Connect with us

Dietas

E se chover no carnaval? Musa Fitness Milla Summers dá 4 dicas para não perder a folia e prevenir resfriados

A musa da Gaviões da Fiel Milla Summers dá cinco dicas para aproveitar a folia e evitar pegar um resfriado, chova ou faça sol

Published

on

No último ensaio técnico da Gaviões da Fiel no Anhembi, a musa Milla Summers pegou bastante chuva e chegou a ficar resfriada no dia seguinte: “sambei muito na Avenida com muita alegria, mas devido a chuva no dia seguinte estava bem resfriada, constipada. Felizmente, como meu sistema imunológico está fortalecido e eu levo uma vida saudável, me recuperei rapidamente”, conta.

Milla Summers fala sobre o que acontece: “São Paulo é conhecida como “terra da garoa” nao por acaso. O verão paulistano costuma ser muito úmido, e chove praticamente todos os dias. Mesmo com as altas temperaturas, por isso é bom se cuidar pra conseguir aproveitar a folia mesmo que chova”, declara.

Milla Summers durante ensaio técnico no Anhembi, mesmo debaixo de chuva. (Foto: Reprodução / Instagram)

Os casos de gripes e resfriados aumentam bastante nesta época devido a umidade e a alta amplitude térmica entre o dia e a noite. Para curtir a folia, chova ou faça sol, siga as dicas da musa Milla Summers:

1- Ter uma dieta de alto valor nutricional:

ingerir diariamente quantidades adequadas de água, vegetais, frutas e legumes contribui para o fortalecimento da imunidade, e ajuda na recuperação e prevenção de resfriados.

2- lavar as mãos frequentemente 

Se possível, leve com você álcool em gel e use ocasionalmente, em especial se teve contato com outras pessoas. Lembre-se também de lavar as mãos frequentemente.

3- Descanse:

Quando o corpo não descansa o suficiente, torna-se mais vulnerável, e ai qualquer chuvinha pode ser o fim dos planos de viagem ou de curtir a folia no carnaval. Descanse o suficiente para que seu corpo possa estar forte para o carnaval.

4- Praticar exercício regularmente:

A prática regular de exercícios levam a um corpo com melhor sistema imunológico e condicionamento, e também aumenta o metabolismo, que mantém o corpo mais aquecido.

Comments

comments

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque

Bella Falconi revela que levou 8 meses depois da gestação para conseguir emagrecer

Published

on

By

Bella Falconi há anos se consolidou como uma referência em fitness, boa forma e bem viver. Mesmo após de dar a luz a duas filhas, Vicky e Stella, a influencer e nutricionista exibe um abdômen sarado e partilha com os seguidores sua rotina como mãe, treinos e trabalhos.


Alguns de seus seguidores questionaram Bella sobre o segredo para ter a barriga sarada mesmo após a gestação. A influencer respondeu que o físico que hoje apresenta é resultado de boas escolhas feitas no passado e consequência da memória muscular: “o que é importante as pessoas entenderem e evitar de fazer confusão é que o corpo tem memória muscular, que eu não fiquei assim da noite pro dia e nem é algo que veio depois do nascimento das minhas filhas. Tem a ver com uma vida de exercícios físicos, de malhar pesado, alimentação regrada e disciplina. Meu corpo tem memória muscular porque eu fui atleta. Eu competia e fiz dieta restritiva por 4 anos”


Bella revela que, no entanto, voltar a apresentar a boa forma habitual não foi um processo rápido: ”Eu demorei 8 meses pra emagrecer depois do nascimento da Stella. Minha filha tem 8 meses e só agora consegui emagrecer tudo que faltava. Muita gente pensou que eu iria ficar seca logo depois de ter filhos mas isso não aconteceu. As coisas levam tempo e o corpo da gente nunca volta a ser o mesmo”. 


Ela também explicou que, embora apresente ainda a famosa barriga tanquinho, hoje em dia não tem foco nos abdominais: “só o fato de eu emagrecer minha barriga já fica marcada porque eu sempre trabalhei com hipertrofia muscular, então ao diminuir o percentual de gordura meu músculo fica aparente. Toda minha vida eu sempre botei muita carga pro abdominal. Embora hoje eu não esteja focada neste grupo muscular e em exercícios pesados para a região, basta eu emagrecer e eles aparecem”.

Fotos de:   Reprodução/ MF Press Global Por: Hebert Neri

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Como fazer a Dieta do Limão para emagrecer e perder peso rápido

Published

on

By

Como fazer a dieta de limão para perder peso rápido. Hoje em dia, especialmente as mulheres, buscam alternativas para perder peso ou manter-se saudável. Por isso, a ideia é evitar a todo custo adquirir os indesejáveis quilos extras e, assim, tentam muitos remédios e dietas em busca do corpo perfeito!

Como Fazer a Dieta do Limão para Perder Peso Rápido Certamente, um tratamento que tem se mostrado muito eficaz para muitas pessoas, tornando-se popular por seus excelentes resultados é a dieta do limão, porém, é aconselhável buscar a orientação de um especialista ao iniciar qualquer dieta.

Com a dieta do limão, você pode emagrecer de 2 a 8 kg por mês, quando associada com a alimentação saudável e à prática regular de exercícios físicos.

limão é rico em vitamina C, cálcio, magnésio, potássio, fósforo e fibra dietética e, também contém vitamina B1, B2, B3, B6, ferro e zinco. Então, a dieta de limãoconsiste, principalmente, na ingestão de alimentos diuréticos, como o limão, que favorecem a eliminação de líquidos retidos no organismo, ajudando na perda de peso.

Como fazer a dieta de limão?

Antes de iniciar a dieta de limão, tenha em mente que o limão não fará perder peso sozinho, mas, deve ser aliado a uma dieta saudável, com pouca gordura, alimentos diuréticos e exercícios físicos. Dessa forma, compreende-se que o limão é excelente para facilitar a eliminação de gorduras e deixar seu corpo em forma.

A forma correta de usar o limão para emagrecer é espremer meio limão em um copo de água morna e beber logo em seguida, sem adicionar açúcar. Deve-se beber a água de limão em jejum, cerca de 30 minutos antes do café da manhã. Ele irá ajudar limpar o intestino, eliminando o excesso de gordura e muco que se acumula nesse órgão.

limão também pode ser tomado antes das principais refeições, porém, com água gelada. A água gelada faz com que o organismo gaste mais energia para aquecê-lo, ou seja, acelera o metabolismo, queimando as calorias, no que ajuda perder peso rápido.

Como Fazer a Dieta do Limão para Perder Peso RápidoUse o limão para temperar as saladas, peito de frango, etc. Afinal, o limão é considerado indispensável para equilibrar nosso pH e, isso favorece o bom funcionamento do metabolismo e do organismo, facilitando a perda de peso.

Dieta do limão para perder peso rápido

Para a maioria das pessoas é muito difícil beber água durante o dia, então, misturar o suco de meio limão com um litro de água para beber diariamente, além de hidratar o corpo, também vai te ajudar perder peso rápido.

limão possui efeito diurético quase imediato, ajuda combater a retenção de líquidos, prisão de ventre, melhora a digestão e potencializa a função do fígado, devido ao seu alto teor de antioxidantes.

No final da tarde, você pode tomar o chá do limão com canela que, irá melhorar sua digestão, como também acelerar o metabolismo para emagrecer mais rápido. Portanto, para perder peso, esse chá pode ser tomado até quatro vezes por semana.

dieta do limão deve estar sempre associada a alimentação saudável, com introdução de alimentos integrais, pobres em gorduras ruins, sem adicionar açúcares. Enfim, é importante ressaltar que o consumo em excesso de limão não irá aumentar seus benefícios, pelo contrário, prejudicará sua saúde.

Comments

comments

Clique para Ler

Alimentação e Nutrição

A Dieta do Ovo Cozido para Emagrecer

Published

on

By

Não são poucas as dietas que prometem uma perda de peso rápida e milagrosa. Tem aquela que restringe os carboidratos, outra que só permite proteínas, e até uma que só permite frutas. O que quase todas elas têm em comum é que são altamente restritivas e falham em promover a reeducação alimentar.

Ao eliminar um grupo alimentar inteiro (como é o caso das dietas sem gordura, ou então das dietas low carb, que praticamente proíbem o consumo de alimentos ricos em carboidratos), essas dietas podem causar deficiências nutricionais e inevitavelmente acabam levando ao indesejado efeito sanfona. Ou seja, muitas dessas dietas milagrosas até emagrecem, mas a probabilidade de voltar a engordar tudo de novo é bastante alta, já que não houve uma alteração nos hábitos alimentares, mas somente a exclusão de determinados alimentos.

Nesse cenário, a dieta do ovo cozido parece ser uma opção um pouco mais razoável, já que não exclui nenhum grupo alimentar ou sugere um consumo muito baixo de calorias. É importante entender como funciona a dieta do ovo cozido para emagrecer, o cardápio e dicas para não voltar a engordar novamente com o efeito sanfona.

O que é a Dieta do Ovo Cozido?

Esta dieta consiste em consumir um ovo poché ou cozido antes das três principais refeições diárias – café da manhã, almoço e jantar. O viés da dieta do ovo cozido para emagrecer é aumentar a saciedade com o ovo e reduzir o consumo de calorias durante a refeição seguinte.

Tudo isso, é claro, em conjunto com uma dieta levemente hipocalórica – ou seja, que contém menos calorias do que seu metabolismo necessita para realizar suas atividades diárias. Isso significa que a dieta do ovo cozido é um plano alimentar com restrição de calorias, que utiliza o maior poder de saciedade das proteínas para provocar uma perda de peso sem que você precise passar fome como em outras dietas altamente restritivas.

Como funciona a dieta do ovo cozido para emagrecer?

Por que incluir três ovos na dieta? O ovo emagrece? Existem, na verdade, várias razões pelas quais consumir ovos cozidos antes da refeição pode ser uma boa ideia para quem está tentando emagrecer. Veja por quê:

1. O ovo traz saciedade

O ovo é rico em proteínas e gorduras – são cerca de 6g de cada por unidade – dois nutrientes que possuem digestão mais lenta que os carboidratos e que portanto trazem mais saciedade. Para serem quebradas em aminoácidos, as proteínas do ovo exigem um grande gasto energético por parte do organismo, que se vê obrigado a retirar energia de suas reservas para auxiliar a digestão.

Ou seja, consumir um alimento rico em proteínas e sem carboidratos como o ovo acelera o metabolismo e causa uma mobilização dos estoques de gordura – sobretudo a abdominal, levando a um aumento da lipólise (queima de gordura) para auxiliar na digestão. Portanto, podemos dizer que o ovo cozido queima gorduras (na ausência de carboidratos).

Consumir um ovo inteiro antes de cada refeição fará com que você se sinta saciado com uma quantidade menor de alimentos na próxima refeição, facilitando a manutenção da dieta hipocalórica.

E essa afirmação tem comprovação científica. Em um estudo realizado pelo Rochester Center, nos Estados Unidos, pesquisadores constataram que o consumo de ovos no café-da-manhã pode diminuir o consumo de calorias ao longo do dia – podem ser até 400 calorias a menos em um período de 24 horas.

No estudo, 30 mulheres com sobrepeso ou obesas receberam um café da manhã que continha ou dois ovos ou um bagel (um tipo de pão em formato de anel) com um complemento, sendo que as duas opções tinham a mesma quantidade de calorias e proteínas.

Após acompanhar os hábitos alimentares das participantes do estudo ao longo do dia, os pesquisadores puderam notar que aquelas que haviam consumido os ovos no café da manhã sentiram menos fome antes do almoço, e como resultado acabaram consumindo menos calorias durante a refeição. E não foi só isso: durante as 36 horas seguintes, o grupo que comeu ovos consumiu, em média, 417 calorias a menos do que aquele que recebeu o bagel na primeira refeição do dia.

Vale lembrar que, para que você obtenha um resultado semelhante, sua dieta deverá ser hipocalórica.

2. O ovo é fonte de vitamina B12

A vitamina B12 ajuda a emagrecer de maneira indireta. Isso porque ela ajuda a metabolizar as proteínas e gorduras, produzindo energia que torna o organismo mais ativo durante o dia. Isso significa que a vitamina B12 estimula o metabolismo e pode auxiliar na redução das reservas de gordura do corpo.

Além disso, a vitamina B12 presente no ovo o deixará com mais energia e disposição para se exercitar, o que também poderá auxiliar no emagrecimento.

3. O ovo é fonte de triptofano

O ovo é uma das melhores fontes de triptofano, um aminoácido que estimula a produção de serotonina (um tipo de neurotransmissor) no cérebro. Entre outras funções, a serotonina pode controlar o apetite e diminuir a compulsão alimentar, além de também diminuir a ansiedade e o estresse.

Níveis adequados de triptofano no organismo podem diminuir a vontade de comer doces e facilitar o processo de emagrecimento através de uma diminuição da fome hedônica – ou seja, aquela fome que aparece mesmo quando o corpo não está com deficiência energética.

4. Comer ovos não causa picos de glicose

Essa é uma propriedade do ovo bastante interessante, sobretudo pela manhã. Ao acordarmos, nossa glicose está lá embaixo (afinal, ficamos pelo menos 8 horas em jejum) e tudo que nosso corpo precisa é de uma fonte de carboidratos para restabelecer suas taxas normais de açúcar no sangue.

Acontece que, se você consome um carboidrato logo ao acordar e sem uma fonte de proteína em conjunto, seus níveis de glicose vão lá para cima de maneira muito rápida, o que obriga o organismo a liberar uma grande quantidade de insulina para jogar essa glicose para dentro das células. E adivinha o que acontece quando toda a glicose vai para dentro das células? Isso mesmo, seus níveis de açúcar vão lá para baixo de novo, no que é conhecido como o famoso pico de glicose.

Quando isso acontece, seu cérebro envia um sinal para você se alimentar novamente, o que significa sentir fome logo após ter acabado de comer uma fatia de pão com geleia. E a má notícia é que isso ocorre ao longo do dia também, pois quando ficamos sem nos alimentar por muitas horas as taxas de glicose caem drasticamente.

Como possui digestão lenta e não contém carboidratos, o ovo não causa grandes oscilações na glicose sanguínea, o que o ajudará a controlar o apetite na primeira refeição do dia. Consumir um ovo antes da refeição principal poderá ajudá-lo a estabilizar a glicose sanguínea sem precisar sofrer com alterações bruscas de apetite logo em seguida.

5. Ovos favorecem a síntese de adiponectina

O consumo de ovos pode aumentar a produção de adiponectina, um hormônio que acelera o metabolismo, aumenta a queima de gordura, melhora a sensibilidade à insulina e diminui o apetite.

Ovo Emagrece

Para quem ainda não está convencido dos benefícios do ovo para a perda de peso, o vídeo abaixo pode ajudar a esclarecer um pouco mais o assunto:

Mas o ovo não aumenta o colesterol?

O ovo é sem sombra de dúvidas o alimento mais controverso em nossa alimentação; em um dia é o melhor alimento do mundo, no outro não se deve nem olhar para ele. Felizmente, no entanto, grande parte das pesquisas realizadas nos últimos anos tem não somente absolvido o ovo como até recomendado o seu consumo. Por isso, parece uma boa ideia adotar a dieta do ovo cozido para emagrecer.

Para uma boa parcela dos profissionais da área médica, o consumo de até 3 ovos durante a semana não aumenta o colesterol e ainda pode ser benéfico para a saúde. Isso porque, como já vimos, o ovo é fonte de uma série de nutrientes importantes para a saúde, sendo considerado inclusive um dos alimentos mais completos do mundo.

Além disso, os cientistas têm comprovado que o consumo de colesterol na dieta não necessariamente aumenta os níveis de colesterol na circulação sanguínea. A justificativa seria que o fígado já produz, todos os dias, uma grande quantidade de colesterol. Assim, quando consumimos ovos na dieta, o fígado tende a produzir menos colesterol, mantendo estáveis as taxas de colesterol total na circulação.

Pesquisas sugerem que, para 70% dos indivíduos, o ovo não tem efeito sobre o colesterol, enquanto para as demais 30% o consumo de ovos pode elevar levemente as taxas de LDL (o colesterol ruim).

Algumas pessoas, no entanto, apresentam hipercolesterolemia familiar, uma condição hereditária que se caracteriza por taxas elevadas de LDL no sangue, independentemente do consumo de colesterol na dieta. Para quem apresenta a condição, o consumo de ovos (as claras costumam ser permitidas) deve ser evitado, sob o risco de elevar ainda mais as taxas de colesterol total.

Cardápio da dieta do ovo cozido para emagrecer

Não existe um cardápio especifico para fazer a dieta do ovo cozido para emagrecer, uma vez que o objetivo é combinar o ovo com uma dieta hipocalórica, e não com determinados alimentos pré-selecionados.

Assim, o que temos abaixo é uma sugestão de um cardápio com poucas calorias e que inclui um ovo cozido (ou poché) antes de cada refeição principal. E sim, você deverá comer o ovo antes de fazer a refeição principal.

Café da manhã:

1 ovo cozido +

  • Opção 1: 1 xícara de café com leite desnatado + 2 torradas integrais + ½ mamão papaia;
  • Opção 2: 2 torradas integrais + 1 pote de iogurte desnatado + ½ manga;
  • Opção 3: 1 banana + 2 colheres de granola light + 1 xícara de café com leite desnatado.

Lanche da Manhã:

Escolha somente uma das alternativas:

  • Opção 1: 1 pote de iogurte desnatado;
  • Opção 2: 1 maçã;
  • Opção 3: 4 morangos.

Almoço:

1 ovo cozido +

  • Opção 1: 1 filé de frango grelhado + ½ xícara de repolho cozido + salada verde;
  • Opção 2: 1 bife médio grelhado + ½ concha de feijão + salada com alface, pepino e couve;
  • Opção 3: Salada com alface + 1 fatia de queijo branco em cubos + 4 tomates cerejas picados + 2 fatias de peito de peru;
  • Opção 4: Sanduíche com duas fatias de pão integral + 2 folhas de alface + 2 colheres de atum em água + 1 rodela de tomate + 1 colher de creme de ricota light.

Lanche da Tarde:

  • Opção 1: 1 pera + 1 copo com água;
  • Opção 2: 1 maçã + 1 copo com água;
  • Opção 3: 2 castanhas + 1 goiaba.

Jantar:

1 ovo cozido +

  • Opção 1: Salada de rúcula, tomate cereja e alface + 1 fatia de queijo branco;
  • Opção 2: 1 filé de peixe (magro) grelhado + 1 batata pequena cozida + 4 tomates cerejas;
  • Opção 3: 1 filé frango + 2 colheres de arroz integral + salada verde.

Dicas

Confira algumas dicas para obter sucesso com a dieta do ovo cozido para emagrecer:

  1. Prefira ovos caipiras e orgânicos;
  2. Tente comer o ovo sem sal, já que o sódio aumenta a retenção de líquidos e irá deixar você inchado;
  3. Não frite ou acrescente gordura aos ovos. Para aumentar a saciedade, o ovo deverá estar cozido e, no máximo, acompanhado de um tempero natural, como orégano ou salsinha;
  4. Um ovo contém, aproximadamente, 70 calorias, o que dará um total de 180 calorias (para três ovos) para serem inclusas na sua soma diária;
  5. Não faça a dieta por mais de uma semana, já que a quantidade de ovos é muito grande e pode causar problemas aos rins;
  6. Continuar com sua alimentação normal e simplesmente acrescentar um ovo não irá fazer você perder peso; pelo contrário, você poderá até engordar caso opte por simplesmente adicionar três ovos à dieta sem fazer alterações nos hábitos alimentares;
  7. Beba muita água, tanto para facilitar a eliminação de toxinas e diminuir o inchaço como para proteger os rins, que poderão ficar sobrecarregados ao processar a grande quantidade de proteínas dos ovos;
  8. Não faça essa dieta se você tiver histórico de problemas renais ou níveis elevados de LDL (colesterol ruim);
  9. Resista à tentação e não faça omelete, ovo mexido ou ovo frito. Limite-se ao ovo cozido, para prolongar a digestão e aumentar a saciedade sem exagerar nas calorias;
  10. O cardápio acima é somente uma sugestão, já que a recomendação é que você procure um nutricionista para que ele o oriente com uma dieta que atenda suas necessidades específicas.

E, por último, lembre-se de que não existe dieta milagrosa, e somente a reeducação alimentar e a prática diária de atividade física podem fazer alterações significativas e permanentes no seu peso.

Vídeo:

E ai, gostou das dicas?


Comments

comments

Clique para Ler
Advertisement

Facebook




Mais Acessados