Connect with us

Destaque

Preciso de proteína! qual suplemento escolher?

Published

on

A relação entre o treinamento de musculação e uma adequada ingestão protéica já está bem estabelecida. No entanto, devido às poucas opções de alimentos fonte de proteína disponíveis, a suplementação alimentar acaba sendo praticamente inevitável para aqueles que levam uma rotina de treinamento mais intensa. Na década de 70, essa suplementação era realizada basicamente com claras de ovos desidratadas. Na década de 80, além da albumina, a proteína de soja e alguns compostos de aminoácidos também foram muito utilizados. Quando eu iniciei meus treinamentos de musculação, bem no início dos anos 90, a albumina ainda reinava no mercado, mas já se começava a falar em whey protein.

Sempre recomendo para meus atletas e pacientes que a grande maioria da ingestão diária de proteínas deve ser proveniente de fontes alimentares como: carnes vermelhas magras, aves, peixes, frutos do mar, ovos, derivados do leite e soja (em alguns casos). No entanto, em algumas situações (imediatamente antes ou após o treino), a utilização de suplementos alimentares pode proporcionar maiores benefícios – como a velocidade de absorção, por exemplo. Além de momentos em que a ingestão de um alimento sólido torna-se complicada (ou você comeria um filé de peito de frango na frente do seu chefe em uma reunião bem no meio da tarde?).

Nos dias atuais, temos uma grande variedade de suplementos protéicos disponíveis no mercado. Isto é fantástico, mas de nada adianta essa grande oferta, se não houver um consumo adequado desses produtos. Neste artigo iremos discutir os suplementos protéicos mais comuns e como poderiam ser utilizados.

Whey protein

Sem dúvida a whey protein é o suplemento mais vendido atualmente. Todo esse destaque é merecido, visto que essa proteína, proveniente do soro do leite, apresenta efeitos positivos no combate de alguns tipos de câncer, ação antioxidante (glutationa – excelente para otimizar o processo de recuperação), estimula a síntese protéica (rica em leucina), dentre outros efeitos.

Um benefício da whey protein não muito comentando e muito importante, seria a capacidade de aumentar o fluxo sanguíneo para os músculos. A whey contém peptídeos que inibem certa enzima (ACE) que possui ação vasoconstritora. Isto proporciona um maior fornecimento de nutrientes, hormônios anabólicos (GH e testosterona) e oxigênio para os músculos durante o exercício. O resultado seria uma melhor performance durante o treinamento e uma ótima recuperação/regeneração após.

Devido a sua capacidade de ser absorvida rapidamente, os melhores horários para o uso de whey protein seriam: desjejum, logo antes e logo após o treino. Dentre as formas desse suplemento encontradas no mercado (concentrada, hidrolisada, isolada, isolada micro particulada), a hidrolisada e a isolada micro particulada são as que possuem a maior velocidade de absorção.

Caseína micellar

Cerca de 80% da proteína do leite é caseína. Possui grande concentração de glutamina, que possui inúmeros benefícios para um indivíduo engajado em um treinamento intenso, fortalecendo o sistema imune e estimulando a síntese protéica. A caseína é conhecida pela sua velocidade de absorção mais lenta do que a whey protein, sendo perfeita para ser utilizada como complemento protéico de refeições intermediárias e antes de dormir. Alguns estudos apresentam benefícios em utilizar caseína micellar em conjunto com whey protein imediatamente após o treino. Inclusive alguns bodybuilders de sucesso, vêm utilizando essa fórmula e afirmam obter grandes resultados.

Proteína do leite isolada

Este suplemento (milk protein) apresenta os benefícios protéicos do leite (caseína e whey protein), com remoção de praticamente toda lactose e gordura encontradas no leite. Fornece geralmente cerca de 85% de proteína, apresentando uma velocidade de absorção mais lenta do que a whey protein. Portanto, é uma excelente escolha para ser utilizada nas refeições intermediárias e antes de dormir.

Proteína da carne em pó

Embora possa parecer estranho, os suplementos a base de proteína da carne bovina possuem uma rápida absorção. É removida toda a gordura da carne, restando os aminoácidos e outras substâncias interessantes, como a creatina. São ótimas opções para quem possui intolerância à lactose e/ou outras substâncias presentes no leite de vaca. Devido à capacidade de rápida absorção, é uma boa alternativa para ser utilizada no desjejum, logo antes e logo após o treinamento.

Proteína da clara do ovo – Albumina

Apesar de já ter tido seus anos de glória, a albumina ainda pode ser muito bem utilizada, visto seu alto valor biológico. A albumina é rica em BCAAS e em arginina, auxiliando respectivamente na síntese protéica e no estímulo a produção de óxido nítrico. A clara do ovo contém mais de 40 diferentes tipos de proteína, mas cerca de 55% é albumina. Possui uma absorção mais rápida do que a caseína micellar e mais lenta do que a whey protein. Pode ser muito bem utilizada nas refeições intermediárias e/ou antes de dormir (com caseína). A albumina é muito conhecida por seus efeitos quanto ao aumento da flatulência. Uma sugestão seria mastigar muito bem os alimentos se estiver usando essa suplementação. Com isto, a ingestão de ar reduziria consideravelmente. Como tudo que entra, tem que sair… Bom, façam o teste e verão que funciona.

Proteína da soja

Muitos adeptos da musculação simplesmente desprezam a proteína de soja devido à presença de fito estrógenos, com o medo de reduzir a produção endógena de testosterona. Diversos estudos já comprovaram de que esta relação é uma falácia. A proteína isolada de soja é uma excelente fonte protéica, inclusive do aminoácido arginina. Este aminoácido auxilia nos níveis de óxido nítrico e hormônio do crescimento.

Também possui uma excelente concentração de antioxidantes. Em períodos de redução da gordura corporal, a proteína isolada de soja apresenta um ótimo papel, visto que apresenta um auxílio no controle do apetite e melhor ajuste dos hormônios tireoidianos. Apresenta velocidade de absorção mais lenta do que a whey protein e mais rápida do que a caseína. Alguns estudos demonstram que sua utilização pode ser bem útil em conjunto com a whey protein tanto no período pré como no período pós treino. O uso no período pré-treino se justificaria devido à presença de arginina e o uso no período pós-treino devido à presença dos antioxidantes. Uma outra dica seria o uso de proteína isolada de soja em conjunto com caseína micellar e albumina nas refeições intermediárias, fazendo portanto, um mix protéico da mais alta qualidade.

Como vimos, temos ótimas opções de suplementos protéicos disponíveis no mercado. Tudo irá depender da necessidade, características da dieta e disponibilidade financeira. Lembre-se que grandes campeões do passado como Arnold Schwarzenegger, Sergio Oliva, Franco Columbo, Frank Zane, dentre outros, não possuíam toda esta variedade a disposição e mesmo assim conseguiram resultados fantásticos! O grande determinante do sucesso ainda é a determinação de cada um! Para evitar um uso inadequado da suplementação alimentar, busque sempre orientação com um nutricionista esportivo.

Fonte: www.rodolfoperes.com.br

Comments

comments

1 Comment

1 Comment

  1. Isac de Melo

    20 de junho de 2013 at 10:13

    Proteína do leite isolada
    Este suplemento (milk protein) apresenta os benefícios protéicos do leite (caseína e whey protein), com remoção de praticamente toda lactose e gordura encontradas no leite. Fornece geralmente cerca de 85% de proteína, apresentando uma velocidade de absorção mais lenta do que a whey protein. Portanto, é uma excelente escolha para ser utilizada nas refeições intermediárias e antes de dormir.

    Referente a esta informação… Se o Whey isolado, ou proteína isolada do leite, sendo é que, como mesmo disse na afirmação acima, com remoção de praticamente toda lactose e gordura encontradas, como é que isso pode ter uma absorção mais lenta que um whey protein, no caso concentrado? Essa informação entra em contradição! Podes me esclarecer isso? Tenho dúvida, gostaria de saber!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque

Americana com bumbum de 1,5m faz campanha contra obsessão por glúteos avantajados

Published

on

By

Courtney Barnes, conhecida como Ms. Miami no Instagram, onde tem mais de 830 mil seguidores, não estava satisfeita com as suas nádegas. Resolveu então turbiná-las.

Só que, sem dinheiro, Courtney apelou ao mercado ilegal. Obcecada por um bumbum novo, ela se submeteu a aplicações de substância proibida. A transformação começou quando a americana tinha 22 anos. O bumbum chegou à circunferência de 1,5 metro.

Agora, aos 35 anos, Ms. Miami resolveu posar como exemplo de excesso de vaidade e alertar outras mulheres com a mesma obsessão glútea.

Courtney, que trabalha como modelo erótica, disse que o bumbum perdeu a cor e ficou ainda mais flácido com o preenchimento. Ela ainda reclama de sofrer bullying nas redes sociais.

“OK, posso parecer uma atração de circo dos horrores por causa do meu bumbum enorme, mas quero que as pessoas vejam o meu verdadeiro eu”, disse ela em reportagem publicada no “NY Post”.

O cirurgião plástico Gonzalo Mosquera disse que Ms. Miami teve sorte de não ter tido complicações médicas em decorrência do preenchimento excessivo com substância inapropriada.

“É triste, mas é comum na região de Miami”, afirmou ele.

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

D-VASTER Pré Treino de outro planeta!

Published

on

By

O embasamento do uso de pré-treino é de que eles, quando utilizados antes dos exercícios físicos, principalmente os mais intensos, seja de maneira isolada ou combinados entre si, pode favorecer os adeptos de treinos.

A finalidade do uso desses suplementos depende do objetivo pelo qual serão utilizados.

A principal finalidade é melhorar o desempenho dos treinos para alcançar o objetivo final que é ganhar mais massa muscular.

Além disso, o suplemento pré-treino é responsável, também, por ofertar ao organismo substrato energético para que possam, também, manter ou até aumentar a performance durante os treinos.

Por isso, é necessária uma combinação adequada, em termos de componentes e quantidades, para que esse suplemento possa oferecer ao organismo condições de melhorar o desempenho nos treinos, através da força e da resistência muscular.

Sabe aquele pré-treino que você nem imagina que existe? pois é, D-Vaster não traz somente na embalagem que ele será punk, mais sim em sua formula.

Esse Pré Treino tem por objetivo o aumento da força, energia e disposição nos treinos mais intensos. Seus ingredientes agem aumentando o “PUMP” e dando aquele gás a mais nas últimas repetições, o que favorece e muito o Ganho de Massa Muscular e a Redução do Percentual de Gordura Corporal.

D-VASTER não é um pré-treino modinha, mas sim uma formulação desenvolvida com o que há de mais HARDCORE e Underground no mundo dos pré- treinos atualmente.

Benefícios
Aumento da força e energia
Maior capacidade cardiovascular
Aumento da vasodilatação
Aceleração do transporte de nutrientes aos músculos
Favorece o ganho de massa muscular e a perda de gordura
Acelera a recuperação muscular


Como tomar D_VASTER Corretamente?
A indicação de uso pra Atletas é de 2 medidores (scoop) somando 10 g e contém:

Agressive Pump NO2®
L-Arginine (1,2 g)
L-Alanine (1,8 g)
Citrullus lanatus
Beetroot Beta Vulgaris L.
Neurotic Thermatrix®
Caffeine anhydrous (400 mg)
N-Acetyl Cysteine NAC (250 mg)
L-Taurine (2,0 g)

Esses suplementos são encontrados na forma de pós e podem ser diluídos em líquidos como a água. Nos rótulos geralmente vem explicando a forma de preparo. Podem ser ingeridos cerca de meia hora antes dos treinos misturados com água gelada.

Quanto à quantidade/dosagem do pré-treino, também vem no rótulo, já que depende da composição de cada produto, não dá para generalizar e determinar a mesma quantidade para todos. 

E ai ? vai experimentar ou vai ser um ET?

confira na : www.powersupplements.com.br

Comments

comments

Clique para Ler

Destaque

Adeus pernas gigantes e bumbuns na nuca: Conheça a geração de musa fitness que entendem tudo de cozinha e buscam equilíbrio do corpo e alma

Published

on

By

Somos bombardeados na internet o todo momento pela obsessão de termos um corpo perfeito. Muitas das chamadas musa fitness fazem receitas mirabolante na internet, mas impressionam até mesmo com a quantidade na alimentação. Algumas delas chegam a comer cerca de 50 ovos ao dia em dietas. “Parecem super humanos, não lembra em nada a realidade de mulheres normais”.


Leticia Ferreira, 26 anos, representa uma nova categoria de musas fitness, buscando acima de tudo o equilíbrio entre o espírito e o corpo, e até mesmo da balança. “Adoro cozinhar, não deixa de comer o que eu quero, buscar receitas na internet e tentar equilibrar o peso com atividades físicas reais”.


Muitas reportagens de  algumas musas fitness tendem a supervalorizar o tempo em que ficam dentro das academias e a quantidade que comem ou deixam de comer. Letícia incentiva exercícios, além de nunca se privar de encontrar o equilíbrio entre o que se come e o prazer de fazer algum exercício. “Andar de patins, subir as escadas do seu prédio, tirar 30 minutos para fazer uma meditação ou ioga.  Primeiro você tem que encontrar o equilíbrio entre o seu corpo e seu eu, você não precisa comer 40 ovos por dia pra dizer que estar bem”, ressalta. 


Fotos: Smoke fotografia e Elena Derebera | CO Assessoria

Comments

comments

Clique para Ler
Advertisement

Facebook




Mais Acessados