Connect with us

Destaque

Hidratação e exercício físico

Published

on

A hidratação está intimamente relacionada com o desempenho no esporte.
As recomendações relativas à hidratação durante a prática de esportes depende do tipo de exercício, intensidade e duração do mesmo.
A desidratação aumenta a temperatura corporal e reduz o desempenho, levando à riscos para saúde.

De acordo com a Diretriz de modificações dietéticas para o esporte “Com 1 a 2% de desidratação inicia-se o aumento da temperatura corporal em até 0,4oC para cada percentual subsequente de desidratação. Em torno de 3%, há redução importante do desempenho; com 4 a 6% pode ocorrer fadiga térmica; a partir de 6% existe risco de choque térmico, coma e morte.”

A reposição hídrica deve ser equivalente à perda de líquidos pelo suor, o que regula a temperatura corporal e melhora o desempenho.

Com relação aos sinais da desidratação, é fundamental identifica-los. A Diretriz descreve “Quando leve a moderada, ela se manifesta com fadiga, perda de apetite e sede, pele vermelha, intolerância ao calor, tontura, oligúria e aumento da concentração urinária. Quando grave, ocorre dificuldade para engolir, perda de equilíbrio, a pele se apresenta seca e murcha, olhos afundados e visão fosca, disúria, pele dormente, delírio e espasmos musculares.”

Como repor?

Para atividades leves e de curta duração (abaixo de 1h), apenas água é suficiente para hidratar.
Para atividades com mais de 1h de duração, ou de menor duração mas que sejam intensas como futebol basquete, tênis, handebol, há a necessidade de incluir sódio e carboidratos junto à agua, o que melhora os processos hidroeletrolíticos.

No suor há perda de sódio. Se a atividade for intensa e a sudorese também, pode ocorrer hiponatremia, uma concentração de sódio muito baixa, que pode causar apatia, náusea, vômito, consciência alterada e convulsões.
Portanto, em exercícios prolongados, que ultrapassam uma hora de duração, recomenda-se beber líquidos contendo de 0,5 a 0,7g.l-1 (20 a 30mEq•l-1) de sódio, que corresponde a concentração similar ou mesmo inferior àquela do suor de um indivíduo adulto.

A inclusão de carboidratos nessa bebida melhora o desempenho. Deve-se preferir mistura de glicose, frutose e sacarose.

A recomendação é que se consuma de 30 a 60g de carboidrato por hora de exercício, visando evitar a fadiga.
Porém, sua ingestão não deve ultrapassar 80g/hora. O uso de gel energético é indicado, mas deve ser acompanhado da ingestão de água.

Quando ingerir?

A ingestão de líquidos deve ser antes, durante e depois do exercício.
Para começar o exercício bem hidratado, ingerir 250 a 500ml de líquidos 2h antes do mesmo.
Iniciar a hidratação nos primeiros 15 minutos e continuar a cada 15 ou 20 minutos.
Após o exercício, continuar bebendo líquidos para se hidratar. Deve-se repor 125 a 150% dos fluidos perdidos (para saber basta se pesar antes e depois do exercício). Essa reposição pode ser feita nas 4 a 6 horas seguintes ao término do exercício.
Fique de olho na coloração de sua urina. Urina clara, quase incolor, é sinal de boa hidratação.

Receita

Bebida esportiva caseira
Água – 500ml
Maltodextrina – 33g
Sal – 0,56 g

Gatorade de uva
Para 1000 ml
•Suco de uva integral (100 ml) = 18,5 g de CHO
•Açúcar refina. (5 colh.sobre.ch.= 41,5 g) = 41,5 g CHO
•Sal (colh.cafezinho rasa: 1,14g) = 441,807 mg de Na+
•Água quantidade necessária para completar 1 litro

– Ingerir 500ml/hora
Fonte: Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potenciais riscos para a saúde. Suplemento – Rev Bras Med Esporte – Vol. 15, No 3 – Mai/Jun, 2009

Fluids in Sport

Heloiza Muniz
Nutricionista – CRN3 30096
www.heloizamuniznutri.com
www.heloizamuniznutri.blogspot.com
IG: heloizanutri
FB: Heloiza Muniz Nutricionista

Comments

comments

Alimentação e Nutrição

Como não engordar e comer sobremesa todos os dias. conheça a Énozes

Published

on

By

Já pensou em comer sobremesa todos os dias sem sair da dieta?

Recentemente nossa equipe conheceu a Énozes, não é uma simples pasta de amendoim para quem busca incluir em sua dieta, e sim produtos selecionados a dedo para criar uma sobremesa perfeita, que encaixa direitinho na sua dieta.

E posso dizer com todas as palavras, SENSACIONAL, nunca tinha experimentado uma pasta de amendoim tão gostosa, tão saborosa, sem aquele gosto artificial, com conservantes, produto industrializado.

As pastas da Énozes, parecem que acabaram de ser preparadas, a textura é incrível, o sabor não posso nem comentar, pois já dá uma vontade de comer.

Gosta de beijinho de festa? sim aquele doce… que tal uma pasta de amendoim exatamente com o mesmo sabor? sim existe!

A de churros então…. hmmmmm Só tenho que tirar o chapéu para Énozes!

O objetivo dele é o sabor! Ser saudável é uma consequência (e das boas!). O amendoim e castanha torrados em banda, estévia desidratada em pó, agave, caramelo sem açúcar, chocolate sem lactose, cacau belga, leite de coco em pó, coco ralado e canela em pó são os responsáveis por tanta gostosura dentro de 210g de pasta. Ingredientes premium são uma garantia do alto padrão de qualidade do produto!

O Fundador da Énozes, Mauricio, nos conta que tinha dificuldade em emagrecer, pois assim como ele, quem não gosta de uma sobremesa? Foi assim que surgiu o Énozes, criando uma linha de produtos que leva Pasta de Amendoim e Castanhas, possui uma grande variedade de sabores, podendo assim comer aquela sobremesa sem culpa.

Assista o vídeo e veja a historia de Mauricio, a onde perdeu 65kg

Mauricio fala sobre suas pastas e como iniciou tudo, e claro a sua EXPERIÊNCIA PRÓPRIA: COMO NÃO ENGORDAR E COMER SOBREMESA TODOS OS DIAS

Conheça as pastas de amendoim veganas da Énozes! Sabor e qualidade.

Se interessou? e quer saber todos os sabores que eles tem disponível? entre no site deles aqui: https://oferta.amoenozes.com.br/

Ou em suas redes sociais: Instagram e Facebook!

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

“Elas só não assumem” declara Cida Alves, sósia de Tata Werneck, sobre próteses e produtos no bumbum

Published

on

By

Cida fez seu primeiro ensaio para mostrar o antes e depois do resultado após apenas 3 meses de treino intensivo 

Cida Alves ficou conhecida nacionalmente como sósia da atriz Tata Werneck, tanto que nessa “brincadeira” entre semelhanças, que ela foi convidada pela própria atriz a participar do programa Lady Night. 

Cida resolveu modificar o seu corpo e investir no mercado fitness. Para isso, investiu cerca de quase R$ 12 mil reais em consultas com médicos e preparadores físicos. Todo o processo durou quase 3 meses. “Não foi fácil, tive que abrir mão de muita coisa e também tive que mudar completamente meus hábitos alimentares e a rotina”.

Cida ainda revelou que quando olha as fotos de sua preparação física se impressiona com os resultados. “Pareço outra mulher, eu acredito que essa mudança hoje ajuda a auto estima, me sinto mais confiante”.

Em suas redes sociais, o que mais chamou atenção foram as suas novas curvas avantajadas. O tamanho do bumbum também foi algo que chamou a atenção de seus seguidores.  Muitos questionaram sobre ela ter colocado próteses. Em resposta, ela foi categórica. “Todas elas têm, já fiz procedimento estético no meu bumbum, elas só não assumem”.
Fotos: Divulgação | CO Assessoria

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Fisiculturismo é esporte: colunista da ESPN e atleta Renata Spallicci revela que o segredo do corpo sarado está na mente

Published

on

Recentemente aprovado como modalidade dos Jogos Pan Americanos a partir de 2019, o fisiculturismo tem ganhado cada vez mais relevância e reconhecimento como modalidade desportiva. A inclusão foi definida durante reunião da ODEPA (Organização Desportiva Pan-Americana) em Doha, no Catar. Também conhecido como culturismo, o esporte premia o atleta que melhor molda seu corpo. Muitos não sabem mas fisiculturismo é esporte e vai muito além de agigantar os músculos e puxar ferro na academia.

Dentre os expoentes do fisiculturismo nacional está a empresária e atleta profissional Renata Spallicci, que é uma grande defensora e propulsora do esporte em nível internacional e que partilha semanalmente em sua coluna na ESPN Brasil dicas para aqueles que querem alcançar não apenas um corpo mais atlético, com músculos definidos e hipertrofiados, e também melhor qualidade de vida: “o fisiculturismo é esporte, mas é muito além disso. É um estilo de vida e que pode trazer muito mais benefícios do que ficar de bem com o espelho e conquistar uma estética invejável”.

Empresária e atleta profissional Renata Spallicci. (Toby Harrison / MF Press Global)

No entanto, Renata conta que, ao contrário do que muitos pensam, o segredo para alcançar o corpo dos sonhos é mais mental do que físico: “uma das características que mais amo no fisiculturismo é o quanto a atividade envolve o poder mental. Quem olha de fora, sem conhecer o esporte, pode pensar que, para ser um atleta fitness, tudo se resume ao corpo, a ganhar músculos e ter uma alimentação controlada. Sim, esta é uma realidade também, mas é somente a parte visível de quem não está por dentro do que, na verdade, é o fisiculturismo. Falo isso porque a parte invisível diz sobre o quanto precisamos ter força mental, exatamente para conseguirmos controlar nosso corpo a ter restrições alimentares severas, treinos altamente desgastantes e suportarmos as pressões das competições”. 

Empresária e atleta profissional Renata Spallicci. (Toby Harrison / MF Press Global)

A fisiculturista profissional e diva WBFF (World Beauty Fitness Fashion, em inglês) revela que a mente é um importante instrumento e, quando ela não está totalmente condicionada para suportar a carga emocional de uma competição ou de uma preparação, ou até mesmo de uma meta pessoal traçada por um atleta amador, esse descompasso se reflete automaticamente no resultado e na performance esportiva: “afinal, cabe à nossa dimensão psicológica integrar a motricidade, os conhecimentos táticos e mesmo o potencial fisiológico, de modo a garantir o alto desempenho. O Barão de Coubertin dizia que o corpo são é sinônimo de mente sã, mas eu acredito que seja o oposto, que o corpo acompanha a mente e não o oposto. Só vamos conseguir ter o corpo que queremos se primeiro tivermos o mindset correto”.

Empresária e atleta profissional Renata Spallicci. (Toby Harrison / MF Press Global)

Comments

comments

Clique para Ler
Advertisement

Facebook




Mais Acessados