incentiva exercícios, além de nunca se privar de encontrar o equilíbrio entre o que se come e o prazer de fazer algum exercício. “Andar de patins, subir as escadas do seu prédio, tirar 30 minutos para fazer uma meditação ou ioga.  Primeiro você tem que encontrar o equilíbrio entre o seu corpo e seu eu, você não precisa comer 40 ovos por dia pra dizer que estar bem”, ressalta. 


Fotos: Smoke fotografia e Elena Derebera | CO Assessoria

Comments

comments

Clique para Ler
Advertisement

Facebook




Mais Acessados